Whatsapp

Composição química do chocolate

Química

O chocolate contém mais de 300 substâncias químicas que nos afetam e que nos dão a sensação de bem-estar, de concentração e energia, mas outras podem nos prejudicar.
PUBLICIDADE

O chocolate é um alimento amado pela maioria das pessoas, sendo que para muitos, principalmente as mulheres, ele é considerado irresistível. Outros, porém, precisam evitá-lo, alguns dizem que ele vicia e que faz engordar. Para ver se essas alegações são realmente verdadeiras e quais são os benefícios e malefícios de se comer chocolate, é importante sabermos quais são os principais componentes desse produto.

O chocolate consiste de 8% de proteínas, 60% de carboidratos e de 30% de gorduras. Como se pode ver, a quantidade de gorduras se encontra num limite superior ao que é desejável para um alimento. Isso pode ser traduzido em altas calorias, por exemplo, uma barra de chocolate de 100 g fornece 520 calorias. Os menos calóricos são o amargo e o meio amargo, seguidos pelo ao leite e, por último, o chocolate branco. Para não engordar, o recomendado é ingerir apenas 25 a 30 g ao dia, no máximo três vezes por semana.

Essa gordura ou manteiga de cacau é essencialmente saturada e não conduz a um aumento dos níveis de colesterol.

Mas, o chocolate também fornece minerais (potássio, cloro, fósforo, cálcio, sódio, magnésio, ferro, cobre e zinco)e vitaminas (A, B1, B2, B3 e E, só não contém as vitaminas C e D). É por isso que ele é usado como porção alimentar de soldados e exploradores em situações de emergência.  

Existem mais de 300 substâncias químicas no chocolate, porém, há três substâncias especiais que queremos chamar a atenção. Elas não são nutritivas, mas nos afetam e estão intimamente relacionadas com as indagações feitas anteriormente, como a dúvida se o chocolate realmente vicia.

As três substâncias são: feniletilamina, ácido oxálico e cafeína.

  • Feniletilamina (PEA, do inglês Phenylethylamine):

Fórmula estrutural da feniletilamina

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

 Essa é a substância responsável por provocar a sensação de bem-estar em nosso cérebro, pois ela pode acionar a liberação de dopamina, substância química do cérebro que causa a sensação de felicidade.

É verdade que o chocolate pode causar enxaqueca em algumas pessoas e isso se deve a essa substância, porque ela constringe as paredes dos vasos sanguíneos do cérebro. O corpo humano possui uma enzima (monoamina oxidase) que elimina a PEA, quando o corpo da pessoa não consegue produzir uma quantidade suficiente dessa enzima para evitar o aumento de PEA no organismo, há a enxaqueca.

  • Ácido oxálico:

Fórmula estrutural do ácido oxálico

Em cada 100 g de cacau há 500 mg dessa substância. Ela está presente em muitos outros alimentos como o ruibarbo. Se ingerido em doses acima de 1500 mg, ele pode até matar. O ácido oxálico reage com os metais essenciais como o ferro, o magnésio e o cálcio, presentes no alimento e impede que eles nutram o corpo.

O ácido oxálico mata pela diminuição abaixo do nível tolerado de cálcio em nosso organismo.

Mesmo em doses não letais, o ácido oxálico é perigoso porque ele forma oxalato de cálcio, que é insolúvel, que pode crescer na forma de pedras dolorosas na bexiga e nos rins.

  • Cafeína:

Fórmula estrutural da cafeína

O chocolate contém um pouco de cafeína que dá a sensação de recuperarmos nossas energias e também possui efeitos medicinais. Para ver a química dessa substância e seus efeitos em nosso organismo, leia o texto “Química da Cafeína”.

É interessante notar que, embora o chocolate contenha várias substâncias ativas, nenhuma delas vicia.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

O chocolate contém três substâncias (feniletilamina, ácido oxálico e cafeína) que nos afetam muito quando o comemos
O chocolate contém três substâncias (feniletilamina, ácido oxálico e cafeína) que nos afetam muito quando o comemos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FOGAçA, Jennifer Rocha Vargas. "Composição química do chocolate"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/composicao-quimica-chocolate.htm. Acesso em 01 de março de 2021.

Artigos Relacionados
Compreenda como atua o chocolate no organismo e seus benefícios e malefícios.
Ação da cafeína no cérebro, propriedades do café, trimetilxantina, efeitos da cafeína no organismo, neurotransmissor Adenosina, função da adenosina no cérebro, perigos da cafeína, intoxicação por café.
Química do paladar, quimiorreceptores da língua, papilas gustativas, degustar os alimentos, explicação científica para o paladar, regiões da língua responsáveis pela percepção dos diferentes sabores, moléculas saporíferas.
Como surgiu o refri com efeito estimulante.
Conheça mais a respeito de um dos maiores estimulantes do grupo das xantinas: a cafeína. Veja os alimentos e bebidas que a contém e seus efeitos para o organismo humano.