Topo
pesquisar

Primeira Cruzada e a Conquista de Jerusalém

História Geral

Resultando na conquista de Jerusalém e na reabertura do caminho de peregrinação ao Santo Sepulcro, a Primeira Cruzada foi uma das poucas que obtiveram sucesso.
Durante a Primeira Cruzada (1096-1099), os cavaleiros medievais conseguiram reconquistar Jerusalém
Durante a Primeira Cruzada (1096-1099), os cavaleiros medievais conseguiram reconquistar Jerusalém
PUBLICIDADE

O objetivo da Primeira Cruzada (1096-1099) era, de acordo com o interesse inicial da Igreja Católica, reconquistar a cidade de Jerusalém que estava nas mãos dos muçulmanos. A cidade palestina era local de peregrinação dos cristãos, que para lá se dirigiam com o intuito de visitar o local de sepultamento de Jesus Cristo. Com a conquista de Jerusalém pelos turcos seljúcidas e o avanço de seus exércitos, a Igreja de Roma, liderada à época pelo papa Urbano II, conclamou os fiéis cristãos europeus à tomada da cidade. Pretendia também diminuir os conflitos sociais no solo europeu causados pelo aumento populacional e a marginalização de grandes estratos da população.

A Primeira Cruzada oficial foi comandada por Godofredo de Bulhão, Raimundo de Toulose e Boemundo. Por ser comandada por estes membros da aristocracia europeia, a Primeira Cruzada também ficou conhecida como Cruzada dos Nobres. Os regimentos cruzados saíram de várias regiões europeias, em 1096, em sua maior parte por terra, com destino a Jerusalém.

Durante o trajeto, os cruzados passaram por Constantinopla, onde conseguiram apoio dos bizantinos para a luta contra os turcos. Conquistaram ainda as cidades de Niceia, que ficou sob controle bizantino, e Antioquia, chegando a Jerusalém no final de 1098.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Depois de sangrentas batalhas, os cristãos conseguiram conquistar a cidade sagrada no ano seguinte. Com essa retomada do local de peregrinação, os cristãos formaram o Reino Latino de Jerusalém, organizando-o com uma estrutura feudal, mantendo sobre domínio do reino as localidades da Armênia Menor, o Principado de Antioquia e o Condado de Trípoli.

Essa vitória possibilitou a reabertura da rota de peregrinação a Jerusalém, bem como a criação de ordens monásticas como a dos Hospitalares, cujo objetivo era prestar assistência médica aos peregrinos em local próximo ao Santo Sepulcro, e a ordem dos Templários, que objetivava proteger os fiéis em peregrinação.

A conquista de Jerusalém não durou muito, já que os turcos se reorganizaram para tomar os territórios conquistados. Entretanto, a consequência mais importante foi que as cruzadas abriram grandes perspectivas com a volta do contato com o mundo oriental. O resultado ao longo do século XII e XIII foi a reconquista das rotas marítimas e comerciais do Mar Mediterrâneo, impulsionando profundas transformações no mundo medieval.


Por Tales Pinto
Graduado em História

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PINTO, Tales dos Santos. "Primeira Cruzada e a Conquista de Jerusalém"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/historiag/primeira-cruzada-conquista-jerusalem.htm. Acesso em 20 de agosto de 2019.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

(UFC) “(...) Por volta do ano de 1010, começaram a circular rumores no Ocidente de que, sob a instigação dos judeus, os sarracenos tinham causado a destruição do Santo Sepulcro e decapitado o patriarca de Jerusalém (...) Então, na esteira da cruzada proclamada pelo Papa Urbano II no Concílio de Clermont em 1095, foi engendrada uma atmosfera de histeria religiosa...” (RICHARDS, Jeffrey. Sexo, desvio e danação: as minorias na Idade Média. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1993. p. 97)

A partir do texto e considerando os objetivos das Cruzadas, assinale a alternativa que corresponde à relação entre a Igreja Católica e os judeus na Idade Média:

a) Uma colaboração recíproca, pois os judeus eram considerados fiéis observadores da fé e dos ritos cristãos.

b) Uma ação conjunta em defesa da Terra Santa, uma vez que os judeus participaram como bravos combatentes nas Primeiras Cruzadas.

c) Uma aproximação entre judeus e cristãos em virtude da prática da usura, defendida arduamente pela Igreja medieval.

d) Uma grande hostilidade, pois a Igreja, no século XI, buscou cristianizar o mundo e muitas comunidades judaicas, sob a acusação de adoradores do Diabo, foram perseguidas e exterminadas.

e) Uma relação econômica, pois a Guerra Santa foi sistematicamente financiada por grupos judeus dispostos a contribuir com a expansão do cristianismo.

Questão 2

A Primeira Cruzada transcorreu entre os anos de 1095 e 1099. Uma das principais motivações para o conflito veio de uma confidência do imperador bizantino Aleixo I ao Papa Urbano II. Essa confidência expunha o problema:

a) da formação do Estado judaico no Oriente Médio.

b) da formação da aliança entre turcos e judeus contra os cristãos.

c) da formação de uma aliança entre turcos, mongóis e chineses contra Constantinopla.

d) da pressão que o exército persa oferecia contra os domínios cristãos na Ásia Menor.

e) da possível investida muçulmana contra Constantinopla.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola