Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Blues

O blues surgiu nos Estados Unidos, no século XIX. O gênero musical teve origem nas plantações de algodão do Sul do país e forte influência africana.

B. B. King, o rei do blues, tocando guitarra em 1985.
O blues é um dos principais gêneros musicais de origem afro-americana. Na imagem, B. B. King, considerado o rei do blues.[1]
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Blues é um gênero musical estadunidense de origem afro-americana. Surgido na década de 1890, no Sul dos Estados Unidos, a origem do gênero teve forte influência dos gêneros, cantos e letras típicas da cultura africana. Uma das características do blues são suas letras simples, porém fortes, grande entrega vocal e instrumentos como guitarra e piano.

Leia também: Samba — gênero musical que nasceu entre os afro-brasileiros

Tópicos deste artigo

Origem do blues

O blues, assim como outros gêneros musicais, como o country e o jazz, nasceu da população negra dos Estados Unidos, mais precisamente no século XIX, em plantações de algodão no Sul do país norte-americano.

Os negros escravizados costumavam cantar enquanto trabalhavam. As músicas tinham influências de ritmos africanos e cantos religiosos. Originalmente, uma pessoa cantava e era seguida pelas demais, o que ficou conhecido como call and response, “chamada e resposta”, em tradução literal.

A música africana foi combinada com a folk music da Europa, produzindo então o blues. Em seu surgimento, era comum que a maioria dos cantores de blues fosse negra. O gênero só se tornou famoso após a Guerra Civil dos EUA, quando os escravizados foram emancipados. A partir de então, o blues migrou para as cidades do país, tornando-se também influente entre a população branca.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Características do blues

Existem diversos tipos de blues e muitos surgiram durante a sua popularização. Nos anos de 1920, por exemplo, surgiu o delta blues, no Mississippi. Nesse tipo, a guitarra e toda harmonia são usadas para acompanhar os vocais dos cantores. O estilo é bastante rítmico, com grandes entregas vocais, letras simples e guitarra bastante presente.

As melodias do blues têm uma característica melancólica, inclusive, o nome do gênero teve origem nesse aspecto. Blues em inglês significa “melancolia”, “tristeza”. Essa tristeza pode ser pelo cotidiano, por um acontecimento em específico ou por amor.

A expressão having the blues, algo como “se sentindo para baixo” ou “se sentindo melancólico”, se popularizou nesse período. Durante 1920, cantores como Bessie Smith e Robert Johnson se tornaram populares.

Tipos de blues

Além do delta blues, existem outras formas do gênero. Observe abaixo os diferentes tipos de blues e as características marcantes de cada um deles:

  • Blues country tradicional: remete ao blues rural feito em Mississippi Delta.

  • Jump blues: forma mais dançante de blues e que foi precursora do R&B.

  • Boogie-woogie: caracterizado pelo piano.

  • Chicago blues: uma espécie de delta blues mais eletrizante.

  • Cool blues: também usa o piano, porém de forma mais sofisticada; tem muita influência do jazz.

  • West coast blues: possui uma batida dançante.

Veja também: Michael Jackson — astro negro de maior sucesso da música

Popularização do blues

 T-Bone Walker tocando guitarra durante apresentação em festival de blues em 1972.
O cantor e guitarrista T-Bone Walker inseriu novos elementos no blues, como a guitarra e as distorções. [2]

Nos anos seguintes, o blues se tornou cada vez mais popular nos Estados Unidos. Nesse período, ele começou a se relacionar com outro gênero musical, o jazz. Pode-se dizer que um estilo influenciou o outro, já que ambos eram populares em clubes de música e na cultura preta e urbana.

Foi nessa época que surgiram grandes nomes do blues, como Elmore James, Howlin' Wolf, T-Bone Walker e B. B. King. A essa altura, o estilo estava em todo território dos EUA, inclusive no Norte, em especial em Chicago. A partir de então, o blues sofreu alterações, ganhando novos ritmos, instrumentos e características rítmicas, o que resultou em gêneros como o rock e o R&B (rhythm and blues).

T-Bone Walker foi um dos grandes nomes do ritmo e da música da época. Pioneiro, trouxe a guitarra de rock e sua técnica para o blues, colocando também amplificadores e um pouco de distorção. Já em 1960, o blues também começou a se popularizar na Europa, em especial no Reino Unido, no País de Gales.

Blues e sua relação com outros gêneros musicais

O blues influenciou diversos outros gêneros musicais. Além de sua proximidade com o jazz, o blues e seus elementos influenciaram gêneros como a soul music e o R&B. O rock também foi um dos gêneros fortemente influenciados por ele, em especial artistas de rock dos anos de 1950 e 1960, como Elvis Presley, Rolling Stones, Eric Clapton e John Mayall.

Diferenças e semelhanças entre o jazz e o blues

Apesar da origem em comum (ambos surgem pela população negra escravizada dos EUA), o jazz e o blues possuem diversas diferenças de estilo, como os instrumentos utilizados. O jazz utiliza guitarra, piano, baixo, saxofone, trompete, clarinete, entre outros. O blues utiliza alguns desses instrumentos, porém se diferencia pelo uso de contrabaixo, tambor e vocais marcados.

A batida e o foco musical são uma das grandes diferenças entre os gêneros. Enquanto o jazz foca no movimento e na criação de uma atmosfera sonora e abstrata, sem ter necessariamente um som previsto, o blues traz consigo a melancolia e a técnica instrumental direcionada.

Entretanto, o caráter imprevisível do jazz é justamente o que o assemelha ao blues, já que ele pode tomar diversos formatos, timbres e tons, inclusive os que caracterizam o blues.

Principais nomes do blues

Além de T-Bone Walker, um dos grandes nomes do blues foi B. B. King. O cantor e guitarrista estadunidense é reconhecido não apenas como um dos artistas que ajudaram a desenvolver o gênero mas também como um dos nomes que o tornaram popular.

Nascido no Mississippi, o próprio nome artístico do cantor faz alusão ao gênero, já que o B. B. se refere a Blues Boy, “Garoto do Blues”, em tradução literal. Entre seus sucessos, estão “Woke up this morning”, “Everyday I have the blues”, “Sweet sixteen” e “The thrill is gone”.

 Etta James, cantora norte-americana de blues segurando um microfone durante apresentação.
Etta James é mundialmente conhecida como uma das maiores vozes femininas do blues. [3]

Se B. B. King foi uma das principais vozes masculinas do blues, Etta James certamente foi uma das grandes vozes femininas do gênero. A norte-americana foi uma famosa cantora de blues, soul e R&B. Tornou-se mundialmente famosa pela voz potente e por suas letras melancólicas. Entre seus sucessos no gênero, estão “At last”, “I'll take care of you” e “I'd rather go blind”.

Créditos das imagens

[1] Ferenc Szelepcsenyi/ Shutterstock

[2] Wikimedia Commons

[3] Wikimedia Commons

 

Por Miguel Souza
Jornalista

Escritor do artigo
Escrito por: Miguel Souza Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Miguel. "Blues"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/artes/blues.htm. Acesso em 29 de fevereiro de 2024.

De estudante para estudante