Topo
pesquisar

Meses finais da Segunda Guerra Mundial

História Geral

Entre os fatos que marcaram os meses finais da Segunda Guerra, podemos destacar a morte de Mussolini, o "Dia D" e o uso de bombas atômicas sobre o Japão.
PUBLICIDADE

Após o ano de 1942, a temível hegemonia das forças militares do Eixo parecia ruir mediante as primeiras vitórias significativas de seus inimigos. A grave derrota na batalha de Stalingrado custou a vida de milhares de soldados alemães. No norte da África, o anterior sucesso do Afrika Korps (formado por frentes italianas e alemãs) chegava ao seu fim com a reação dos soldados americanos e ingleses. De tal modo, a guerra adentrava em seus últimos meses, abrindo portas para uma possível virada dos aliados.

Tomada da Itália e morte de Mussolini

Em junho de 1943, os norte-americanos desembarcaram na Sicília, realizando uma poderosa ofensiva que tomou conta de toda a parte sul da Itália. Em pouco tempo, a capital, Roma, foi tomada, e Mussolini acabou morto por forças do movimento antifascista formado pelos próprios italianos. Naquele mesmo ano, a Conferência de Teerã reuniu os líderes norte-americanos, ingleses e soviéticos para a organização da ação militar que realizaria a reconquista da Europa Ocidental.

Mapa Mental - Segunda Guerra Mundial

Mapa Mental: 2ª Guerra Mundial

*Para baixar o mapa mental em PDF, clique aqui!

Dia D

No dia 6 de junho de 1944, o famoso “Dia D” marcou o desembarque das forças aliadas, que cruzaram as turbulentas águas do Canal da Mancha em direção à Normandia. Mesmo com a forte resistência dos alemães, os comandados do general Dwight Eisenhower conseguiram promover a conquista do Norte da França e a recuperação da capital, Paris. Após a recuperação do território francês, a guerra em solo europeu foi marcada pela “corrida” até a cidade de Berlim.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dia D

As tropas aliadas desembarcaram nas praias da Normandia, França, em 6 de junho de 1944, no que ficou conhecido como Dia D.

Guerra no Pacífico

Enquanto os nazistas eram fustigados em duas frentes, as tropas japonesas resistiam, mesmo com as graves derrotas sofridas no Mar de Coral e em Midway. Em fevereiro de 1945, a conquista de Iwo Jima deixou claro que os japoneses não teriam como vencer seus oponentes norte-americanos. Ainda assim, os japoneses não se davam por vencidos e realizavam ataques suicidas, ordenando os pilotos kamikazes a lançarem seus aviões carregados de bombas contra as embarcações norte-americanas.

Bombas atômicas 

Temendo que o conflito fosse prolongado, os Estados Unidos decidiram utilizar de um artifício extremo para conquistar a rendição japonesa. Nos dias 6 e 9 de agosto de 1945, o lançamento de bombas atômicas contra as cidades de Hiroshima e Nagasaki determinou a morte de milhares de civis japoneses. Mediante tal ação, a Segunda Guerra Mundial chegava ao seu fim com a assinatura da rendição nipônica, em 2 de setembro de 1945. Leia também: Efeitos das bombas atômicas sobre Hiroshima e Nagasaki.

Bomba atômica em Nagasaki

Cogumelo formado pela bomba lançada em Nagasaki, no dia 9 de agosto de 1945

 

Por Rainer Sousa
Graduado em História

*Mapa Mental por Daniel Neves
Graduado em História

O abominável uso da bomba atômica estabeleceu o encerramento da Segunda Guerra Mundial
O abominável uso da bomba atômica estabeleceu o encerramento da Segunda Guerra Mundial

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUSA, Rainer Gonçalves. "Meses finais da Segunda Guerra Mundial"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/historiag/meses-finais-segunda-guerra-mundial.htm. Acesso em 13 de novembro de 2019.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

O dia 25 de abril de 1945 ficou caracterizado como o “começo do fim da guerra” na Europa. Isso pode ser afirmado porque foi nesse dia:

a) que houve o ataque ao Bunker de Hitler.

b) que houve o ataque com a bomba atômica em Hiroshima.

c) que houve o cerco de Berlim pelas tropas soviéticas.

d) que houve o cerco de Stalingrado pelas tropas americanas.

e) que houve o Dia D.

Questão 2

(PUC-SP) Leia atentamente: “No caso de Hiroshima, trata-se da catástrofe mais concentrada que já se abateu sobre os homens. Numa passagem de seu diário, o dr. Hachiya [que testemunhou o fato] pensa em Pompéia. Mas nem mesmo esta oferece termo de comparação. Sobre Hiroshima se abateu uma catástrofe que foi planejada e executada com a maior precisão por seres humanos. A ‘natureza’ está fora do jogo.” Canetti, Elias. A Consciência das Palavras. SP: Companhia das Letras, 1990. O texto refere-se à explosão atômica:

a) com a qual os EUA conseguiram a capitulação dos japoneses, último núcleo de resistência do Eixo, ao fim do conflito mundial ocorrido entre 1939-45.

b) que funcionou como demonstração do poder militar americano para intimidar a China que havia aderido ao bloco comunista no fim da Segunda Guerra.

c) cujo objetivo foi colocar fim ao conflito dos EUA com o Vietnã, onde os guerrilheiros locais impunham derrotas sistemáticas aos soldados americanos.

d) que resultou de acidente aéreo envolvendo caças americanos e soviéticos, quando realizavam operações conjuntas com arsenal nuclear no Oceano Pacífico.

e) resultante do bombardeio promovido pelos EUA, durante o Segundo Conflito Mundial, a Pearl Harbor, base militar japonesa onde era desenvolvida a bomba de hidrogênio.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola