Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Panda-vermelho

O panda-vermelho é um animal essencialmente arborícola, solitário, que se alimenta principalmente de bambu. Pode ser encontrado, entre outros países, na China e no Nepal.

Panda-vermelho entre os galhos de uma árvore.
O panda-vermelho apresenta uma cabeça arredondada, focinho curto e orelhas triangulares.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O panda-vermelho é um mamífero que, atualmente, está classificado como em perigo de acordo com a Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da IUCN. Esse animal se trata de uma espécie encontrada em climas temperados em regiões de floresta e atualmente ocorre no Butão, China, Índia, Mianmar e Nepal.

A espécie tem cabeça arredondada, focinho curto e orelhas retas e triangulares. A parte superior de seu corpo tem coloração marrom-avermelhada, e o ventre é preto. A cauda possui um padrão de anéis. A espécie é onívora, mas alimenta-se, principalmente, de bambu. Os pandas-vermelhos são animais solitários, arborícolas e de hábito crepuscular e noturno. Em geral, a fêmea dá à luz de um a quatro filhotes após um período de gestação de cerca de 134 dias.

Leia também: Urso panda — características e curiosidades sobre esse grande mamífero chinês

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o panda-vermelho

  • Pandas-vermelhos são animais solitários de hábitos crepusculares e noturnos.

  • Os pandas vermelhos possuem cabeça redonda, focinho curto e orelhas retas.

  • Os pandas-vermelhos possuem parte do corpo com pelos marrom-avermelhados, enquanto a região ventral apresenta pelos pretos.

  • O rosto desses animais apresenta pelos brancos e marcas marrom-avermelhadas sob os olhos.

  • Pandas-vermelhos são animais onívoros, entretanto mais de 90% da sua dieta é composta de bambu.

  • O panda-vermelho é encontrado atualmente no Butão, China, Índia, Mianmar e Nepal.

  • Está classificado como em perigo de extinção pela IUCN.

Características do panda-vermelho

O panda-vermelho é um animal que possui cabeça redonda, focinho curto e orelhas retas e triangulares. A cauda desse mamífero é espessa e anelada, sendo possível observar cerca de 12 anéis alternados de pelos vermelhos e amarelos. Apresentam aproximadamente 56 a 62 cm de comprimento. Em relação ao peso, esses animais apresentam entre 3,7 e 6,2 kg em média.

O corpo dos pandas-vermelhos é recoberto na parte superior por pelos na coloração marrom-avermelhada, enquanto na parte ventral do corpo os pelos são pretos. O rosto apresenta pelos brancos e marcas marrom-avermelhadas sob os olhos. As pernas são pretas, enquanto as solas dos pés são brancas. A coloração do animal ajuda na proteção contra predadores, ajudando-o a se misturar com ambiente em que vive.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O panda-vermelho possui um falso polegar, o qual é formado por uma extensão de um osso chamado de sesamoide. Esse falso polegar é utilizado pelo animal para arrancar folhas de bambu e também se agarrar aos galhos das árvores.

São animais solitários e de hábitos crepusculares e noturnos. Em geral, são animais tímidos e também territoriais. Os pandas vivem, em média, de oito a dez anos. Entretanto, considera-se como expectativa de vida máxima da espécie 14 anos. Entre os predadores do panda destaca-se o leopardo-das-neves.

Veja também: Animais vertebrados — grupo de animais que fazem parte do filo Chordata

Nome científico do panda-vermelho

O nome científico do panda-vermelho é Ailurus fulgens. Esse animal está incluído no filo Chordata, classe Mammalia, ordem Carnivora, família Ailuridae e gênero Ailurus.

Habitat do panda-vermelho

Panda-vermelho deitado nos galhos de uma árvore.
Pandas-vermelhos passam grande parte do tempo nas árvores, descendo apenas quando necessário.

O panda-vermelho é um animal encontrado em climas temperados de regiões de florestas decíduas e coníferas. Em geral, nesses locais há sub-bosques de bambu e árvores ocas. Trata-se de um animal essencialmente arborícola, vivendo grande parte do tempo em cima das árvores, descendo ao solo somente em situações em que se faz extremamente necessária essa ação. De acordo com a IUCN, o panda-vermelho é encontrado atualmente no Butão, China, Índia, Mianmar e Nepal.

Alimentação do panda-vermelho

O panda-vermelho é um animal onívoro, mas ele se alimenta, principalmente, de bambu. Essa planta correspondente a 98% de sua dieta. Entretanto, esse não é o único alimento do qual o panda-vermelho se alimenta, sendo possível observar na dieta desse animal ainda alimentos como frutos, insetos, ovos e filhotes de aves.

Saiba mais: Quais animais estão ameaçados de extinção?

Reprodução do panda-vermelho

O panda-vermelho é um animal solitário que se encontra com outros, geralmente, apenas na época reprodutiva. Na espécie, tanto macho quanto fêmeas se acasalam com mais de um parceiro a cada temporada.

A fêmea, normalmente, dá à luz de um a quatro filhotes após um período de gestação de cerca de 134 dias. Antes do nascimento dos filhotes, a fêmea carrega gravetos, folhas e grama para forrar o local onde os filhotes nascerão. Em geral, esse ninho é feito em uma fenda em uma rocha ou em árvore oca.

Após o nascimento, a fêmea limpa seus filhotes rapidamente e permanece com eles a maior parte do tempo nos primeiros dias. À medida que os dias passam, elas aumentam o tempo fora do ninho, retornando de tempos em tempos para a amamentação e organização do local. Os filhotes saem do ninho cerca de 90 dias após o nascimento e permanecem com a mãe até o início de outra estação reprodutiva.

O panda-vermelho está em extinção?

O panda-vermelho está atualmente classificado na categoria “em perigo” da IUCN. Ainda de acordo com a IUCN, a população de pandas-vermelhos diminuiu de maneira considerável — em 50% — nas últimas três gerações. São consideradas ameças a esses animais o desmatamento, a captura acidental em armadilhas para outros animais e também o tráfico de espécies.

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Escritor do artigo
Escrito por: Vanessa Sardinha dos Santos Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Goiás (2008) e mestrado em Biodiversidade Vegetal pela Universidade Federal de Goiás (2013). Atua como professora de Ciências e Biologia da Educação Básica desde 2008.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Panda-vermelho"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/animais/panda-vermelho.htm. Acesso em 22 de maio de 2024.

De estudante para estudante