Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Origem da Árvore de Natal

A origem da Árvore de Natal é considerada incerta, mas sua popularização como símbolo natalino se deu a partir do século XIX.

Árvore de Natal, símbolo do Natal que possui origem incerta, decorada e rodeada de presentes.
A Árvore de Natal é um dos mais tradicionais símbolos do período natalino.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A origem da Árvore de Natal é incerta. Os historiadores não sabem ao certo a origem desse item natalino, mas acredita-se que essa tradição passou a ser relacionada com o Natal por meio dos alemães, no século XVI, e se popularizou como um símbolo natalino por meio da rainha Vitória, no século XIX. Embora seja defendido como um símbolo cristão, os historiadores afirmam que não há evidências disso.

Leia também: Qual é a origem dos presentes de Natal?

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a origem da Árvore de Natal

  • A origem da Árvore de Natal é incerta.

  • A Árvore de Natal é um tradicional símbolo do período natalino, sendo usada na decoração.

  • Na Antiguidade, a árvore era um importante símbolo de prosperidade, estando presente em festivais religiosos de diferentes povos.

  • Os nórdicos, por exemplo, consideravam o pinheiro um símbolo de prosperidade porque suas folhas sempre estão verdes.

  • Acredita-se que os alemães montaram a primeira Árvore de Natal, no século XVI.

  • A rainha Vitória popularizou a Árvore de Natal na Europa, no século XIX.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Qual a origem da Árvore de Natal?

A origem da árvore é considerada bastante incerta, mas os historiadores sabem que as árvores eram importantes símbolos na Antiguidade, muitas vezes se relacionando com a ideia de prosperidade. Os romanos as usavam para decoração dos templos durante a Saturnália, festival religioso realizado em homenagem a Saturno, durante o solstício de inverno.

Para muitas culturas do norte da Europa e de locais com um inverno rígido, as árvores que permaneciam verdes durante todo o ano eram um símbolo de prosperidade. Essas árvores são chamadas de perenifólias, pois se mantêm com as folhas verdes até no inverno. Uma delas é o pinheiro, um atual símbolo natalino.

Determinados povos desenvolveram o costume de levar uma árvore para o interior de suas casas para que ela atraísse a prosperidade. Sabe-se que diversos povos da Antiguidade cultuavam árvores ou as viam com algum significado religioso. À medida que o cristianismo foi conquistando espaço na Europa, esses símbolos foram sendo esquecidos ou cristianizados.

Um exemplo bastante conhecido envolve São Bonifácio, um bispo saxão que cristianizou povos germânicos no século VIII. Em determinada ocasião, São Bonifácio encontrou algumas pessoas realizando sacrifícios em um carvalho, árvore sagrada para os nórdicos e que tinha uma forte associação com Thor, deus do trovão nórdico.

São Bonifácio desafiou os germânicos que derrubaria a árvore sem que Thor lhe causasse mal algum, e quando isso de fato aconteceu, ele se aproveitou para converter os presentes. A história reforça a importância da árvore como símbolo religioso dos nórdicos, estando presente até em festivais religiosos, como o Jól ou Yule, que acontecia durante o solstício de inverno.

Nesse evento, utilizava-se o pinheiro como Julgran, ou pinheiro do Jul, um item decorativo. Esse pinheiro representava o Yggdrasil para os nórdicos, uma árvore gigantesca que sustentava o Universo e os nove mundos presentes nele, sendo um símbolo de renovação da vida e de fertilidade. A utilização da árvore como símbolo durante o solstício de inverno pelos nórdicos pode ser um indício de onde veio a Árvore de Natal.

Embora sua origem seja incerta, muitos apontam que a Árvore de Natal foi um símbolo pagão apropriado pelos cristãos, tornando-se parte de seus costumes natalinos e sendo secularizado, provavelmente durante a Idade Média.

Os historiadores apontam a existência de algumas lendas que falam que as Árvores de Natal podem ter se inspirado na Árvore do Éden, mas isso não tem embasamento histórico. Até a respeito da primeira Árvore de Natal, existe uma grande polêmica entre historiadores. Isso porque Letônia e Estônia, dois países bálticos, disputam entre si o feito de ter montado a primeira Árvore de Natal.

Alguns historiadores afirmam que existem registros de que a primeira Árvore de Natal de que temos conhecimento foi montada em Estrasburgo, em 1539. Atualmente essa cidade é francesa, mas, no século XVI, ela era considerada alemã. A partir daí, a Árvore de Natal se consolidou como uma prática alemã, e se popularizou pela Europa quando a rainha Vitória e o príncipe Albert decidiram usá-la como parte da sua decoração natalina no século XIX.

Significado da Árvore de Natal

Na Antiguidade, as árvores poderiam indicar renovação da vida, prosperidade e fertilidade. Entretanto, quando o assunto é Árvore de Natal, não há muita garantia, uma vez que os historiadores sabem muito pouco sobre as origens desse símbolo. A Árvore de Natal é um símbolo secularizado que se popularizou em uma celebração cristã.

Apesar de não possuir um significado aparente, esse item é utilizado para que algumas referências ao nascimento de Cristo estejam presentes, como a Estrela de Belém, frequentemente colocada no topo da Árvore de Natal. De toda forma, os cristãos defendem que a Árvore de Natal representa a esperança em Jesus.

