Topo
pesquisar

Registro de imagens em filmes fotográficos

Química

Os filmes fotográficos contêm sais de prata sensíveis à luz. Nos pontos onde há incidência de luz ocorre a redução dos íons prata, resultando no contraste visto nos negativos.
PUBLICIDADE

Hoje em dia praticamente todas as máquinas fotográficas são digitais. No entanto, as primeiras máquinas fotográficas eram baseadas em um processo que envolvia o uso de filmes onde se registravam as imagens captadas.

Mas, antes de seu registro, como se realizava a formação das imagens?

A formação das imagens baseava-se no princípio da câmera escura de orifício, que é uma caixa preta e vazia com um pequeno buraco em um dos seus lados, no qual há a entrada da luz transmitida por um objeto. No lado oposto da câmera é formada a imagem invertida do objeto. Toda câmera fotográfica é baseada nesse sistema.

Esquema do funcionamento da câmera escura

A imagem fica invertida porque a propriedade da luz se propaga em linha reta.

Dessa maneira, é possível produzir a imagem de uma cena ou objeto, mas não sabia-se ainda como registrá-la. Foi somente em 1827 que a fotografia foi inventada, quando o francês Joseph Niepce (1765-1833) conseguiu registrar a primeira fotografia usando um material sensível à luz: o filme fotográfico.

O filme fotográfico contém uma suspensão de sais de prata, como o cloreto de prata e o brometo de prata, que escurecem quando são atingidos pela luz. Isso acontece não por causa da presença do cloreto ou do brometo, mas sim da prata. Ocorre a redução dos íons prata (Ag+) quando ela é incidida pela luz, originando a prata metálica finamente dividida, que é preta. Assim, é visto um contraste nos negativos que reproduzem a imagem. A redução dos íons prata também ocorre no momento da revelação, como será explicado um pouco adiante.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A redução de um composto ocorre quando ele ganha elétrons de outra espécie química e seu NOX (número de oxidação) diminui. Simultaneamente a esse processo, ocorre a oxidação do outro composto que agiu como o agente redutor, doando os elétrons. Portanto, o caso da formação de uma imagem em um filme fotográfico envolve uma reação de oxirredução, onde o sal de prata contido no filme reduz e a substância que constitui o revelador oxida.

Genericamente, o processo pode ser representado por:

AgX(s) + revelador Ag(s) + X-(aq) + outros produtos

 Onde X é um halogênio, como o cloro e o bromo.

Negativos de fotos, resultantes da redução dos íons prata em prata metálica


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

O registro de imagens antigas era feito em filmes fotográficos com sais de prata
O registro de imagens antigas era feito em filmes fotográficos com sais de prata

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FOGAçA, Jennifer Rocha Vargas. "Registro de imagens em filmes fotográficos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/registro-imagens-filmes-fotograficos.htm. Acesso em 28 de fevereiro de 2020.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola