close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

História do Cristo Redentor

O Cristo Redentor, inaugurado em 1931, é um dos cartões-postais do Rio de Janeiro e do Brasil.

O Cristo Redentor atrai milhares de visitantes todos os dias *
O Cristo Redentor atrai milhares de visitantes todos os dias *
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

A cidade do Rio de Janeiro tem inúmeros cartões-postais. Um dos mais icônicos é o Cristo Redentor, famoso por ser uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. Mas quando esse monumento foi criado? Por quem? Como ele foi feito? Veja todos os detalhes!

Tópicos deste artigo

A ideia

Tudo começou em 1859, quando o padre lazarista francês Pierre-Marie Boss, da Igreja do Colégio Imaculada Conceição, teve o sonho de construir um monumento religioso no alto do Monte Corcovado, que tem 710 metros de altura. O padre registrou essa ideia no livro “Imitação de Cristo”, de 1903.

A proposta do padre começou a materializar-se nos preparativos para o centenário da Independência do Brasil, celebrado em 1922. Um ano antes foi aberta uma disputa entre os projetos para o monumento. O vencedor foi Heitor da Silva Costa.

Nessa mesma época, mais de 22 mil mulheres fizeram um abaixo-assinado para pedir ao presidente do Brasil da época, Epitácio Pessoa, autorização para a construção do monumento.

A ideia era a de que o Cristo fosse construído apenas com doações dos brasileiros. Com essa finalidade, em 1923, a Arquidiocese do Rio de Janeiro lançou a semana do Monumento, na qual foram arrecadados mil contos de réis. Anos depois, foram feitas novas arrecadações. No total, a construção custou 2.500 contos de reis, o que equivale a R$ 9,5 milhões1.

O monumento

Os criadores do Cristo Redentor são o desenhista Heitor da Silva Costa, o pintor Carlos Oswald e o escultor Maximiliam Paul Landowsky, que esculpiu a cabeça e as mãos do monumento.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O Cristo Redentor encontra-se de braços abertos, formando uma cruz, e tem 38 metros de altura, o que equivale a um edifício de 13 andares. Desse total, 30 metros são do monumento e oito do pedestal. Cada braço tem área de 88 metros quadrados e o pé mede 1,35 metro. Somente a cabeça pesa 30 toneladas.

O monumento foi construído no Brasil, exceto a cabeça e as mãos, que foram moldadas em Paris, na França. O corpo de Cristo foi feito de pedra-sabão, que foi cortada em milhares de triângulos. Eles foram colados à mão sobre um tecido e, depois, aplicados na estátua por pastilheiros.

A única parte projetada para o interior da construção é o coração do Cristo Redentor, que mede 1,30 metro. O interior é composto por 12 platôs, ligados por escadarias, formando andares que se abrem nos braços e na cabeça. O monumento está preparado para resistir a ventos de até 250 km/h.


Coração do Cristo Redentor mede 1,30 metro**

O Cristo Redentor foi inaugurado no dia 12 de outubro de 1931 e contou com a presença de peregrinos do mundo todo.

Fique ligado!

Para chegar até o monumento, é necessário paciência e disposição, pois o passeio pode demorar algumas horas, em especial se for no fim de semana ou nos feriados. Pode-se ir de trem, de van ou a pé. O horário de funcionamento é das 8h às 19h. É cobrada taxa de entrada.

1Dados relativos a 2016.

*Crédito da Imagem: lazyllama / Shutterstock.com
**Crédito da Imagem: Tero Hakala / Shutterstock.com


Por Silvia Tancredi
Equipe Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

TANCREDI, Silvia. "História do Cristo Redentor"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/historia-cristo-redentor.htm. Acesso em 18 de maio de 2022.

Tire suas dúvidas


Estude agora


Mistura de soluções de solutos diferentes que reagem entre si

Os casos mais comuns de mistura de soluções de solutos diferentes que reagem entre si ocorrem quando juntamos...

Revolução Verde

Assista à nossa aula e descubra o que foi a Revolução Verde. Compreenda suas características, suas causas e...