Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

O Terremoto no Chile

Geografia

O território do Chile ocupa uma das áreas mais sísmicas do planeta. Em 2010, ocorreu um terremoto de 8,8 graus de magnitude que provocou inúmeros estragos.
A destruição causada pelo terremoto no Chile
A destruição causada pelo terremoto no Chile
PUBLICIDADE

Localizado na América do Sul, o Chile é um país que possui extensão territorial de 756.945 quilômetros quadrados, onde residem 16.970.265 habitantes. O território chileno ocupa uma das áreas mais sísmicas do planeta, pois está em uma zona de instabilidade tectônica, ou seja, uma área de convergência entre as placas tectônicas de Nazca e a Sul-Americana. Conforme o Instituto de Geofísica da Universidade do Chile, o encontro dessas duas placas produz um terremoto de grande proporção a cada dez anos no país.

O Chile é muito vulnerável a terremotos, a ocorrência desse fenômeno no país é frequente. No dia 22 de maio de 1960, a cidade de Valdívia sofreu com o maior terremoto da história chilena, o sismo teve magnitude de 9,5 graus na escala Richter, deixando 1.655 pessoas mortas e mais de 2 milhões de desabrigados.

No dia 27 de fevereiro de 2010, um terremoto de 8,8 graus atingiu o centro-sul do Chile, sendo o maior tremor no país desde 1960. Conforme o Instituto Geológico dos Estados Unidos, o terremoto teve seu hipocentro a 35 quilômetros abaixo do nível do mar, na região de Bio Bio, a cerca de 320 quilômetros de Santiago, capital do Chile, e a 91 quilômetros de Concepción, segunda cidade mais populosa do país. Em seguida, outros tremores foram registrados – de magnitudes que variaram entre 5,2 e 6,9 graus na escala Richter. O terremoto desencadeou um tsunami, que provocou ondas que invadiram até 300 metros de terra firme.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Equipes de resgate em busca de sobreviventes

Grande parte da população reclama da ação do governo, pois faltam alimentos e, até mesmo, água potável. A cidade de Concepción, uma das mais atingidas, tem recebido pouco auxílio, fato que está provocando uma onda de saques a lojas e supermercados.

De acordo com a Agência Nacional de Emergência do Chile, até o dia 3 de março, foram registradas 800 mortes em consequência do terremoto, sendo a maioria na região de Maule. Aproximadamente 1,5 milhão de residências foram danificadas, pontes e estradas foram destruídas, abalando de forma significativa a infraestrutura do país. O prejuízo econômico pode chegar a 30 bilhões de dólares.

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Veja também

Terremotos - Fenômeno que produz elevados prejuízos financeiros e humanos.

Terremotos no Brasil - Você sabia que pequenos tremores já ocorreram no Brasil?

Terremotos e o homem - A convivência humana com os abalos sísmicos.

Riscos de terremotos no Brasil - As possibilidades de ocorrência de terremotos no Brasil.

Chile - Países - Geografia - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FRANCISCO, Wagner de Cerqueira e. "O Terremoto no Chile "; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/o-terremoto-no-chile.htm. Acesso em 23 de setembro de 2021.

Artigos Relacionados
Neste link você terá acesso a algumas informações básicas sobre a História do Chile, desde a antiguidade até a ditadura militar do século XX.
Entenda por que há tantos terremotos no Chile, além de conferir um esquema explicativo e o histórico dos principais abalos sísmicos do país.
Entenda como ocorrem os terremotos e as consequências desse fenômeno natural. Veja também os principais terremotos que aconteceram no mundo.