Topo
pesquisar

LSD

Drogas

O LSD é uma droga sintética que causa alucinações e que se destaca por ser extremamente potente, sendo necessárias apenas pequenas doses para grandes efeitos.
O LSD é uma droga sintética que funciona como um poderoso alucinógeno.
O LSD é uma droga sintética que funciona como um poderoso alucinógeno.
PUBLICIDADE

O LSD (Dietilamida do Ácido Lisérgico) é uma substância, fabricada em laboratório, bastante semelhante às presentes em um fungo denominado Claviceps pupurea. O LSD é um alucinógeno, ou seja, é uma substância capaz de alterar a percepção daquele que faz seu uso. Essa alteração faz com que o usuário seja capaz de ver, sentir e ouvir coisas que não são reais.

Vale destacar que o uso de alucinógenos é observado desde a pré-história e ganha cada vez mais popularidade no mundo contemporâneo, principalmente entre os jovens e adolescentes. Em geral, esse tipo de droga é usado por pessoas de classes econômicas mais altas, em razão de seu alto valor. Por ser uma droga ilegal, não é possível obter dados a respeito do número correto de seus usuários.

Leia também: Drogas sintéticas

Como surgiu o LSD?

O LSD é uma droga sintética, portanto, não é encontrada dessa forma na natureza. O primeiro a sintetizar o LSD foi o químico Albert Hoffman, em 1938. Inicialmente, seu objetivo era que o LSD fosse usado para fins terapêuticos, entretanto, devido aos efeitos de seu uso, a substância passou a ser utilizada como alucinógeno recreativo.

Observe a fórmula estrutural do LSD.
Observe a fórmula estrutural do LSD.

Como o LSD é usado?

O uso normalmente é feito pela via oral, colocando-se uma pequena gota do líquido embaixo da língua. Alguns usuários preferem, no entanto, colocar a substância em um pequeno pedaço de papel e, posteriormente, colocá-la sob a língua. O LSD também é encontrado em cubos de açúcar, micropontos e tabletes de gelatina.

O LSD é uma droga muito potente, por isso poucas quantidades são necessárias para que haja um grande efeito. Estima-se que, se uma pessoa utilizar uma dose de 50 microgramas, o efeito pode durar até 12 horas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que o LSD causa?

O LSD provoca diversas sensações e alterações na capacidade de percepção. Entre os principais efeitos, podemos citar: ampliação na capacidade de perceber cores e alterações na recepção de sons. Pode ocorrer, também, a chamada sinestesia, em que informações sensoriais misturam-se, sendo possível, por exemplo, ouvir uma cor. Além disso, a droga causa alterações na percepção de tempo e espaço. Alguns usuários acreditam que a droga causa uma elevação espiritual.

O uso de LSD faz com que o usuário veja cores mais realçadas e tenha outras percepções de sons.
O uso de LSD faz com que o usuário veja cores mais realçadas e tenha outras percepções de sons.

Leia também: Maconha

Em razão dessas sensações, a droga passou a ser usada principalmente em locais como shows e festas, que, supostamente, tornam-se mais “divertidos” e “diferentes”. É importante frisar, no entanto, que os efeitos variam de pessoa para pessoa e têm relação direta com as doses utilizadas e com o estado emocional do usuário.

Apesar de algumas sensações experimentadas serem agradáveis para alguns usuários, é comum a ocorrência das chamadas bad trips. Esse quadro provoca ansiedade, pânico e delírios que podem gerar graves consequências, uma vez que a pessoa perde a capacidade de diferenciar o que é real do que não é. Nesses casos, é importante tentar deixar o usuário mais relaxado para diminuir a ansiedade e, desse modo, evitar que esse se machuque ou cause danos a terceiros.

Algumas vezes, o usuário, após utilizar por várias vezes o LSD, pode desenvolver “flashbacks”, nos quais os sintomas psíquicos observados — quando o usuário utilizou a droga — repetem-se mesmo sem o uso da substância. Pesquisadores acreditam que isso pode ser desencadeado por uso de álcool e maconha.

Leia também: Por que gostamos de consumir drogas?

Além dos efeitos psicológicos do LSD, essa droga provoca algumas alterações nos aspectos físicos do corpo. Normalmente, o usuário de LSD apresenta dilatação nas pupilas; aumento dos batimentos cardíacos, da pressão arterial e da temperatura do corpo; sudorese; boca seca; tremores; perda de apetite; e insônia. Apesar de muitas pessoas fazerem uso da substância de maneira exagerada, não existem relatos de overdose em decorrência do LSD ou de dependência química dessa substância.

Complicações relacionadas ao uso de LSD

Dentre as principais complicações ocasionadas pelo uso da droga, destaca-se o desenvolvimento de quadros psicóticos, que podem cessar rapidamente ou durar um período maior. O que determinará a gravidade desse problema será a predisposição de cada usuário. Além disso, podem ocorrer depressão e aumento dos sintomas de quadros psicológicos já estabelecidos naquela pessoa. Vale salientar que o aumento desses quadros também está relacionado com o aumento do número de suicídios.

O uso de LSD está relacionado com quadros de psicose e depressão.
O uso de LSD está relacionado com quadros de psicose e depressão.

O LSD causa dependência?

O LSD normalmente não leva à dependência. Sendo assim, muitas pessoas conseguem simplesmente parar de usar a droga. A síndrome de abstinência não é relatada em pessoas que pararam de fazer o uso dela.

Entretanto, como frisado anteriormente, o uso repetidamente da droga pode levar a quadros psicóticos, depressão e, até mesmo, acentuar outros problemas psiquiátricos que o indivíduo já possui. Sendo assim, mesmo que a droga não cause dependência, pode gerar consequências danosas ao organismo.

O LSD pode ser comercializado?

O LSD já foi comercializado pela indústria farmacêutica como uma forma de ajudar no tratamento de ansiedade, alcoolismo e psicose. Entretanto, seu uso indiscriminado fez com que a droga fosse impedida de ser vendida. Atualmente, a substância não é utilizada no tratamento de nenhuma doença, porém estudos estão sendo realizados para avaliar suas potencialidades.

O LSD é uma droga proibida, sendo assim, sua comercialização e distribuição é crime. Infelizmente, a comercialização é feita de maneira ilegal.

Leia também: Malefícios causados pelo consumo de drogas
 

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "LSD"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/drogas/lsd.htm>. Acesso em 23 de fevereiro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola