Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Sais Minerais

Os sais minerais são substâncias relacionadas com as mais variadas atividades do organismo, sendo que uma dieta saudável é fundamental para manter seus níveis adequados.

Sal de cozinha em referência aos sais minerais.
Apesar de ser essencial para o funcionamento do organismo, o sódio em excesso pode prejudicar a saúde.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Os sais minerais são substâncias inorgânicas essenciais para o funcionamento adequado do nosso organismo. Eles estão presentes como eletrólitos nos líquidos corporais, como componentes de enzimas e hormônios e como componentes estruturais de alguns órgãos, tais como ossos e dentina nos dentes.

Tópicos deste artigo

Classificação dos sais minerais

Os sais minerais são elementos que têm sua origem a partir do solo, sendo assim, os seres vivos não podem produzi-los. Para conseguirmos os sais necessários para nossa sobrevivência, uma alimentação adequada e balanceada é essencial. De acordo com a necessidade diária de cada sal mineral, podemos classificá-los em:

- Macrominerais: Aqueles cujas necessidades diárias superam os 100 mg. Nesse grupo encontram-se o cálcio, fósforo, sódio, potássio, cloro, magnésio e enxofre.

- Microminerais: Aqueles que a necessidade diária é inferior a 100 mg. Nesse grupo, podemos destacar o ferro, cobre, zinco, manganês, iodo, selênio e flúor.

Função dos sais minerais

A seguir, vamos citar os principais sais minerais, sua função no corpo humano e alguns alimentos em que podem ser encontrados:

Cálcio: Esse sal participa da formação de ossos e dentes. Além disso, participam da coagulação sanguínea e regulam uma grande quantidade de funções celulares, incluindo-se o processo de contração muscular. O cálcio pode ser encontrado em leite e derivados, gema de ovo, cereais e legumes verdes.

Fósforo: Junto ao cálcio, o fósforo participa da composição de ossos e dentes. Esse sal também está relacionado com a produção de energia e é um dos componentes dos ácidos nucleicos. Pode ser encontrado em leites e derivados, cerais, carnes, ovos e pães.

Potássio: Esse sal está relacionado com a contração muscular e atividades dos nervos, pois atua promovendo a excitabilidade elétrica. Além disso, é um importante regulador dos batimentos cardíacos. É encontrado em frutas, cereais, leite e carnes.

Sódio: Está relacionado principalmente com a regulação do volume de líquidos corporais. Também é importante na condução do impulso nervoso, assim como o potássio, e está relacionado com a pressão sanguínea e contrações musculares. É encontrado no sal de cozinha, em alguns vegetais, queijo e diversos outros tipos de alimento.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Magnésio: Fundamental para o funcionamento adequado de nervos e músculos. Além disso, está relacionado com o metabolismo do cálcio e com a síntese de vitamina D. Esse sal mineral é encontrado em verduras com folhas verde-escuras, cereais, frutas cítricas e leguminosas.

Ferro: Por ser o componente principal da hemoglobina, esse sal mineral está relacionado com o transporte de oxigênio no nosso corpo. Encontrado em alimentos como fígado, rim, coração, gema de ovo, vegetais verdes, beterraba, feijão, cereais.

Flúor: Atua na composição de dentes e ossos. Além disso, está relacionado com a prevenção contra as cáries dentárias. Encontrado principalmente na água fluorada.

Iodo: É um sal fundamental para o funcionamento adequado da tireoide, portanto, está relacionado com o metabolismo. Encontrado em frutos do mar e no sal de cozinha iodado.

Importância dos sais minerais

Por estarem relacionados com diversas funções do nosso organismo, uma dieta pobre em algum tipo de sal pode causar danos sérios à saúde. Um bom é exemplo é a deficiência de ferro, que pode desencadear anemia, uma doença grave que pode levar à morte se não tratada adequadamente. É importante frisar que o consumo excessivo de determinado sal mineral pode também ocasionar doenças, como é o caso dos cálculos renais.

Como dito anteriormente, uma alimentação saudável é fundamental para que seu corpo mantenha as quantidades adequadas de sais minerais. Vale destacar que muitos alimentos industrializados podem conter uma quantidade elevada de um determinado sal, o que pode também causar problemas à saúde. Uma boa alimentação pode ser a chave para evitar diversos tipos de doenças!

Escritor do artigo
Escrito por: Vanessa Sardinha dos Santos Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Goiás (2008) e mestrado em Biodiversidade Vegetal pela Universidade Federal de Goiás (2013). Atua como professora de Ciências e Biologia da Educação Básica desde 2008.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Sais Minerais"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/sais-minerais.htm. Acesso em 03 de março de 2024.

De estudante para estudante


Lista de exercícios


Exercício 1

Sabemos que os sais minerais são fundamentais para diversas funções do organismo. Analise as alternativas e marque o sal mineral que se caracteriza por ser o principal componente da hemoglobina:

a) Potássio.

b) Sódio.

c) Magnésio.

d) Iodo.

e) Ferro.

Exercício 2

Uma dieta rica em sais minerais é fundamental para o funcionamento adequado do organismo. O sal ___________, por exemplo, garante o funcionamento correto da tireoide. Analise as alternativas e marque aquela que indica corretamente o nome do sal que completa o espaço acima.

a) Cálcio.

b) Sódio.

c) Magnésio.

d) Iodo.

e) Ferro.