Topo
pesquisar

Criptografia

Informática

PUBLICIDADE

A criptografia é a utilização de cifras ou códigos para escrever algo sigiloso em documentos e dados confidenciais por redes locais ou pela internet. Sua utilização é tão antiga como a escrita. Os romanos usavam códigos para ocultar seus projetos de guerra daqueles que não deveriam conhecê-los, afim de que somente as pessoas que tinham conhecimento do significado destes códigos poderiam saber a mensagem ali contida.

A partir da evolução dos computadores, a criptografia foi amplamente divulgada, empregada e ainda modificada, passando a receber algoritmos matemáticos. Além de manter a segurança do usuário, a criptografia preserva a integridade do site, a autenticação do usuário bem como a do remetente, do destinatário e da atualidade da mensagem ou do acesso.

As chaves podem ser:

Simétricas: É a utilização de determinados algoritmos para decifrar e encriptar (tornar secreto) documentos com segurança. São grupos de algoritmos distintos, mas que se relacionam um com o outro para manter a ligação confidencial da informação.

Assimétrica: É uma fórmula matemática que utiliza duas chaves sendo que uma é pública e outra é privada. A chave pública é aquela em que qualquer pessoa pode ter acesso e a chave privada é aquela em que somente a pessoa que a recebe conhece seu significado, ou seja, que consegue abrir determinado arquivo.

Utilizam-se funções para proteger e assegurar as senhas e outros que são sigilosos por meio das famílias:

f K : {0, ... , 2n} → {0, ... , 2n} onde,
n é um inteiro positivo
K є {0, ..., 2n} é a chave
f K é uma função segura

Por Gabriela Cabral

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DANTAS, Gabriela Cabral da Silva. "Criptografia"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/informatica/criptografia.htm>. Acesso em 22 de junho de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA