Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

História do Chile

História da América

O Chile foi originalmente ocupado por vários povos indígenas, foram colonizados pelos espanhóis e sofreram com uma ditadura no século XX.
A bandeira do Chile foi adotada em 1817 durante o processo de independência do país
A bandeira do Chile foi adotada em 1817 durante o processo de independência do país
PUBLICIDADE

Chile na Antiguidade

Segundo os historiadores e arqueólogos, os primeiros grupos humanos estabeleceram-se no Chile de 10 mil a 15 mil anos atrás. Naturalmente, em princípio, os grupos humanos na região do Chile eram nômades que foram sedentarizando-se à medida que seu estilo de vida sofisticou-se e adaptou-se às mudanças climáticas que aconteceram naquela região.

O território chileno foi ocupado por uma série de povos pré-colombianos, dos quais se destacaram os atacamenhos, aimarás, onawos, changos etc. Na ilha de Páscoa, localizada no meio do Oceano Pacífico, desenvolveu-se uma civilização polinésia conhecida como rapa nui, que foi responsável por uma construção muito famosa, os moais.

A cultura pré-colombiana mais conhecida do Chile é a de um povo oriundo da cultura dos araucanos: os mapuches. Estes formaram o maior povo indígena da região do Chile e, além disso, ficaram notabilizados por resistirem ao domínio dos incas e, depois, ao domínio dos espanhóis a partir do século XVI.

A partir do século XV, os incas procuraram expandir seus domínios para a região que corresponde ao território chileno. O avanço dos incas na região ocorreu por toda a parte norte e central do Chile, mas foi interrompido na região do Rio Maule. Ao sul do Rio Maule, iniciava-se o domínio dos mapuches, que resistiram e barraram o avanço dos incas.


Bandeira dos povos mapuches, o principal povo indígena presente no território chileno

A resistência dos mapuches à presença de povos estrangeiros permaneceu com a chegada dos espanhóis na região durante o século XVI. Os primeiros espanhóis de que se têm registro passaram pela região em 1520, e os primeiros conflitos aconteceram em 1536, com os mapuches lutando contra os membros da expedição de Diego de Almagro.

O estabelecimento dos espanhóis aconteceu a partir de 1540, quando a cidade de Santiago foi fundada pelos espanhóis. Isso causou inúmeros conflitos entre espanhóis e mapuches ao longo da colonização espanhola. Os mapuches nunca foram de fato assimilados pelos espanhóis, e esse conflito de longa duração ficou conhecido como Guerra de Arauco. Os mapuches só foram conquistados de fato durante o século XIX, quando o Chile era uma nação independente.

Chile como nação independente

A colonização espanhola ocorreu por meio da criação da Capitania Geral do Chile, e a independência chilena somente foi conquistada após anos de guerra. A declaração de independência do Chile ocorreu no dia 12 de fevereiro de 1818, e os grandes nomes do processo de independência chilena foram José de San Martín e Bernardo O’Higgins.

A história do Chile ao longo do século XIX foi caracterizada por disputas políticas e governos instáveis, como aconteceu em grande parte das nações sul-americanas que haviam conquistado a sua independência no período. No século XIX, o evento mais marcante da história chilena foi o seu envolvimento em um conflito contra Peru e Bolívia conhecido como Guerra do Pacífico (1879-1883).

A Guerra do Pacífico aconteceu por causa de desentendimentos existentes entre o governo boliviano e empresas chilenas que estavam estabelecidas na região de Antofagasta. A região administrativa de Antofagasta pertencia à Bolívia no século XIX, e acordos econômicos realizados entre o Chile e a Bolívia haviam permitido que indústrias chilenas se estabelecessem na região.

No entanto, o crescimento das indústrias chilenas na extração de salitre fez com que o governo boliviano aumentasse as cobranças das taxas sobre as companhias chilenas. O desentendimento que surgiu dessa questão causou uma crise diplomática entre as duas nações, o que resultou no início de um conflito armado a partir de 1879.

A declaração de guerra dos bolivianos aconteceu em 1º de março de 1879. Tropas chilenas foram enviadas para a cidade de Calama, na região de Antofagasta (território boliviano). Os bolivianos acionaram um acordo de cooperação e defesa mútua que existia entre Bolívia e Peru e, por isso, o Chile também declarou guerra ao Peru em 1879.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Durante os anos de confronto, o exército chileno, mais bem preparado, conseguiu conquistar as províncias de Antofagasta (território boliviano), Arica e Tacna (território peruano). Ainda como desdobramento desse conflito, o exército chileno atacou e invadiu a cidade de Lima, capital do Peru. Assim, em 1883, Peru e Bolívia renderam-se, e o Chile saiu vitorioso da Guerra do Pacífico.

