Topo
pesquisar

Dicas para manter a saúde ocular infantil

Saúde na escola

PUBLICIDADE

Muitas pessoas acreditam que os problemas oculares ocorrem apenas em pessoas com idade avançada.

Entretanto, muitos deles surgem ainda na infância e muitas vezes esses problemas são agravados em consequência de hábitos inadequados e da falta de realização de exames de rotina, os quais permitem um diagnóstico precoce do problema.

Diante desse quadro, separamos algumas dicas importantes para manter a saúde ocular infantil.

Dicas para manter a saúde ocular infantil

  • Realizar exames de rotina

Exames de rotina são importantes em todas as fases da vida de uma pessoa. Logo após o nascimento, é necessário realizar o famoso “teste do olhinho”, que visa identificar obstruções no eixo visual, como a catarata. Esse exame é completamente indolor e pode ser fundamental para o tratamento precoce de enfermidades.

Nas maternidades públicas, o exame é realizado até a alta do bebê. É importante destacar que esse exame não será o único na vida da criança, ela ainda passará por avaliações regulares durante sua infância, sendo a periodicidade das avaliações estabelecida pelo médico.

Exames de rotina são importantes para diagnosticar precocemente problemas oculares.
Exames de rotina são importantes para diagnosticar precocemente problemas oculares.
  • Ficar atento a alterações nos olhos

Alguns problemas oculares podem ser percebidos a partir de alguns sinais e sintomas típicos. Portanto, caso sejam observadas alterações, como produção de secreção, lacrimejamento constante, vermelhidão, irritação, manchas nos olhos e reclamação de visão embaçada ou redução do campo de visão, por parte da criança, um oftalmologista deve ser procurado.

Leia também: Dor nos olhos: quais são as possíveis causas?

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Ter cuidado com o Sol

A radiação ultravioleta do Sol pode causar efeitos nocivos aos olhos das crianças e também dos adultos. Sendo assim, recomenda-se o uso de óculos solares para garantir a saúde dos olhos. Vale destacar a importância de conhecer a procedência dos óculos adquiridos, pois muitos não oferecem a proteção necessária contra os raios UV.

Leia também: Importância dos protetores solares: proteja-se dos danos causados pelos raios UV

  • Controlar a exposição excessiva da criança ao computador, televisão e smartphone

A luz emitida por computadores, smartphones, televisões e tablets pode causar danos aos olhos, sendo assim, a exposição prolongada pode ser prejudicial. A princípio, esse contato prolongado pode causar irritação, fadiga visual e ressecamento dos olhos. O recomendado é que se faça pausas constantes ao fazer uso desses equipamentos e regular a luz de acordo com a luminosidade local.

  • Ter cuidado com os produtos que são utilizados próximos aos olhos

As maquiagens são itens que merecem destaque. Muitas crianças desenvolvem alergias ao utilizarem esses cosméticos, mesmo aqueles que são descritos como indicados para essa faixa etária. Caso se observe que a criança tenha ficado com os olhos vermelhos ou irritados, a primeira recomendação é lavar bem o rosto e retirar toda a maquiagem. Em seguida, é fundamental procurar o pediatra.

Além de exames de rotina, é fundamental procurar um oftalmologista sempre que ocorrerem alterações nos olhos e na capacidade de visão da criança.
Além de exames de rotina, é fundamental procurar um oftalmologista sempre que ocorrerem alterações nos olhos e na capacidade de visão da criança.
  • Evitar coçar os olhos

É importante ensinar à criança que se deve evitar coçar os olhos. Esse ato pode causar lesões e provocar irritações. Além disso, se o ato de coçar for feito com a mão suja, pode contaminar a área e causar doenças, como a conjuntivite. No clima seco, é comum sentir irritações nos olhos e aquela coceira típica, nesse caso, é recomendado o uso de colírios lubrificantes, os quais deverão ser recomendados pelo médico.

Leia também: 5 hábitos de higiene que toda criança deve ter

  • Ter cuidado com a limpeza do ambiente

Poeira, mofo e ácaros podem ser responsáveis por causar irritações nos olhos. Por isso, é sempre importante manter o ambiente limpo, limpar bem bichos de pelúcias, carpetes e cortinas, além de deixar o local arejado. Irritação, coceira e lacrimejamento podem indicar alergia por algum dos fatores citados.

 

Por Vanessa Sardinha dos Santos
Professora de Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Dicas para manter a saúde ocular infantil"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/dicas-para-manter-a-saude-ocular-infantil.htm. Acesso em 04 de abril de 2020.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola