Topo
pesquisar

Ciclo celular

Biologia

PUBLICIDADE

Ciclo celular é o nome dado às diversas modificações que ocorrem em uma célula, desde o seu surgimento até a sua divisão em duas células-filhas. A interfase e a mitose constituem as principais fases do ciclo celular.

A seguir, compreenderemos melhor como ocorre o ciclo celular aprendendo, detalhadamente, sobre a interfase e a mitose. Além disso, vamos conferir como é ocorre o controle do ciclo celular e a importância dessa regulação para o funcionamento do organismo.

Leia também: Célula, a unidade estrutural e funcional dos seres vivos

Fases do ciclo celular

O ciclo celular é formado por duas fases: interfase e mitose. A interfase corresponde à maior parte do ciclo, sendo um momento de grande atividade metabólica e também de crescimento celular. A mitose, por sua vez, é mais curta e é quando se observa a divisão da célula em duas células-filhas.

O ciclo celular é composto pela interfase e pela mitose.
O ciclo celular é composto pela interfase e pela mitose.

Interessado em saber mais sobre essa fase do ciclo celular? Leia nosso texto: Mitose.

Interfase

A interfase é quando a célula apresenta intensa atividade, sendo a mitose precedida e sucedida por ela. A interfase pode ser subdividida em três fases: G1, S e G2, as quais estão explicadas, detalhadamente, a seguir.

  • G1 (primeiro intervalo): ocorre logo após a mitose. Nesse período, observa-se a síntese de RNA, proteínas e organelas celulares, sendo considerada uma etapa de grande atividade. A célula recupera seu volume nesse momento, sendo observado um grande aumento de tamanho celular. É também quando se encontra o chamado ponto de restrição, que impede que células com material genético danificado, por exemplo, continuem o ciclo. A fase G1 é, geralmente, curta em tecidos que apresentam grande renovação; já nos tecidos que não se renovam, as células saem de G1 e entram numa fase chamada de G0.

  • S (fase de síntese): seu principal evento é a duplicação do DNA.

  • G2 (segundo intervalo): observa-se o acúmulo de energia necessária para a realização da divisão celular. Além disso, ocorre a verificação da duplicação dos cromossommos e de possíveis danos no DNA reparados. É também nesse momento que a tubulina, necessária para a formação dos microtúbulos, é sintetizada.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Mitose

É um processo de divisão celular em que a célula-mãe dá origem a duas células-filhas, com mesmo número de cromossomos da célula que as originou. Esse processo pode ser dividido, didaticamente, em cinco etapas, as quais ocorrem continuamente. Veja, a seguir, as etapas da mitose:

  • Prófase: observa-se a presença dos cromossomos duplicados como duas cromátides-irmãs unidas pelo centrômero. Inicia-se a formação do fuso mitótico, formado por microtúbulos que partem do centrossomo e são responsáveis por garantir a movimentação dos cromossomos durante a mitose. Nessa fase os nucléolos desaparecem.

  • Prometáfase: observa-se a fragmentação da membrana nuclear e uma maior condensação dos cromossomos. Os microtúbulos ligam-se em regiões especiais do cromossomo denominadas cinetocoro.

  • Metáfase: os cromossomos estão dispostos no plano equatorial da célula. Eles migram para essa região graças à ação dos microtúbulos. Nessa etapa os cromossomos atingem o maior grau de condensação.

  • Anáfase: as cromátides-irmãs separam-se e migram para cada polo da célula devido ao encurtamento dos microtúbulos. Durante essa etapa, que é a mais curta de toda a mitose, observa-se o alongamento da célula. Ao final, em cada extremidade, será encontrada uma coleção completa de cromossomos.

  • Telófase: os envoltórios nucleares são reconstruídos, dando origem a dois núcleos. O nucléolo também reaparece, e os cromossomos descondensam-se. Os microtúbulos do fuso desaparecem.

Durante as últimas etapas da mitose, ocorre a chamada citocinese, que consiste na divisão do citoplasma. A citocinese, em células animais e vegetais, ocorre de maneira distinta. Nas células animais, observa-se a formação de um sulco de clivagem que divide a célula em duas. Nas células vegetais, no entanto, a divisão do citoplasma em dois ocorre de maneira distinta. Nestas se observa a formação de vesículas que se movem para o centro da célula e formam a placa celular, a qual cresce para fora até atingir as paredes da célula e dividirem-na em duas.

A mitose é o processo que leva à formação de duas células-filhas. A interfase precede e sucede a mitose.
A mitose é o processo que leva à formação de duas células-filhas. A interfase precede e sucede a mitose.

Caso tenha maior curiosidade sobre essa fase do ciclo celular, acesse: O que é mitose?

Controle do ciclo celular

As células normais passam pelo ciclo celular de forma regulada, o que garante que o desenvolvimento de um determinado ser vivo seja adequado. Algumas células do nosso corpo, por exemplo, dividem-se durante toda a vida, outras, no entanto, não o fazem com tanta frequência, e outras não se dividem durante a fase adulta. Sem a devida regulação, o ciclo ocorreria de maneira indiscriminada, o que demonstra a importância de um sistema de controle.

Saiba mais: Tumor é câncer? Principais dúvidas sobre o câncer!

O sistema de controle do ciclo celular ocorre pela ação de diferentes moléculas. Nele há pontos de verificação, em que sinais permitem que a célula pare ou dê continuidade ao ciclo. São descritos três principais pontos de verificação:

Observe na figura os três principais pontos de verificação do ciclo celular.
Observe na figura os três principais pontos de verificação do ciclo celular.
  • Ponto de verificação G1 ou ponto de restrição: sendo um dos mais importantes, o sinal de continuidade nesse ponto garante que a célula inicie o ciclo celular. Se a célula não receber o sinal, ela permanece em G0.

  • Ponto de verificação G2/M: responsável por promover os eventos iniciais da mitose.

  • Terceiro ponto de verificação: garante que a anáfase só se inicie quanto os cromossomos estiverem ligados ao fuso na placa metafásica. Quando todos os cromossomos estiverem alinhados, um sinal é emitido para que a anáfase inicie-se.

Um fato interessante é que as células cancerígenas não atendem aos sinais que regulam o ciclo celular, desse modo, elas continuam a dividir-se de maneira indeterminada. Esse comportamento anormal das células pode ser extremamente danoso para o organismo. Como sabemos, vários tumores são difíceis de serem tratados e podem desencadear a morte do indivíduo.
 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Ciclo celular"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/ciclo-celular.htm. Acesso em 07 de abril de 2020.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

Sabemos que o ciclo celular pode ser dividido em duas etapas distintas: a interfase e a divisão celular. Sobre a interfase, marque a alternativa correta.

  1. Ela pode ser dividida em três etapas G1, G2 e G3.
  2. Podemos definir essa etapa como um período entre duas divisões celulares.
  3. Em G1 ocorre a duplicação do DNA.
  4. A fase G3 caracteriza-se por uma elevada síntese de DNA.

Questão 2

Sabemos que a duplicação dos cromossomos ocorre ainda na interfase. Marque a alternativa que indica corretamente em qual fase ocorrerá a duplicação do DNA cromossômico.

  1. G0.
  2. G1.
  3. G2.
  4. S.
  5. S2.

Mais Questões
As células fazem parte da constituição do corpo dos seres vivos
Biologia Teoria celular
Na mitose, uma célula divide-se dando origem a duas células filhas com a mesma quantidade de cromossomos da célula que as originou.
Biologia Mitose
Biologia Meiose
Na célula procarionte, observa-se a ausência de um núcleo delimitado por membrana
Biologia Célula
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola