Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Quaresma: qual o seu verdadeiro significado?

A Quaresma é uma tradição muito antiga com lendas significados interessantes atribuídos à ela

Em 15/02/2024 09h39 , atualizado em 16/02/2024 11h23
Prato de peixes ao lado de uma vela
Na Quaresma costuma-se cortar o consumo de carne vermelha Crédito da Imagem: Canva/Inteligência Artificial
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A Quaresma é um período de 44 dias entre o Carnaval e a Páscoa. Os dias específicos de começo e fim desta época variam de ano em ano conforme convenções determinadas pela Igreja Católica.

Durante a Quaresma, alguns devotos do cristianismo realizam jejuns, ações de caridade, orações e leitura bíblicas prolongadas, assim como pagamento de promessas. São tradições antigas que tem a sua origem ainda no cristianismo primitivo dos tempos de Império de Romano.

Veja mais sobre a Quaresma  

Existem muitas lendas, histórias e significados por trás da Quaresma, confira tudo que descobrimos sobre este período do ano!

História da Quaresma

A Quaresma precede período de Páscoa que, por sua vez, representa a morte e a ressurreição de Jesus Cristo, ambas retratadas na Bíblia. Este ano de 2024, a Quaresma acontece entre os dias 14 de fevereiro e 28 de março. 

Esta prática católica se consolidou ainda no século IV d.C, no ano 325 quando ocorreu o Concílio de Niceia. Este Concílio foi uma reunião dos bispos mais relevantes da época para determinar diretrizes da prática do cristianismo. 

Inicialmente, eram 40 dias, iniciando-se na Quarta-feira de Cinzas e encerrando-se no Domingo de Ramos. Atualmente, a data se estende até a quinta-feira que antecede a sexta-feira santa. 

Mesmo esta sendo a data de consolidação da Quaresma, há relatos ainda mais antigos de jejuns realizados nas vésperas da Páscoa que remontam aos séculos II e III. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Significado dos 40 dias da Quaresma

Por ser uma tradição muito antiga e amplamente praticada, vários sentidos são atribuídos à Quaresma. Entretanto, um significado comumente atribuído a este período é a história de Jesus passando 40 dias no deserto.

Neste período, ele teria optado pela abstenção diante das tentações de Satanás. Por isso, os cristãos (católicos, em sua maioria) adotam práticas introspectivas, jejuam, aumentam a extensão das orações, entre outras atividades associadas à espiritualidade. 

 Além desta história, há outros contos bíblicos que fazem referência ao número 40. Por exemplo, o dilúvio da arca de Noé e a travessia dos judeus pelo deserto com Moisés.

O que não fazer na Quaresma?

Geralmente, são estabelecidas restrições ao consumo de carne vermelha. Algumas pessoas não comem vaca durante todos os 40 dias, outras, apenas nas sextas-feiras, isto irá depender da tradição da pessoa. 

Mas, não é apenas a carne vermelha que passa por reduções no consumo, bebidas alcoólicas, doces, entre outros produtos, também são suspensos. Além de promessas individuais feitas aos santos católicos ou até mesmo para Jesus.

Lendas da Quaresma

Muitas lendas são relacionadas ao período da Quaresma. Por exemplo, uma delas é que lobisomens andam pelas ruas e bosques, outra contra de uma procissão de almas penadas que caminha de madrugada, outra ainda fala de uma porca monstruosa que pune maridos infiéis, entre outras estórias.

Os contos folclóricos relacionados a esta época costumam trazer um caráter punitivo para quem não segue as tradições da Quaresma. Por ser uma herança cultural muito antiga, o imaginário popular contribuiu bastante para a criação destas lendas.  

Por Tiago Vechi

Jornalista

PUBLICIDADE