Topo
pesquisar

Second Life

Curiosidades

A mulher maravilha é uma das personagens mais requisitadas do Second Life
A mulher maravilha é uma das personagens mais requisitadas do Second Life
PUBLICIDADE

A internet nos dias atuais oferece inúmeras ferramentas para que o usuário possa distanciar-se de sua dura e cruel realidade, podendo interagir por completo com o mundo virtual. Muitas pessoas na busca de esquecer-se de seus problemas mergulham de forma intensa no meio interativo da internet, seja em uma sala de bate-papo, comunidade virtual, jogos, etc. Antes se pensava que era impossível alguém viver duas vidas ao mesmo tempo, hoje se percebe que esse pensamento é incorreto, isso por que há no meio cibernético de várias maneiras de se criar uma nova vida, entre eles a chamada “Second Life”, também conhecida por SL.

Na “Second Life”, a pessoa escolhe sua aparência, personalidade, classe social, opção sexual, etc., ao contrário dos jogos convencionais onde você tem por base estágios e oponentes que disputam entre si, a SL permite a criação de uma personagem e com esta você pode se locomover através do avatar em um ambiente virtual e conversar com outros participantes. Esse jogo é aperfeiçoado a cada dia para que se torne o mais real possível, fazendo com que o participante vicie pelo mundo virtual. Muitas pessoas acabam entrando de tal forma na “Second Life”, que se esquece de sua vida própria, de se relacionar com pessoas reais e de seus problemas que requerem soluções imediatas.

Tudo tem seu lado positivo e seu lado negativo, pois ao mesmo tempo em que a “Second Life” dá oportunidade para que o participante seja uma pessoa diferente, essa pessoa se deslumbra com a vida virtual e abandona a vida real. Isso ocorre muito devido à carência emocional e financeira apresentada por alguns jogadores. Essa moda de SL não “rola” apenas na Europa ou na América do Norte, também está presente aqui no Brasil. Uma peculiaridade são os ambientes virtuais disponíveis como, a capital federal, a Amazônia, São Paulo, entre outros. Tudo nesse mundo virtual é muito atrativo, mas temos que saber distinguir o real do imaginário, para que a participação em jogos desse gênero se torne algo produtivo e proveitoso.

Por Eliene Percília
Equipe Brasil Escola

Curiosidades - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PERCíLIA, Eliene. "Second Life"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/second-life.htm>. Acesso em 22 de setembro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA