Topo
pesquisar

Sinalização celular

Biologia

Sinalização celular é um processo complexo de comunicação existente entre as células. Ele é fundamental para o funcionamento dos organismos multicelulares.
Uma célula libera uma molécula sinalizadora que segue em direção à célula-alvo
Uma célula libera uma molécula sinalizadora que segue em direção à célula-alvo
PUBLICIDADE

As células dos organismos multicelulares comunicam-se entre si por meio de sinais que emitem umas às outras. Esses sinais estimulam a célula a desenvolver uma determinada função, portanto, são essenciais para os organismos multicelulares.

→ Como ocorre a sinalização?

Cada célula está programada para responder a determinados sinais. Para isso, elas são dotadas de receptores que reconhecem as moléculas sinalizadoras. Essas moléculas podem ser proteínas, aminoácidos, hormônios e várias outras substâncias.

O sinalizador, ao encontrar a célula, é reconhecido e ela responde da maneira adequada. Os sinalizadores podem ser de dois tipos: os que penetram na célula e os que atuam externamente, na superfície celular. No primeiro caso, as células possuem receptores intracelulares, e, no segundo caso, os receptores do sinalizador estão na membrana celular.

A célula que recebeu a molécula sinalizadora, também chamada de ligante, é denominada de célula-alvo. Já a célula que emite sinal ou libera os ligantes é denominada de célula sinalizadora.

→ Etapas da sinalização

A sinalização pode ser dividida em cinco etapas básicas:

  1. Síntese e liberação da molécula sinalizadora pela célula sinalizadora;

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  2. Transporte da molécula sinalizadora até a célula-alvo;

  3. Célula-alvo reconhece a molécula por meio de receptores;

  4. Um sinal é emitido;

  5. Modificações no metabolismo celular geram uma resposta celular.

→ Formas de sinalização celular

Podemos classificar a sinalização de diferentes formas, seja pelo tipo de célula e a rota da substância sinalizadora, seja pela célula-alvo. Veja a seguir as principais formas de sinalização:

  • Sinalização endócrina: nessa sinalização, as moléculas sinalizadoras (hormônios) são secretadas e, pela corrente sanguínea, chegam até sua célula-alvo.

  • Sinalização parácrina: é um exemplo de sinalização que atua em curtas distâncias, alcançando as células-alvo pelo processo de difusão. Nesse caso, as moléculas atuam em células vizinhas à célula sinalizadora.

  • Sinalização autócrina: destaca-se pelo fato de a molécula sinalizadora atuar na própria célula, ou seja, a célula-alvo é a célula secretora.

  • Sinalização sináptica: as moléculas sinalizadoras (neurotransmissores) são lançadas nas sinapses, junções especializadas entre neurônios e células-alvo (outros neurônios, células musculares ou glândulas).

  • Sinalização neuroendócrina: nesses casos, neurônios especializados secretam neurormônios que, por meio da corrente sanguínea, desencadeiam respostas em células-alvo localizadas em outras partes do organismo.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Sinalização celular"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/sinalizacao-celular.htm. Acesso em 17 de junho de 2019.

Lista de Exercícios
Questão 1

A sinalização celular é a forma como as células de organismos multicelulares comunicam-se entre si. Uma célula que emite um sinal é chamado de sinalizadora, enquanto a que recebe o sinal é chamada de

a) ligante.

b) comunicadora.

c) célula-alvo.

d) receptora.

e) sinalizada.

Questão 2

Diferentes etapas garantem uma sinalização eficiente. Dentre as etapas descritas a seguir, marque a que ocorre por último em um processo de sinalização.

a) Liberação do ligante.

b) Transporte da molécula sinalizadora até a célula-alvo.

c) Emissão de um sinal.

d) Reconhecimento do ligante.

e) Geração de uma resposta celular na célula-alvo.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola