Topo
pesquisar

Cerrado, um risco de extinção em Goiás

Geografia do Brasil

O Cerrado é a segunda maior cobertura vegetal do Brasil, ficando atrás somente da Floresta Amazônica.
As queimadas provocadas pelo homem contribuem para a extinção do cerrado
As queimadas provocadas pelo homem contribuem para a extinção do cerrado
PUBLICIDADE

O cerrado é um dos principais biomas do país, ocupa cerca de 22% de todo o território, mas sofre com a ameaça constante de extinção, essa previsão pessimista é proveniente do atual quadro ambiental em que se encontra o cerrado, no qual, aproximadamente 80% da biodiversidade já sofreu alterações na fauna e flora, em Goiás a situação é mais agravante pois estimativas revelam que cerca de 90% de todo bioma já se encontra alterado.

Em Goiás, os parques de preservação representam apenas 1% de todo cerrado goiano, enquanto que em outros estados a média é de 2,5%, esses dados estão muito abaixo das metas internacionais que é de 10%, esse percentual deveria ser revertido em reservas ambientais em Goiás.

A vegetação do cerrado é, em geral, de pequeno porte, com galhos retorcidos e folhas grossas.¹
 

Por várias décadas o cerrado foi visto como impróprio à ocupação agropecuária, portanto inviável economicamente, tal pensamento era devido às características de solo, muito ácido por causa da alta concentração de hidróxido de alumínio e o tipo de vegetação, de árvores baixas e arbustos.

Porém, mais tarde, por volta da década de 70, a intensa mecanização e modernização do campo e a introdução de culturas destinadas à exportação (as monoculturas) provocou uma intensa modificação no espaço geográfico do cerrado.

Segundo dados da WWF (World Wide Foundation), cerca de 60% do cerrado goiano já foi retirado, dando lugar a pastagens, 6% foram destinados à agricultura, 14% destinados à ocupação urbana e construção de estradas, somente 19% de cerrado se encontra conservados. A devastação ambiental no cerrado por falta de manejo florestal e outras medidas desenvolvem a preocupação do risco de a recomposição se tornar irreversível.

O que deve ser feito na região é a realização da aplicação de medidas de preservação e conservação, repensando o modelo de desenvolvimento e criando políticas econômicas que conciliam prosperidade, crescimento financeiro e preservação (desenvolvimento sustentável).

A ação antrópica é o agente modificador das paisagens do cerrado, a constante destruição do bioma provoca a extinção de animais, plantas e crescimento do número de erosões. A principal ação é a agricultura que a cada ano abre mais áreas de cultivo, retirando a cobertura do cerrado, eliminando aos poucos o bioma.

O cerrado é um bioma extremamente rico em fauna, flora, além de apresentar potencial hídrico, muitas espécies de animais e plantas ainda não são conhecidas ou não foram catalogadas, no entanto, sabe-se que são identificadas 837 espécies de aves, 197 de mamíferos, 180 de répteis, 113 de anfíbios e uma infinidade de insetos diferentes. O cerrado também é divisor de águas, possui uma grande quantidade de água de superfície e subterrânea.

 

Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

–––––––––––––––

¹ Créditos da imagens: Wikimedia Commons / Nevinho

 

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FREITAS, Eduardo de. "Cerrado, um risco de extinção em Goiás"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/brasil/cerrado-um-risco-extincao-goias.htm>. Acesso em 24 de abril de 2018.

Características visuais do Cerrado¹
Geografia do Brasil Cerrado
O cerrado é o bioma que mais sofreu impacto em razão da ocupação humana
Biologia Cerrado
Geografia do Brasil Aves do Cerrado
Queimadas no cerrado
Geografia do Brasil Ação do fogo no cerrado
Geografia do Brasil Mamíferos do Cerrado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA