Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Pretérito imperfecto de subjuntivo

Espanhol

O “pretérito imperfecto de subjuntivo” expressa ações hipotéticas ou incertas no passado, presente ou futuro em relação ao momento em que se fala.
O “presente de subjuntivo” tem diversos usos em espanhol.
O “presente de subjuntivo” tem diversos usos em espanhol.
PUBLICIDADE

O pretérito imperfecto de subjuntivo é um tempo verbal com diferentes funções em língua espanhola. Pode ser usado para expressar ações de realização hipotética ou incerta no passado, presente ou futuro em relação ao momento em que se fala, em frases de cortesia, exclamativas e em orações reduplicativas.

É também o único tempo verbal com duas desinências: -ra (hablara, comiera, viviera) e -se (hablase, comiese, viviese). A adoção de uma forma ou outra depende do país ou região. Segundo a Real Academia Española, existe uma preferência pela terminação -ra nas Américas, embora haja registros de -se na língua escrita. Por sua vez, o espanhol europeu alterna as duas formas livremente.

Para falantes de língua portuguesa, aprender esse tempo verbal pode gerar um pouco de confusão, dado que a terminação -ra lembra o pretérito mais que perfeito do indicativo em português (cantara). Como veremos mais adiante, esses dois tempos estão correlacionados, mas a tradução não é equivalente.

Leia também: Presente do subjuntivo em espanhol

Resumo do pretérito imperfecto de subjuntivo

  • O pretérito imperfecto de subjuntivo tem duas desinências: -ra (hablara) e -se (hablase).

  • Ele é usado para expressar ações de realização hipotética ou incerta no passado, presente ou futuro em relação ao momento em que se fala, em frases de cortesia e exclamativas e em orações reduplicativas.

  • Não deve ser confundido com o pretérito mais-que-perfeito do indicativo da língua portuguesa.

Verbos regulares e irregulares

Para formar o pretérito imperfecto de subjuntivo, podemos seguir uma regra simples: tomamos a 3a pessoa do plural do pretérito indefinido do modo indicativo (ellos) — tanto regular como irregular — e trocamos o final -ron pelas desinências do pretérito imperfecto de subjuntivo, que são iguais para todos os verbos. Isso quer dizer que todo verbo irregular no pretérito indefinido também o será no imperfecto de subjuntivo.

Conjugaremos, como exemplos de verbos regulares, amar, comer e subir:

PRONOMBRE

AMAR

COMER

SUBIR

yo

amara / amase

comiera / comiese

subiera / subiese

tú / vos

amaras / amases

comieras / comieses

subieras / subieses

él / ella / usted

amara / amase

comiera / comiese

subiera / subiese

nosotras/-os

amáramos / amásemos

comiéramos / comiésemos

subiéramos / subiésemos

vosotras/-os

amarais / amaseis

comierais / comieseis

subierais / subieseis

ellos / ellas / ustedes

amaran / amasen

comieran / comiesen

subieran / subiesen


¡OJO!

  • A 1a e a 3a pessoa do singular têm a mesma forma.

  • As terminações da 2a e 3a conjugações são iguais.

  • Os verbos na 1a pessoa do plural (nosotras/-os) são palavras proparoxítonas (esdrújulas) e são, portanto, acentuadas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Vejamos agora alguns exemplos de verbos irregulares. Comecemos com os verbos ser e ir, que têm a mesma forma. Na 3a pessoa do plural do pretérito indefinido, sua conjugação é fueron. Retiramos o -ron final e acrescentamos as desinências do imperfecto de subjuntivo:

PRONOMBRE

SER / IR

yo

fuera / fuese

tú / vos

fueras / fueses

él / ella / usted

fuera / fuese

nosotras/-os

fuéramos / fuésemos

vosotras/-os

fuerais / fueseis

ellos / ellas / ustedes

fueran / fuesen

  • Verbos com irregularidade própria

Aqui, apresentamos uma lista com as raízes dos verbos irregulares mais comuns em espanhol:

saber — sup

poder — pud

poner — pus

haber — hub

caber — cup

tener — tuv

estar — estuv

andar — anduv

decir — dij

traer — traj

querer — quis

venir — vin

hacer — hic

conducir — conduj

PRONOMBRE

ANDAR

TENER

DECIR

yo

anduviera / anduviese

tuviera / tuviese

dijera / dijese

tú / vos

anduvieras / anduvieses

tuvieras / tuvieses

dijeras / dijeses

él / ella / usted

anduviera / anduviese

tuviera / tuviese

dijera / dijese

nosotras/-os

anduviéramos / anduviésemos

tuviéramos / tuviésemos

dijéramos / dijésemos

vosotras/-os

anduvierais / anduvieseis

tuvierais / tuvieseis

dijerais / dijeseis

ellos / ellas / ustedes

anduvieran / anduviesen

tuvieran / tuviesen

dijeran / dijesen


¡OJO! Os verbos decir — e suas variantes (predecir) —, traer (trazer) e aqueles terminados em -ducir perdem a vogal -i- da desinência.

  • Verbos com mudança vocálica

Podem haver três tipos de mudança vocálica:

  • o > u: morir, dormir;

  • e > i: pedir, sentir, reír;

  • verbos com duas vogais seguidas — a segunda vogal é convertida em -y-: leer, huir (fugir), oír (ouvir), creer (crer, acreditar).

