Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Epiderme vegetal

Biologia

A epiderme vegetal possui células justapostas que garantem proteção contra perda de água e micro-organismos.
Observe a epiderme da cebola (Allium sp.) e seus estômatos
Observe a epiderme da cebola (Allium sp.) e seus estômatos
PUBLICIDADE

As plantas, assim como os animais, possuem um tecido denominado epiderme que envolve o seu corpo. A epiderme vegetal, que é a camada de células mais externa do corpo primário da planta, recobre flores, frutos, sementes, folhas, caules e raízes e permanece até ser substituída pela periderme em plantas que possuem crescimento secundário.

As células da epiderme vegetal, que se originam a partir da protoderme, geralmente não possuem clorofila e são vivas, achatadas, com grandes vacúolos e bastante justapostas, ou seja, bastante próximas uma das outras. A epiderme, em grande parte dos casos, é formada por apenas uma camada de células, mas existem algumas espécies que possuem mais de uma camada desse tecido. Nesses casos, dizemos que se trata de uma epiderme pluriestratificada.

A epiderme é um tecido complexo, apresentando, portanto, vários tipos celulares diferentes, como os estômatos e tricomas. Os estômatos são estruturas formadas por duas células-guardas que delimitam uma abertura denominada ostíolo. Além disso, podem estar presentes células associadas às célula-guarda que recebem o nome de células subsidiárias. Essas estruturas relacionam-se com trocas gasosas e, portanto, estão diretamente ligadas ao processo de fotossíntese.

Além dos estômatos, é comum encontramos na epiderme a presença de tricomas. Essas estruturas variam muito de planta para planta, podendo ser usadas até mesmo como uma característica taxonômica. Os tricomas podem ser compostos por uma ou mais células e são responsáveis pela produção (tricomas glandulares) ou não (tricomas tectores) de substâncias.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Os tricomas glandulares produzem substâncias variadas que atuam inibindo a ação de herbívoros ou ajudam a capturar as presas, como é o caso das plantas carnívoras. Os tricomas tectores, por sua vez, apesar de não produzirem substâncias, também atuam contra a herbivoria, além de ajudarem contra a perda excessiva de água. Existe ainda um tipo especial de tricoma, os pelos radiculares ou tricomas radiculares, que atua na absorção de água e nutrientes pela raiz.

O tricoma acima é um tipo tector, pois não secreta substâncias
O tricoma acima é um tipo tector, pois não secreta substâncias

É frequente a presença de cutina, uma substância lipídica, nas paredes das células epidérmicas. A principal função dessa substância, que forma a cutícula, é atuar como uma camada protetora contra a perda excessiva de água, além de proteger contra o excesso de radiação solar. Acima da cutícula, é possível encontrar também uma camada de cera. A cutina com a cera fornece proteção contra fungos, bactérias e alguns insetos.

A epiderme possui como função principal o revestimento, impedindo a ação de agentes patogênicos, diminuindo a injúria por choques mecânicos e evitando a perda de água. Além disso, relaciona-se também com as trocas gasosas, em razão da presença de estômatos, proteção contra herbivoria e perda de água em decorrência da presença de tricomas.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Epiderme vegetal"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/epiderme-vegetal.htm. Acesso em 18 de setembro de 2021.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

A epiderme vegetal envolve o corpo da planta e possui variadas funções, que vão desde a proteção até o controle da perda de água. Analise as alternativas a seguir e marque aquela que possui o nome de uma estrutura presente na epiderme que é responsável por proteger contra herbivoria e contra a perda de água.

a) Estômato.

b) Células subsidiárias.

c) Tricomas.

d) Hidatódios.

e) Emergências.

Questão 2

A epiderme vegetal é um tecido formado por vários tipos celulares diferentes, sendo considerada, portanto, um tecido complexo. Uma das estruturas encontradas na epiderme são os estômatos, que estão relacionados com as trocas gasosas da planta. Um estômato é formado por duas _____________, que delimitam uma abertura que recebe o nome de __________.

Marque a alternativa que completa os espaços acima:

a) células-guardas e poro aquífero.

b) células subsidiárias e poro aquífero.

c) células-tronco e ostíolo.

d) células-guardas e ostíolo

e) células subsidiárias e ostíolo.

Mais Questões
Artigos Relacionados
Amplie seus conhecimentos sobre o colênquima, um tecido vegetal relacionado com a sustentação do vegetal.
Entenda a diferença entre periderme, casca e ritidoma, importantes termos usados na botânica relacionados ao revestimento do vegetal. Conheça as principais características dessas partes constituídas por diferentes tecidos. Saiba ainda diferenciar súber, felogênio e feloderme, casca externa e casca interna.
Entenda as características do esclerênquima, um tecido importante para a sustentação da planta.
Entenda a estrutura dos estômatos e compreenda a sua classificação.
O parênquima é um tecido vegetal de grande importância para a planta. Compreenda aqui as suas características!
Aprenda mais sobre a periderme, um tecido vegetal que surge em plantas com crescimento secundário. Conheça as características das partes desse tecido: súber ou felema, câmbio da casca ou felogênio e feloderme. Entenda ainda como a periderme é formada e o que são as lenticelas. Clique e saiba mais sobre esse tema!
Entenda o que são os tricomas e aprenda a diferença entre tricomas glandulares, tectores e mistos.