Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Aretha Franklin

Aretha Franklin foi uma renomada cantora norte-americana, sendo reconhecida como uma das grandes vozes do Soul do século XX.

Aretha Franklin em palco e segurando microfone
Aretha Franklin foi uma das grandes cantoras dos Estados Unidos no século XX.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Aretha Franklin foi uma cantora norte-americana e é reconhecida internacionalmente como uma das principais vozes do Soul, Rhythm and Blues e do gospel do século XX. Sua carreira foi marcada por dezenas de álbuns que imortalizaram diversas canções. Ela teve inúmeras canções e álbuns de sucesso.

O momento de maior sucesso da carreira artística da cantora norte-americana foram as décadas de 1960 e 1970. Ela também ficou conhecida por suas posições políticas, sendo favorável ao movimento pelos direitos civis dos afro-americanos, além de ter defendido os direitos das mulheres. Ganhou inúmeros prêmios ao longo de sua vida. Morreu vítima de um tumor no pâncreas.

Leia mais: Blues — gênero musical que surgiu no Sul dos Estados Unidos, no século XIX, e teve forte influência africana

Tópicos deste artigo

Resumo sobre Aretha Franklin

  • Aretha Franklin foi uma cantora norte-americana de grande sucesso.

  • Foi reconhecida como uma das grandes vozes do Soul, do R&B e do gospel.

  • Lançou dezenas de álbuns, emplacando diversas canções de sucesso.

  • Nasceu em um lar cristão e filha de um pastor batista.

  • Faleceu vítima de um tumor raro no pâncreas.

Biografia de Aretha Franklin

  • Infância e juventude de Aretha Franklin

Aretha Louise Franklin nasceu na cidade de Memphis, no estado de Tennessee, em 25 de março de 1942. Ela era filha de Clarence La Vaughn Franklin, um pastor batista, e de Barbara Siggers, que, juntos, tiveram quatro filhos, além de seus filhos de relacionamentos anteriores.

Durante a sua infância, Aretha Franklin morou nas cidades de Buffalo e Detroit, permanecendo nesta última depois que seus pais se divorciaram. Aos 10 anos de idade, Aretha passou pelo trauma de perder a sua mãe, vítima de um ataque cardíaco. Ela continuou morando com o pai e fez parte de seus estudos em Detroit, mas não os concluiu.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Carreira de Aretha Franklin

Aretha Franklin ingressou na sua carreira musical ainda quando era uma criança, aprendendo a tocar piano e tornando-se uma cantora. Ela começou a cantar na igreja que seu pai frequentava, a New Bethel Baptist Church, passando a acompanhá-lo nas caravanas que ele realizava. Seu pai era um homem conhecido, e isso, somado ao talento de Aretha, fez com que ela conseguisse um contrato com uma gravadora.

Em 1956, Aretha Franklin conseguiu lançar um pequeno álbum, com quatro canções gospel, que foi relançado, com mais um single, em 1965. Durante a sua juventude, ela conheceu personalidades como Marvin Gaye, Sam Cooke, Martin Luther King Jr., entre outros. Sam Cooke, inclusive, foi uma das grandes influências musicais da cantora.

Após os 18 anos, Aretha Franklin quis seguir a carreira pop, assinando um contrato com a Columbia Records. O primeiro álbum que ela produziu com esse selo foi o Aretha: With the Ray Bryant Combo, conseguindo emplacá-lo nas paradas de sucesso dos Estados Unidos.

Aretha Franklin seguiu com canções de sucesso na década de 1960, o que aumentou a sua popularidade. A partir de 1966, ela se mudou para a Atlantic Records, gravadora que a manteve como uma das grandes cantoras de R&B de sua geração.

O sucesso de Aretha Franklin pode ser medido também pelas premiações que ela recebeu no período. Em 1968, por exemplo, ela foi indicada em quatro categorias no Grammy, vencendo a disputa em duas delas. Nos cinco anos seguintes, a cantora norte-americana ganhou outros seis prêmios em diferentes edições do Grammy.

No começo da década de 1970, Aretha Franklin ainda gozava de um enorme prestígio, mantendo-se como uma das principais cantoras dos Estados Unidos e lançando canções que estavam entre as mais ouvidas do momento. Nessa década, ela ainda fez um breve regresso ao gospel, com o seu álbum Amazing Grace, de 1972.

Na década de 1980, Aretha continuava sendo bem-sucedida, mas o desempenho de suas músicas e álbuns não era o mesmo das décadas de 1960 e 1970, quando ela esteve no auge. As últimas décadas de sua carreira musical ficaram marcadas pelo lançamento de outros álbuns, inúmeras performances em shows e eventos de grande porte, além de homenagens que a reconheciam como uma das grandes cantoras de gospel e R&B de todos os tempos.

  • Últimos anos de Aretha Franklin

Ao longo de sua vida, Aretha Franklin teve alguns problemas de saúde e sempre lutou contra o seu peso fazendo dietas. Ela também fumou durante muitos anos e teve problemas com o consumo excessivo de álcool. Ela abandonou o tabagismo em 1992 porque esse hábito estava prejudicando a sua voz.

No século XXI, a saúde de Aretha Franklin atrapalhou sua carreira musical por diversas vezes, forçando-a a cancelar shows para cuidar de si. Em 2010, foi anunciado que ela havia sido submetida a uma cirurgia para tratar um tipo de tumor muito raro que afetava seu pâncreas. Sua saúde seguiu se agravando a partir dessa data, e, em 13 de agosto de 2018, ela faleceu. O diagnóstico determinou que sua morte foi causada por um tumor neuroendócrino pancreático.

Leia mais: Michael Jackson — considerado o rei do pop e o astro negro de maior sucesso da música

Discografia de Aretha Franklin

A longa carreira de Aretha Franklin ficou marcada pelo lançamento de dezenas de álbuns com canções que marcaram gerações e que ainda são consideradas grandes obras do Soul e do R&B.

Os álbuns de estúdio lançados por Aretha Franklin foram os seguintes:

  • Aretha: With The Ray Bryant Combo (1961)

  • The Electrifying Aretha Franklin (1962)

  • The Tender, the Moving, the Swinging Aretha Franklin (1962)

  • Laughing on the Outside (1963)

  • Unforgettable: A Tribute to Dinah Washington (1964)

  • Runnin' Out of Fools (1964)

  • Yeah!!! In Person with Her Quartet (1965)

  • Soul Sister (1966)

  • Take It Like You Give It (1967)

  • I Never Loved a Man the Way I Love You (1967)

  • Aretha Arrives (1967)

  • Lady Soul (1968)

  • Aretha Now (1968)

  • Soul '69 (1969)

  • This Girl's in Love with You (1970)

  • Spirit in the Dark (1970)

  • Young, Gifted and Black (1972)

  • Hey Now Hey (The Other Side of the Sky) (1973)

  • Let Me in Your Life (1974)

  • With Everything I Feel in Me (1974)

  • You (1975)

  • Sparkle (1976)

  • Sweet Passion (1977)

  • Almighty Fire (1978)

  • La Diva (1979)

  • Aretha (1980)

  • Love All the Hurt Away (1981)

  • Jump to It (1982)

  • Get It Right (1983)

  • Who's Zoomin' Who? (1985)

  • Aretha (1986)

  • Through the Storm (1989)

  • What You See Is What You Sweat (1991)

  • A Rose Is Still a Rose (1998)

  • So Damn Happy (2003)

Leia mais: Maya Angelou — nascida nos EUA, foi escritora, dançarina, cantora, atriz, professora e ativista política

Legado e importância de Aretha Franklin

Aretha Franklin, além de ser conhecida como uma grande cantora de R&B, Soul e gospel, foi uma defensora de importantes causas. Ela foi uma forte participante do movimento dos direitos civis, que lutava contra a segregação racial nos Estados Unidos, além de ter sido uma feminista assumida e defensora dos direitos das mulheres.

Muitas músicas de Aretha Franklin falavam sobre as causas que ela defendia, e ela usou sua fortuna para financiar movimentos que defendiam a causa negra, os direitos das mulheres, além de também apoiar movimentos em defesa dos povos nativos dos Estados Unidos.

Curiosidades sobre Aretha Franklin

  • Aretha Franklin ficou marcada por ser muito reservada em relação a sua vida pessoal.

  • Ela cantou no funeral de Martin Luther King Jr., em 1968.

  • Casou-se duas vezes, gerando quatro filhos, sendo que o primeiro deles nasceu quando ela tinha apenas 12 anos de idade.

  • Em toda a sua vida, Aretha Franklin conquistou 18 prêmios Grammy.

Créditos da imagem

[1]mark reinstein e Shutterstock

Fontes

NAVARRO, Fernando. O mundo de martírios, maus tratos e inseguranças de Aretha Franklin. Disponível em: https://brasil.elpais.com/cultura/2020-11-21/alem-do-mito-o-mundo-de-martirios-maus-tratos-e-insegurancas-de-aretha-franklin.html

TEIXEIRA, Zé Enrico. Aretha Franklin faria 80 anos hoje; conheça vida e obra da ‘Rainha do Soul’. Disponível em: https://www.uol.com.br/splash/noticias/2022/03/25/aretha-franklin-80-anos-rainha-do-souk.htm

DARA, Júlia. Respect! Conheça a história da rainha do soul, Aretha Franklin. Disponível em: https://blogfca.pucminas.br/colab/aretha-franklin-rainha-do-soul/.

Escritor do artigo
Escrito por: Daniel Neves Silva Formado em História pela Universidade Estadual de Goiás (UEG) e especialista em História e Narrativas Audiovisuais pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atua como professor de História desde 2010.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. "Aretha Franklin"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biografia/aretha-franklin.htm. Acesso em 13 de abril de 2024.

De estudante para estudante