Quando montar a Árvore de Natal?

Segundo a tradição católica, o período para montagem da Árvore de Natal segue o calendário litúrgico da Igreja Católica. A tradição católica consolidou que a árvore deve ser montada no primeiro domingo do Advento, tempo que anuncia a chegada de Jesus Cristo. A desmontagem deve acontecer em 6 de janeiro, quando se encerra o período natalino.

O dia de iniciar a montagem da Árvore de Natal, isto é, o primeiro domingo de Advento, nos últimos anos e nos próximos anos, foi e será:

  • 2020: 29 de novembro;

  • 2021: 28 de novembro;

  • 2022: 3 de dezembro;

  • 2023: 3 de dezembro;

  • 2024: 1º de dezembro;

  • 2025: 30 de novembro;

  • 2026: 29 de novembro;

  • 2027: 28 de novembro;

  • 2023: 3 de dezembro.

Veja também: Guirlanda — outro elemento natalino que pode ser utilizado a partir do primeiro domingo do Advento

Curiosidades sobre a Árvore de Natal

  • Todos os anos, desde 1947, o governo norueguês envia ao Reino Unido uma Árvore de Natal em agradecimento ao auxílio britânico aos noruegueses durante a Segunda Guerra Mundial.

  • As bolas da Árvore de Natal foram criadas, em 1847, por um soprador de vidro em Lauscha, na Alemanha.

  • A primeira Árvore de Natal iluminada nos Estados Unidos foi inaugurada em Washington, em 1923.

  • Na Rússia, as árvores decoradas não são consideradas de Natal, e sim de Ano-Novo.

Fontes

DEUTSCHE WELLE. A história das bolas da árvore de Natal. Disponível em: https://www.dw.com/pt-br/as-hist%C3%B3ria-das-bolas-da-%C3%A1rvore-de-natal/video-41817820.

LANGER, Johnni. Jól. In.: LANGER, Johnni (org.). Dicionário de Mitologia Nódica: símbolos, mitos e ritos. São Paulo: Hedra, 2015.

MCKEEVER, Amy. Por que temos árvores de Natal? A surpreendente história por trás da tradição. Disponível em: https://www.nationalgeographicbrasil.com/cultura/2020/12/por-que-temos-arvores-de-natal-a-surpreendente-historia-por-tras-da-tradicao.

Escritor do artigo
Escrito por: Daniel Neves Silva Formado em História pela Universidade Estadual de Goiás (UEG) e especialista em História e Narrativas Audiovisuais pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Atua como professor de História desde 2010.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. "Origem da Árvore de Natal"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/natal/arvore-natal.htm. Acesso em 13 de julho de 2024.

De estudante para estudante


Artigos Relacionados


25 de Dezembro – Dia de Natal

Entenda por que o dia de Natal é celebrado em 25 de dezembro e como a tradição cristã assimilou elementos das culturas pagãs ao longo de sua história.
Datas Comemorativas - 2024

Dia de Reis

Clique aqui e saiba sobre uma tradicional celebração religiosa do Brasil: o Dia de Reis. Entenda o que se celebra nesse dia e conheça suas tradições.
Datas Comemorativas - 2024

História do Natal

Clique no link para acessar este texto do Brasil Escola a respeito da história do Natal, festa anualmente celebrada em 25 de dezembro em homenagem ao nascimento de Jesus. Conheça as origens históricas da festa e veja a sua associação com comemorações pagãs relacionadas ao solstício de inverno.
Origem e história do Natal

História do Papai Noel

Clique no link, acesse este texto e conheça mais sobre a história de uma das figuras que simbolizam o Natal: o Papai Noel. Esse personagem tem sua origem relacionada com São Nicolau, um santo católico, e com Odin, uma divindade da mitologia nórdica.
Origem e história do Natal

Missa do Galo

Clique para conferir algumas informações sobre uma tradicional missa realizada pela Igreja Católica à meia-noite durante a véspera de Natal: a Missa do Galo. Amplie seus conhecimentos a respeito das teorias que envolvem o nome dessa missa e a respeito de quando ela foi criada.
Origem e história do Natal

Origem dos presentes de Natal

Clique aqui e conheça as teorias sobre a origem dos presentes de Natal. Saiba qual o significado dessa prática e entenda como ocorre no Brasil e no mundo.
Origem e história do Natal

Origem e história do Natal

Clique e veja detalhes a respeito do Natal, importante celebração cristã que relembra o nascimento de Jesus Cristo. Conheça origens, símbolos e práticas dessa festa!
Origem e história do Natal

Por que comemoramos o Natal no dia 25 de dezembro?

Acesse e entenda por que celebramos o Natal no dia 25 de dezembro. Veja quando a prática surgiu e qual a motivação dessa escolha.
Origem e história do Natal

Presentes de Natal

A simbologia do presente de natal.
Origem e história do Natal

Presépio

Clique no link e veja mais detalhes sobre o presépio. Entenda o que é, suas origens, seu significado e as figuras que fazem parte de um presépio.
Origem e história do Natal