Topo
pesquisar

Deserto do Atacama

Geografia

O Atacama é o deserto mais seco do mundo, o que se explica pelos efeitos das correntes marítimas e pela altitude da região.
Paisagem do deserto do Atacama, o lugar mais seco da Terra
Paisagem do deserto do Atacama, o lugar mais seco da Terra
PUBLICIDADE

O Atacama é um deserto localizado na região norte do Chile, na América do Sul, sendo popularmente conhecido como o deserto mais seco da Terra e também o local cuja paisagem mais se assemelha à superfície de Marte.

Para entender como surgiu o deserto do Atacama e o que caracteriza o seu clima, é preciso compreender os efeitos das correntes marítimas sobre o clima e, mais precisamente, uma corrente que atravessa o Oceano Pacífico na costa oeste da América do Sul, a Corrente de Humboldt.

Essa corrente é do tipo fria, pois se origina na Antártida e desloca-se em direção à linha do Equador, gerando muita umidade por onde passa, principalmente no território chileno. Com isso, a precipitação litorânea é muito acentuada, tornando o ar que se desloca para o interior do continente muito seco, o que se assevera pelos 2400 m de altitude do deserto responsáveis por dificultar a chegada de ar úmido. Do lado leste do deserto, ainda existe uma forte barreira natural, a Cordilheira dos Andes, que impede a chegada do ar úmido advindo, principalmente, da Amazônia. Em função dessas características, forma-se uma região muito seca, que é a área do Atacama, onde raramente chove.

A média anual de precipitação do Atacama é tão baixa que uma forte tempestade em uma cidade brasileira, por exemplo, já é superior ao que chove nesse deserto o ano todo. Não por acaso, ele é considerado pelos astrônomos como um dos melhores lugares da Terra para observar os corpos celestes, pois raramente se formam nuvens nessa localidade.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O recorde de estiagem do deserto do Atacama é de 1400 dias consecutivos sem chuva, segundo registros oficiais de companhias meteorológicas do Chile. O clima, por sua vez, assemelha-se ao de outros desertos quentes e predominantemente compostos por areia: um calor escaldante durante o dia e um frio extremo durante a noite, em virtude da baixa umidade e da influência da temperatura da areia no ambiente, com uma oscilação térmica que vai de 0ºC a 45ºC.

Embora a região apresente condições naturais severas, existe vida no local. A flora é basicamente composta por árvores de pequeno porte e arbustos que conseguiram adaptar-se à aridez e à falta de água. Os animais, também adaptados ao clima, resumem-se a pequenas espécies, como alguns tipos de ratos, lagartos, lhamas, guanacos e os flamingos.

Além de abrigar algumas formas de vida, o Atacama também possui algumas funções econômicas. A primeira delas é a grande disponibilidade de cobre na região, o que torna o Chile um dos principais exportadores desse recurso natural. A outra é o turismo, tanto o arqueológico (com restos dos povos Chinchorros) quanto o de aventura. Assim, a cidade de São Pedro do Atacama, com cerca de 3000 habitantes, é bem movimentada e recebe uma grande quantidade de visitantes o ano todo. Existem, ainda, alguns lagos de água quente e fria nas proximidades de alguns vulcões da região.

Entrada da cidade de São Pedro do Atacama
Entrada da cidade de São Pedro do Atacama


Por Me. Rodolfo Alves Pena

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PENA, Rodolfo F. Alves. "Deserto do Atacama"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/geografia/deserto-atacama.htm>. Acesso em 21 de abril de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola