Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística)

Ibope foi uma empresa brasileira que atuava no setor de pesquisa de opinião e de mercado, tendo ficado mais conhecida pela mensuração da audiência da televisão em tempo real.

Dedos polegares expressando opinião como representação do Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística).
O Ibope foi responsável por milhares de pesquisas em áreas diversas, como opinião pública, política, mídias e televisão.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística) foi uma empresa brasileira que atuava no ramo de pesquisas de opinião para os setores da mídia, em especial para os veículos de comunicação, e do mercado. Fundada no ano de 1942 pelo empresário Auricélio Penteado, dono da Rádio Kosmos, a empresa atuou durante quase oito décadas no Brasil e encerrou as suas atividades em 2021.

Tornou-se amplamente conhecida no país por ser a principal empresa responsável pela mensuração da audiência dos canais de televisão em tempo real, além de realizar pesquisas eleitorais, de hábitos de consumo, publicidade e diversas outras áreas.

Leia também: Qual é a história da televisão?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o Ibope

  • Ibope é a sigla para Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística, que foi uma importante empresa multinacional brasileira do setor de pesquisa de mídia e de mercado.

  • O Ibope foi fundado por Auricélio Penteado em 1942 e operou no Brasil até 2021.

  • A função do Ibope era a realização de pesquisas de mídia e de mercado com o objetivo de mensurar a audiência do público e a sua opinião a respeito de um serviço oferecido.

  • Realizava também pesquisas eleitorais, de hábitos de consumo, publicidade e internet.

  • O Ibope era importante porque a partir dos dados levantados pela empresa, os seus contratantes (veículos de mídia, agências de publicidade, empresas) podiam conhecer melhor o seu público-alvo e planejar novas estratégias de atuação.

  • O Grupo Ibope estava presente em quase todo o continente americano, o que inclui os Estados Unidos e os países da América Latina.

  • Tornou-se uma referência na mensuração da audiência da televisão quando, nos anos 1980, desenvolveu um aparelho que media os números em tempo real.

  • Dada a sua importância, a palavra “ibope” foi incorporada à língua portuguesa e é utilizada como sinônimo de “audiência”.

O que é Ibope?

O Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística) foi uma empresa multinacional brasileira que atuou entre os anos de 1942 e 2021 no setor de pesquisas de mídia, de mercado, de consumo e de comportamento, principalmente. O Ibope foi criado na cidade de São Paulo pelo empreendedor Auricélio Penteado, que era um dos sócios da Rádio Kosmos, com o objetivo de mensurar a audiência de sua emissora.

Logotipo do Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística).
Logotipo do Ibope.

Consolidou-se no cenário brasileiro e latino-americano como a principal empresa medidora da audiência das emissoras e dos programas de rádio e de televisão, fazendo tudo isso em tempo real. Em função disso, o termo “ibope” acabou se tornando um sinônimo para a palavra “audiência” no Brasil. Ele foi incorporado ao nosso idioma e está presente nos principais dicionários de língua portuguesa.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Qual a função do Ibope?

A função principal do Ibope era a realização de pesquisas de opinião de mídias e de mercado para mensurar o retorno (audiência, mais precisamente) ou a satisfação do público com relação a um determinado tipo de produto ou de serviço oferecido.

As atividades do Ibope se expandiram à medida que a empresa crescia e se consolidava no mercado nacional e internacional, passando a determinar a audiência de programas de televisão em tempo real e a levantar informações em áreas diversas, como política, hábitos de consumo da população, investimento publicitário e internet. Para isso, o grupo Ibope se dividiu em dois ramos principais:

  • Ibope Mídia: sua função era a realização de pesquisas voltadas para os veículos de comunicação e associados, levantando informações a respeito de audiência, hábitos de consumo da população e publicidade.

  • Ibope Inteligência: sua função era a realização de pesquisas de mercado, comportamento de marca, política, internet e opinião pública.

Como companhia privada, o Ibope desempenhava os seus serviços mediante a contratação por agentes diversos, como as agências de publicidade, os veículos de comunicação (emissoras de televisão e de rádio, jornais, revistas), as empresas e os patrocinadores e anunciantes.

