Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Biodiesel no Brasil

O Brasil é um dos maiores produtores e consumidores de biodiesel do mundo e atualmente a legislação tornou obrigatório que o diesel venha com 5% de biodiesel.

O biodisel no Brasil possui grande potencial de produção e consumo
O biodisel no Brasil possui grande potencial de produção e consumo
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O biodiesel é um biocombustível feito a partir de plantas (óleos vegetais) ou de animais (gordura animal) com a finalidade de substituir o óleo diesel usado em automóveis pesados como caminhões e ônibus.

O Brasil se encontra em uma região geográfica muito privilegiada, pois é um país tropical, com muita luminosidade, com uma temperatura média anual e muitos recursos hídricos que originam as mais variadas espécies vegetais que podem ser usadas para a produção de biodiesel, como o óleo de girassol, de amendoim, de mamona, de soja, de milho, de dendê ou palma, entre outros.

Atualmente, a maior parte do biodiesel produzido pelo Brasil vem da soja. Apesar de a soja possuir um dos menores teores de óleo por peso, ela apresenta outras vantagens para o seu cultivo, como o rápido retorno de investimento, pois o objetivo principal de seu plantio é a obtenção de ração animal. Além disso, ela pode ser armazenada por longos períodos de tempo, tem crescimento relativamente rápido e seu uso não é restrito a climas quentes ou frios.

A maior parte do biodiesel produzido pelo Brasil vem da soja

Se dividirmos as regiões do país teremos que os tipos de matérias-primas mais usadas para a produção do biodiesel em cada uma delas são:

  • Norte: palma (dendê) e babaçu;
  • Sul, sudeste e centro-oeste: soja, girassol e amendoim;
  • Nordeste: mamona.

Matérias-primas mais utilizadas para a produção de biodiesel em cada região do Brasil

O óleo de palma ou dendê não é recomendado para regiões frias do país, como o sul e sudeste, pois ele se solidifica a temperaturas relativamente baixas.

Óleo de frutos da palma (dendê)

Segundo a Agência Nacional do Petróleo (ANP), a produção e o consumo de biodiesel pelo Brasil são umas das maiores do mundo, sendo que em 2010 a produção anual foi de 2,4 bilhões de litros e uma capacidade instalada, no mesmo ano, para cerca de 5,8 bilhões de litros.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Apesar de possuir uma constituição bastante semelhante à do óleo diesel de petróleo, em virtude de suas elevadas densidade e viscosidade, o biodiesel ainda não pode ser inserido no motor movido a óleo diesel, são necessárias adaptações. Por isso, atualmente ele é utilizado sendo adicionado ao diesel de petróleo.

A mistura de óleo diesel e biodiesel é chamada de “BX”, onde “B” indica a mistura e o “X” corresponde à porcentagem em volume do biodiesel na mistura. Por exemplo, B2 quer dizer que a mistura corresponde a 2% de biodiesel e 98% de óleo diesel, já uma mistura que tem 5% de biodiesel e 95% de óleo diesel é chamada de B5, e assim por diante.

O Congresso Nacional aprovou a lei n° 11.097, em 13/01/2005, que tornou obrigatória a adição de 2% de biodiesel ao diesel (B2) até 2008. A Resolução nº 6/2009 do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) aumentou para 5% o percentual obrigatório de mistura de biodiesel ao óleo diesel. Tem ocorrido uma contínua elevação desse percentual e há metas para aumentá-lo gradativamente até 20%.

Desde 2006, roda pelas ruas do Rio de Janeiro o primeiro ônibus urbano brasileiro movido a biodiesel.

Todos estes incentivos servem para fortalecer a indústria nacional, diminuir a dependência ao diesel de petróleo, que em pequena parte ainda é importado, e melhorar a condição do meio ambiente, visto que ele é biodegradável, não tóxico, é praticamente livre de enxofre e aromáticos, bem como reduz substancialmente a emissão de monóxido de carbono e de hidrocarbonetos não queimados.


Por Jennifer Fogaça
Graduada em Química

Escritor do artigo
Escrito por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FOGAçA, Jennifer Rocha Vargas. "Biodiesel no Brasil"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/biodiesel-no-brasil.htm. Acesso em 26 de fevereiro de 2024.

De estudante para estudante


Artigos Relacionados


Bicombustível usado na Rio+20

Conheça o conceito de biocombustível e como ele será usado na Rio+20, as vantagens e desvantagens de seu uso.
Química

Biogás

O biogás é uma mistura de gases, principalmente o metano, e é utilizado como fonte de energia renovável provinda da decomposição de matéria orgânica.
Química

Combustíveis renováveis por meio da Pirólise

A pirólise é um tipo de reação de decomposição ou análise, em que uma substância é decomposta em outras, pela ação do calor do fogo.
Química

Diesel de consumo brasileiro é um dos piores do mundo!

O Brasil produz o melhor, mas consome o pior.
Química

Obtenção do Biodiesel

De onde é retirada esta forma de energia renovável?
Química

Produção de Biocombustível

De onde retirar esta energia limpa?
Química

Qual é o combustível que mais polui a atmosfera?

Emissão de gases poluentes, álcool, diesel, gasolina, biodiesel, fermentação da cana-de-açúcar, monóxidos de carbono, efeito estufa, aquecimento global, catalisadores, dioxinas presentes no diesel, distúrbios hormonais, câncer no aparelho respiratório.
Química

Álcool combustível

Conheça as propriedades químicas e físicas do álcool combustível e quais sõa as vantagens de sua utilização.
Química

Óleo diesel

Clique neste link e conheça as particularidades do combustível mais importante para o transporte de cargas no Brasil, o óleo diesel. Conheça sua forma de obtenção a partir da destilação fracionada do petróleo e também o seu “substituto” que não polui tanto o meio ambiente, o biodiesel.
Química