Como desdobramento desse conflito, o Chile conseguiu expandir seu território com as novas regiões conquistadas, que eram ricas em nitrato e cobre (o cobre é até hoje o produto mais importante da economia chilena). A Bolívia perdeu de maneira definitiva sua saída para o mar após Antofagasta ser conquistada pelos chilenos. Em negociações posteriores, o Chile negociou a devolução de Arica ao Peru.

As relações do Chile com a Bolívia desde então são tensas, sobretudo pelo fato de a Bolívia ter perdido seu acesso marítimo. A Bolívia, inclusive, adicionou à sua Constituição que a recuperação de uma saída para o mar é um objetivo de interesse nacional que deve ser realizado de maneira pacífica. Atualmente, existe um processo sendo tramitado entre as duas nações no Tribunal Internacional de Haia.

Ditadura militar chilena


O presidente Salvador Allende foi alvo de um golpe militar no dia 11 de setembro de 1973*

Em 1970, o candidato socialista Salvador Allende foi eleito presidente do Chile após receber 36,6% dos votos. A candidatura de Salvador Allende aconteceu a partir da formação de uma coalizão dos partidos de Esquerda do Chile que ficou conhecida como Unidade Popular. O projeto de Allende para o Chile foi denominado por Allende como “via chilena para o socialismo”, no qual seria realizada uma transição gradual e democrática da economia do Chile para um modelo socializante.

O projeto de Allende para a economia, no entanto, desagradou a forças políticas e econômicas do Chile que se alinhavam com os interesses de grupos internacionais. A partir daí, iniciou-se uma forte crise política e econômica no Chile, resultante da oposição dada às mudanças implantadas por Allende. Assim, a economia do Chile foi sufocada a partir de embargos econômicos e pressões realizadas pelos Estados Unidos para reduzir o valor do cobre no mercado internacional.

Politicamente, conspirações e atos de sabotagem contra o governo de Allende passaram a ser organizados e resultaram na formação de uma Junta Militar, que se organizou e, a partir de um golpe militar realizado em 11 de setembro de 1973, tomou o poder do Chile. Durante o ataque ao palácio presidencial La Moneda, o presidente Salvador Allende cometeu suicídio.

Durante os anos da ditadura militar, o Chile foi governado por Augusto Pinochet, que colocou em prática um dos regimes militares mais violentos da América do Sul. O regime foi responsável direto pela morte de cerca de três mil pessoas e pela tortura de aproximadamente 40 mil pessoas. Durante esse período, alguns locais, como o Estádio Nacional de Santiago, foram utilizados para prisão e tortura dos opositores políticos do regime militar.

A ditadura militar chilena estendeu-se até 1990, quando, em um plebiscito, a população chilena optou pelo fim do governo militar no país. Logo em seguida, eleições presidenciais escolheram Patricio Aylwin como presidente chileno. O ditador chileno nunca foi responsabilizado pelos crimes que cometeu durante os anos da ditadura.

*Créditos da imagem: Boris15 e Shutterstock

 

Por Daniel Neves
Graduado em História

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. "História do Chile"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/historia-da-america/historia-chile.htm. Acesso em 27 de outubro de 2021.

Artigos Relacionados
Conheça a vida de Augusto Pinochet, militar chileno que liderou o golpe contra Allende e chefiou uma das mais cruéis ditaduras.
Entenda como se organizou o golpe militar que destituiu o governo de Allende e iniciou uma ditadura no Chile.
Saiba mais sobre os destaques da economia do Chile. Clique aqui!
Aprenda mais sobre os incas, que constituíram uma civilização pré-colombiana e formaram um grande império na região andina.
Confira aqui as consequências do terremoto de 2010 no Chile!
Clique no link para saber mais sobre os principais acontecimentos do primeiro governo de Juan Domingo Perón, na Argentina, e entenda as características do peronismo.
Entenda por que há tantos terremotos no Chile, além de conferir um esquema explicativo e o histórico dos principais abalos sísmicos do país.
Os povos pré-colombianos formaram as diversas civilizações que primeiro habitaram o continente americano.
Puyehue, um vulcão do Chile, entrou em erupção em junho, lançando fumaça vulcânica a mais de 10 mil metros de altura.