PRONOMBRE

DORMIR

SENTIR

LEER

yo

durmiera / durmiese

sintiera / sintiese

leyera / leyese

tú / vos

durmieras / durmieses

sintieras / sintieses

leyeras / leyeses

él / ella / usted

durmiera / durmiese

sintiera / sintiese

leyera / leyese

nosotras/-os

durmiéramos / durmiésemos

sintiéramos / sintiésemos

leyéramos / leyésemos

vosotras/-os

durmierais / durmieseis

sintierais / sintieseis

leyerais / leyeseis

ellos / ellas / ustedes

durmieran / durmiesen

sintieran / sintiesen

leyeran / leyesen

Usos do pretérito imperfecto de subjuntivo

a) Expressar ações de realização incerta ou hipotética passadas, presentes ou futuras em relação ao momento da fala:

Si me tocara la lotería, me compraría un yate.
(Se eu ganhasse na loteria, compraria um iate.)

Quisiera que hubiesen venido a visitarme.
(Queria que tivessem vindo me visitar.)

Me encantaría que fueras a mi fiesta de cumpleaños.
(Eu adoraria que você fosse à minha festa de aniversário.)

b) Frases de cortesia. Nessas frases, a tradução é feita com o pretérito imperfeito do indicativo ou com o futuro do pretérito em língua portuguesa:

Quisiera ver unos pantalones.
(Queria ver umas calças.)

Pudiera acompañarle a su casa.
(Eu poderia acompanhá-la/lo a sua casa.)

c) Frases exclamativas ou desiderativas — aquelas que expressam vontades ou desejos:

¡Ojalá pudiera llegar temprano a casa hoy¡
(Quem me dera chegar cedo em casa hoje!)

¡Vieras cómo canta bien mi hermana!
(Se você visse como minha irmã canta bem!)

d) Orações reduplicativas — aquelas que repetem o verbo com o intuito de ressaltar a ação expressa:

Fueras donde fueras, te acompañaríamos.
(Onde quer que você fosse, te acompanharíamos.)

Dijeran lo que dijeran, ella se iría de aquel país.
(Não importa o que dissessem / Dissessem o que dissessem, ela iria embora daquele país.)

Observações importantes

a) Não devemos confundir o pretérito imperfecto de subjuntivo (amara) com o pretérito mais-que-perfeito do indicativo da língua portuguesa (amara). Apesar de coincidirem na estrutura, os usos e traduções são completamente diferentes. Observe:

Si él me amara, estaría aquí conmigo. — espanhol
(Se ele me amasse, estaria aqui comigo.) — português

Ele a amara com todas as forças. — português
Él la había amado con todas sus fuerzas. — espanhol

b) A forma -ra procede do pluscuamperfecto do indicativo do latim: amavarem > amara. Por sua vez, a forma -se provém do pluscuamperfecto do subjuntivo do latim: amavissem > amase. Essas formas são equivalentes, exceto nos seguintes casos:

  • Quando os verbos terminados em -ra alternam com verbos no condicional:

Esta es una película que no quisiera / querría perderme.
(Este é um filme que eu não queria perder.)

Esta es una película que no quisiese* perderme.
(frase inexistente em espanhol)

  • Em frases de cortesia:

Quisiera / Querría hablar con ustedes.
(Queria falar com vocês.)

Quisiese* hablar con ustedes.
(frase inexistente em espanhol)

  • Em situações em que a forma -ra equivale ao pluscuamperfecto de indicativo.

Vamos a hablar sobre el mate, que fuera (había sido) la bebida tradicional de los guaraníes.
(Vamos falar sobre o mate, que foi / havia sido a bebida tradicional dos guaranis.)

Vamos a hablar sobre el mate, que fuese* la bebida tradicional de los guaraníes.
(frase inexistente em espanhol)

Leia também: Verbos defectivos em espanhol

Exercícios resolvidos sobre pretérito imperfecto de subjuntivo

Questão 1

Completa las frases con el pretérito imperfecto de subjuntivo de los verbos entre paréntesis.

a) Si __________ (tener, nosotros) tiempo, podríamos ir al cine el sábado.

b) Si __________ (poder, tú), ordenaríamos la oficina.

c) Ojalá _________ (ser) domingo, yo iría al centro comercial.

d) Alejandra no quería que Miguel la __________ (llamar, ella).

e) Buenas tardes, ___________ (querer, yo) probar el vestido del escaparate.

Resposta

a) tuviéramos / tuviésemos

b) pudieras / pudieses

c) fuera / fuese

d) llamara / llamase

e) quisiera. (Como se trata de uma fórmula de cortesia, não é possível a alternância com a forma quisiese.)

Questão 2

(Unievangélica 2018)

Muro onde se lê: “Ojalá se te escapara un ‘te extraño’”.

Disponível em: . Acesso em: 17 ago. 2017.

A frase do movimento argentino Acción Poética, pintada em um muro da cidade, evidencia

a) una duda

b) un ruego

c) un deseo

d) una protesta

Resposta

A interjeição ojalá é usada junto ao imperfecto de subjuntivo em frases desiderativas, ou seja, que expressam desejos ou vontades. Portanto, a resposta correta é a letra C.

 

Por Renata Martins Gornattes
Professora de Espanhol

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GORNATTES, Renata Martins. "Pretérito imperfecto de subjuntivo"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/espanhol/preterito-imperfecto-de-subjuntivo.htm. Acesso em 06 de dezembro de 2021.

Artigos Relacionados
Clique aqui e conheça os usos do condicional simple em espanhol. Pratique com exercícios contextualizados sobre o tema!
Conheça o presente do subjuntivo em espanhol para usá-lo corretamente e reconhecer suas funções. Resolva os exercícios propostos sobre esse tema.
Aprenda quais são os usos do pretérito indefinido em espanhol. Veja como esse tempo verbal se diferencia do “pretérito perfecto compuesto”.