Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Samba de roda

O samba de roda é uma manifestação cultural que surgiu na Bahia, por volta de 1860, e que mistura poesia, música e dança.

Grupo de pessoas dançando o samba de roda em Salvador, na Bahia. [1]
Grupo de pessoas dançando o samba de roda em Salvador, na Bahia. [1]
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O samba de roda é uma expressão cultural brasileira com raízes africanas e portuguesas que reúne poesia, música e dança. O estilo, que surgiu no estado da Bahia, consiste em uma roda de pessoas tocando instrumentos, cantando e dançando, e está relacionado à capoeira, que também traz músicas, lutas e poesia aos orixás.

Leia também: Cultura africana — um vasto conjunto de hábitos, costumes, religiões e artes

Tópicos deste artigo

Origem do samba de roda

O samba de roda surgiu na Bahia, por volta de 1960, sendo mais fortemente reconhecido na região do Recôncavo Baiano. A expressão reúne tradições culturais trazidas pelos africanos escravizados, como o culto aos orixás e caboclos, e a comida de azeite. Alinhado a isso, também houve uma mesclagem com os traços culturais trazidos pelos portugueses, como a viola, pandeiro e a própria língua portuguesa.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características do samba de roda

No samba de roda, várias pessoas se reúnem em círculo para cantar, tocar e dançar. No que se refere à música, os instrumentos mais encontrados são a viola, berimbau, agogô, chocalho, pandeiro, reco-reco e atabaque.

 Ilustração de alguns dos instrumentos usados no samba de roda.
 Instrumentos usados no samba de roda.

Quanto à dança, todos do círculo são convidados a dançar ao centro. É mais comum que as mulheres ali presentes façam a dança, porém todos podem dançar, bater palmas, tocar instrumentos e cantar.

Vista aproximada do balançar das saias de mulheres dançando samba de roda.
Mulheres dançando samba de roda. [2]

O samba de roda geralmente é realizado em festividades e em terreiros de candomblé para os caboclos e orixás, mas também pode ser realizado em qualquer outro momento, como diversão e celebração coletiva, pelo prazer de cantar e sambar.

Veja também: Carimbó — uma dança de roda que teve origem no estado do Pará

Samba de roda x samba carioca

O samba de roda se difere do famoso samba do Rio de Janeiro em muitos pontos. Um dos principais aspectos que os difere é a organização da dança. Enquanto no samba de roda a posição circular é importante, o mesmo não acontece no samba carioca.

Escola de samba desfilando no sambódromo, no Rio de Janeiro. [3]
Escola de samba desfilando no sambódromo, no Rio de Janeiro. [3]

Outra diferença está no canto. O samba de roda possui um canto coletivo, associado à música africana, enquanto o samba carioca tem como uma de suas principais características o canto de músicas tradicionais da cultura musical popular do país.

Além disso, também há diferença em relação à forma como são chamados os praticantes. Os praticantes de samba de roda são chamados de “sambadores” e “sambadeiras”, e não “sambistas”, como nas demais localidades do país, incluindo o Rio de Janeiro.

Curiosidades do samba de roda

  • O samba de roda do Recôncavo Baiano foi inscrito no Livro de Registro das Formas de Expressão no ano de 2004.

  • A Unesco reconheceu o samba de roda como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade no ano de 2005.

  • O reconhecimento da Unesco como Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade motivou o Centro Cultural Cartola a analisar os variados estilos de samba no Rio de Janeiro, originários das reuniões musicais na casa de Tia Ciata, no Estácio, nas escolas de samba, blocos, morros, ruas e quintais.

Créditos de imagem

[1] Joa Souza / Shutterstock

[2] ThalesAntonio / Shutterstock

[3] T photography / Shutterstock

 

Por Miguel Souza
Jornalista

Escritor do artigo
Escrito por: Miguel Souza Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Miguel. "Samba de roda"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/cultura/samba-de-roda.htm. Acesso em 15 de abril de 2024.

De estudante para estudante