Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é mitocôndria?

O que é Biologia?

Entender o que é mitocôndria é importante para a compreensão de todas as reações que ocorrem nessa importante organela e garantem a produção de energia para a célula.
PUBLICIDADE

As organelas celulares são estruturas encontradas no citoplasma da célula que funcionam como pequenos órgãos, exercendo as mais variadas funções. Um exemplo de organela é a mitocôndria: estrutura esférica e alongada que apresenta cerca de 10 µm de comprimento e está relacionada com a produção de energia para a célula.

Estrutura de uma mitocôndria

As mitocôndrias são organelas celulares que se destacam pela presença de duas membranas, uma mais externa e uma mais interna, as quais estão separadas pelo espaço intermembranoso. A membrana mais interna projeta-se para o interior da organela, formando as chamadas cristas mitocondriais. Essas cristas aumentam a superfície interna da organela e apresentam componentes que garantem a realização da respiração celular. Além disso, as cristas delimitam a matriz mitocondrial, que é formada por água, íons, enzimas e outras substâncias.

As mitocôndrias são organelas capazes de se autoduplicar e possuem DNA próprio, que se apresenta como filamentos duplos e circulares e é muito semelhante ao das bactérias. Essas organelas também apresentam RNA (mensageiro, ribossomal e transportador) e ribossomos pequenos. Vale frisar que o genoma mitocondrial codifica algumas importantes proteínas, entretanto, a maioria das proteínas é codificada por genes localizados no núcleo da célula.

Qual é a função das mitocôndrias?

As mitocôndrias estão relacionadas com a produção de energia para a célula, um processo conhecido como respiração celular. Nessas organelas ocorrem algumas etapas desse importante processo, que garante a oxidação de moléculas orgânicas e a produção de moléculas de ATP (adenosina trifosfato).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Onde as mitocôndrias são encontradas em maior quantidade?

As mitocôndrias são organelas encontradas, normalmente, em locais do citoplasma onde o gasto de energia é intenso. Um exemplo disso pode ser observado nos espermatozoides, gametas com grande capacidade de locomoção em virtude da presença de flagelos. Nessas células, a maior quantidade de mitocôndrias está na peça intermediária, o que garante energia para a locomoção.

Alguns tecidos apresentam uma maior quantidade de mitocôndrias quando comparados com outros. Esse é o caso das células do tecido muscular estriado cardíaco, que é rico nessas organelas em razão da sua necessidade constante de energia.

Mitocôndrias e a endossimbiose

Acredita-se que as mitocôndrias surgiram nas células, assim como os cloroplastos, por um processo de endossimbiose. Isso quer dizer que provavelmente as mitocôndrias eram anteriormente um organismo procarionte, o qual foi englobado e passou a viver em simbiose com a célula que o fagocitou. Essa teoria é sustentada pelo fato de que as mitocôndrias possuem dupla membrana, DNA e ribossomos próprios, DNA circular semelhante ao cromossomos das bactérias e são capazes de se autoduplicar.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Observe a estrutura de uma mitocôndria
Observe a estrutura de uma mitocôndria

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha Dos. "O que é mitocôndria?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-mitocondria.htm. Acesso em 23 de outubro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola