close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Diferença de potencial de uma pilha

A diferença de potencial de uma pilha é também denominada de força eletromotriz, e pode ser medida por meio de um voltímetro. Existe um potencial de redução e um potencial de oxidação em ambos os eletrodos que compõem a pilha. Estes possuem valores iguais, e sinais diferentes.

A medição da diferença de potencial (ddp) de uma pilha é registrada pelo aparelho denominado voltímetro
A medição da diferença de potencial (ddp) de uma pilha é registrada pelo aparelho denominado voltímetro
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Considere duas pilhas envolvendo o eletrodo de cobre:

pilhas de zinco-cobre e cobre-prata
Pilhas zinco-cobre e cobre-prata.

Na primeira pilha, conhecida como pilha de Daniell, os eletrodos são de zinco e de cobre e notamos que o zinco sofre oxidação, ou seja, doa elétrons para o cobre, sendo, portanto, o ânodo. O eletrodo de cobre, por sua vez, funciona como o cátodo, recebendo elétrons e se reduzindo.

Entretanto, é possível observar que na segunda pilha, a de eletrodos cobre-prata, o cobre funciona não como cátodo, mas como ânodo, oxidando desta vez.

Isso nos mostra que comparando esses três eletrodos, a tendência de sofrer redução funciona da seguinte maneira:

Zinco < Cobre < Prata

Assim, essa capacidade de sofrer redução é chamada de Potencial de Redução (Ered). Visto que esse valor depende da pressão, temperatura e concentração da solução, determinou-se um potencial-padrão (ou normal, em 25°C, pressão de 1atm, e concentração de 1,0 mol/L) que é identificado pelo símbolo E0. O contrário também é verdadeiro, existe o Potencial de Oxidação (Eóxi), que nesse caso tem a ordem crescente:

Zinco > Cobre > Prata

Quanto menor o potencial-padrão de redução, maior a capacidade que o metal possui de doar elétrons e vice-versa. De maneira similar, quanto menor o potencial-padrão de oxidação, maior a capacidade que o metal possui de receber os elétrons e vice-versa. 

Em uma pilha, a espécie que apresenta maior Ered sofre redução e a outra espécie, de maior Eóxi, sofre oxidação.

Se adaptarmos um voltímetro, como o da figura acima, em uma dessas pilhas, será medida a intensidade da corrente elétrica produzida por elas, isto é, a sua força eletromotriz (fem ou E) ou diferença de potencial (U ou ddp)*. O valor é indicado em volts (V), aparecendo normalmente nas embalagens e rótulos das pilhas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

diferencial de potencial de uma pilha mostrada no rótulo
Diferença de potencial (U ou ddp) de uma pilha mostrada no rótulo.

A força eletromotriz pode ser expressa em termos de potencial de redução ou de oxidação. É importante lembrar que esses potenciais têm o mesmo valor, porém possuem sinais contrários.

Para calcularmos a voltagem de uma pilha no estado padrão, usamos a seguinte expressão:

∆E0 =  E0red (cátodo)  -  E0 red (ânodo)

ou

∆E0 =  E0oxi (ânodo) -  E0 oxi (cátodo)

Desse modo, os valores absolutos de cada eletrodo não aparecem no voltímetro, mas sim a diferença de potencial entre eles.


*Consideramos a diferença de potencial igual à força eletromotriz, porque o cálculo da diferença de potencial de um gerador é dado pela equação: U = E – r.i, onde:

U = diferença de potencial
E = força eletromotriz
r = resistência interna
i= intensidade da corrente elétrica

Mas, na Química, consideramos as pilhas como geradores ideais, de modo que sua resistência interna seja desprezível em relação ao circuito elétrico. Dessa maneira, temos que U = E.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FOGAçA, Jennifer Rocha Vargas. "Diferença de potencial de uma pilha "; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/diferenca-potencial-uma-pilha.htm. Acesso em 18 de maio de 2022.

Tire suas dúvidas


uma certa molécula linear e formado por três átomos ligados entre si por uma ligação simples covalente e uma tripla covalente sendo assim existirão nessa molécula preciso saber quantas ligações sigma e pi tem

Por victor Henrique
Responder
Ver respostas

Videoaulas


Lista de exercícios


Exercício 1

Baseado na lista de potenciais padrões de redução abaixo, responda qual espécie química entre os íons indicados nas alternativas é o melhor agente oxidante:

a)      Li0

b)      Na+

c)       Zn2+

d)      Cu2+

e)      I2

Exercício 2

Considere as seguintes semirreações para uma determinada pilha:

Ag+ + e- ↔ Ag0                                               E0= +0,80 V

Mg2+ + 2e- ↔ Mg0                         E0= -2,37 V

a. Qual é a semirreação de cada eletrodo?

b.Identifique o cátodo, o ânodo, o polo negativo e o polo positivo.

c.Qual é o valor de ∆E0?

d.Qual é o melhor agente oxidante da pilha?

Estude agora


Revolução Verde

Assista à nossa aula e descubra o que foi a Revolução Verde. Compreenda suas características, suas causas e...

Ludwig von mises

Membro da escola austríaca de economia, Mises foi um dos pilares do liberalismo no século XX. Não foi um filósofo...