Em quais países o Ibope atuava?

O Grupo Ibope (Ibope Inteligência e Ibope Mídia) atuava no continente americano, compreendendo países latino-americanos, centro-americanos e também os Estados Unidos. Assim, o Ibope estava presente realizando pesquisas de opinião e mercadológicas nos seguintes territórios:

  • Argentina;

  • Brasil;

  • Chile;

  • Colômbia;

  • Costa Rica;

  • Equador;

  • Estados Unidos;

  • Guatemala;

  • México;

  • Panamá;

  • Paraguai;

  • Peru;

  • Porto Rico;

  • Uruguai;

  • Venezuela.

Importância do Ibope

O Ibope se tornou referência na área de mensuração de audiência dos veículos de comunicação e realização de pesquisas de opinião pública. A importância do Ibope residia principalmente no fato de ela ter sido uma empresa que intermediava a comunicação entre os contratantes dos seus serviços e os seus consumidores|1|. Nesse sentido, a empresa atuava fornecendo informações de grande valor mercadológico e estratégico para que os agentes econômicos, políticos e midiáticos pudessem atuar em seus respectivos setores de modo a atrair maior aprovação e satisfação do público, dos eleitores ou dos seus consumidores e angariar mais pessoas para suas esferas.

Veja também: IBGE — principal órgão de informações sobre território e população do Brasil

Origem e história do Ibope

O Ibope teve origem em São Paulo em 13 de maio de 1942, tendo sido criado pelo empresário Auricélio Penteado, um dos sócios da Rádio Kosmos. O objetivo da criação dessa empresa foi, inicialmente, medir o desempenho da sua estação de rádio perante o público, e os resultados obtidos não foram satisfatórios. Diante disso, o empresário paulista decidiu abdicar da sua parte na rádio e passou a se dedicar à sua empresa de pesquisa de opinião pública, de mídia e de mercado.

As técnicas de pesquisa utilizadas pelo Ibope à época eram baseadas naquelas utilizadas nos Estados Unidos. Pouco tempo mais tarde, no entanto, a empresa brasileira se tornaria uma referência na sua área de atuação. A partir da década de 1970 o Ibope ganhou um novo quadro de executivos e, além disso, ampliou o seu escopo de pesquisa para a política, realizando as primeiras pesquisas que chamamos de boca de urna, que são aquelas feitas no local de votação e divulgadas somente depois da finalização do pleito|2|.

Durante os anos 1980 o Ibope lançou o Painel Nacional de Consumo, ao mesmo tempo que criou um aparelho denominado “peoplemeter”, que tinha o objetivo de mensurar a audiência das emissoras de televisão e dos seus programas em tempo real. Foi a partir de 1990 que o Ibope ampliou a sua área de atuação e se inseriu em outros países do mercado latino-americano e, mais tarde, americano, com a inclusão dos Estados Unidos.

Antes, a empresa fazia uso de relatórios físicos, mas a partir do ano de 2002 o Ibope se modernizou e tornou digitais os seus formulários de pesquisa, que passaram a ser encaminhados via internet. Além disso, foi nos anos 2000 e 2010 que o Ibope se inseriu em novas áreas de pesquisa, inclusive na educação, lançando ramificações como o Ibope Educação e o Ibope Ambiental e adquirindo participação em outras empresas.

Em 2014 o grupo britânico Kantar, com sede em Londres, comprou parte do Ibope e passou a ser responsável pelas pesquisas de mídia, criando assim a Kantar Ibope Media. No ano de 2021, entretanto, o contrato de licenciamento com a Kantar Ibope Media terminou, e, assim, as atividades do Ibope foram encerradas no ano de 2021.

Ibope e a televisão

O Ibope passou a ser um importante aliado da televisão a partir do final dos anos 1980, mais precisamente 1988. Nesse ano, com mais de quatro décadas de experiência no mercado, o Ibope lançou um aparelho chamado “peoplemeter”, que era capaz de mensurar a audiência da televisão em tempo real, uma informação de extrema importância para as emissoras. Com a modernização da tecnologia, esse aparelho passou a medir também os dados dos canais pagos e dos serviços de streaming utilizados em aparelhos televisores.

Amigos escolhendo filme como representação da importância do Ibope para os canais de televisão e serviços de streaming.
O Ibope se tornou referência em audiência televisiva a partir dos anos 1980, medindo o retorno do público em tempo real.

No final dos anos 2010, existiam 6.600 aparelhos do Ibope medindo a audiência em 15 regiões metropolitanas do Brasil. Cada ponto de audiência representava 1% do público-alvo da atração televisiva|3|. Além disso, a contagem de quantos domicílios e indivíduos esses pontos representavam variava conforme a localidade: na Região Metropolitana de São Paulo, por exemplo, um ponto correspondia a 73.015 domicílios e 200.766 pessoas|4|.

Essa tecnologia é utilizada até hoje para medir a audiência em tempo real da programação da televisão e de serviços correlatos. A palavra “ibope” foi incorporada ao nosso idioma e hoje é utilizada como sinônimo de “audiência”.

Notas

|1| GOMES, Gabriela da Costa. O Grupo IBOPE, a Pesquisa de Mercado e a Reorganização do Território Brasileiro. Anais do VII Congresso Brasileiro de Geógrafos, Vitória, 2014. Disponível em: http://www.cbg2014.agb.org.br/site/anaiscomplementares?AREA=1.

|2| TSE. Glossário explica diferença entre pesquisas eleitoral e de boca de urna. Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 2019. Disponível em: https://www.tse.jus.br/comunicacao/noticias/2019/Agosto/glossario-explica-diferenca-entre-pesquisas-eleitoral-e-de-boca-de-urna.

|3| OLIVEIRA, Daniel Paulo de. Como é medida a audiência da TV aberta? Veja 7 perguntas e respostas. TechTudo, 2023. Disponível em: https://www.techtudo.com.br/noticias/2023/04/como-e-medida-a-audiencia-da-tv-aberta-veja-7-perguntas-e-respostas-edmobile.ghtml.

|4| PEZZOTTI, Renato. Como são os aparelhos de medição de audiência do Ibope? UOL Economia, 2019. Disponível em: https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2019/12/06/como-sao-os-aparelhos-de-medicao-de-audiencia-do-ibope.htm.

Fontes

ABEP. A história da pesquisa no Brasil. Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa (ABEP), [s.d.]. Disponível em: https://www.abep.org/historia-da-pesquisa/primeiras-empresas-pesquisa.

GOMES, Gabriela da Costa. O Grupo IBOPE, a Pesquisa de Mercado e a Reorganização do Território Brasileiro. Anais do VII Congresso Brasileiro de Geógrafos, Vitória, 2014. Disponível em: http://www.cbg2014.agb.org.br/site/anaiscomplementares?AREA=1.

OLIVEIRA, Daniel Paulo de. Como é medida a audiência da TV aberta? Veja 7 perguntas e respostas. TechTudo, 2023. Disponível em: https://www.techtudo.com.br/noticias/2023/04/como-e-medida-a-audiencia-da-tv-aberta-veja-7-perguntas-e-respostas-edmobile.ghtml.

PEZZOTTI, Renato. Como são os aparelhos de medição de audiência do Ibope? UOL Economia, 2019. Disponível em: https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2019/12/06/como-sao-os-aparelhos-de-medicao-de-audiencia-do-ibope.htm.

PORTAL IBOPE. Disponível em: https://web.archive.org/web/20100208125505/http://www.ibope.com.br/calandraWeb/servlet/CalandraRedirect?temp=0&proj=PortalIBOPE&pub=T&db=caldb.

REDISAP. Registro de autoridade: Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope). ReDiSAP. Unicamp, c2022. Disponível em: https://redisap.unicamp.br/index.php/instituto-brasileiro-de-opiniao-publica-e-estatistica-ibope#wrapper.

TSE. Glossário explica diferença entre pesquisas eleitoral e de boca de urna. Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 2019. Disponível em: https://www.tse.jus.br/comunicacao/noticias/2019/Agosto/glossario-explica-diferenca-entre-pesquisas-eleitoral-e-de-boca-de-urna.

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística)"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/ibope.htm. Acesso em 25 de maio de 2024.

De estudante para estudante