Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Cálculo da entalpia de uma reação

Química

O cálculo da entalpia de uma reação envolve a diferença entre a entalpia dos produtos e a entalpia dos reagentes.
O carbono grafita é um material que apresenta entalpia igual a 0
O carbono grafita é um material que apresenta entalpia igual a 0
PUBLICIDADE

Realizar o cálculo da entalpia de uma reação significa determinar a variação de energia que houve desde a mistura dos reagentes até a formação dos produtos. Na equação a seguir, temos a representação de reagentes e produtos

A + B → C + D

  • A + B = Reagentes

  • C + D = Produtos

Cada participante de uma reação apresenta uma entalpia (H), ou seja, cada participante apresenta certa quantidade de energia. Durante a ocorrência da reação, as ligações entre os reagentes são quebradas e as ligações entre os átomos dos produtos são formadas. Dessa forma, durante a reação química, estabelece-se uma variação de energia.

Para determinar o cálculo da entalpia de uma reação, é necessário primeiramente conhecer as entalpias individuais de cada um dos participantes. Normalmente os exercícios sempre fornecem os valores das entalpias de reagentes e produtos. Por exemplo:

ZnS + O2 → ZnO + SO2

  • HZnS = - 49,23 Kcal/mol

  • HO2 = 0 Kcal/mol

  • HZnO = - 83,24 Kcal/mol

  • HSO2 = - 70,994 Kcal/mol

Se tivéssemos uma substância simples, o valor da entalpia seria igual a zero. No entanto, vale ressaltar que, se na reação a substância simples for um alótropo, devemos ter o cuidado de saber se lidamos com o alótropo mais estável do elemento químico que forma essa substância. O alótropo mais estável sempre apresenta entalpia igual a zero, por isso o exercício não realizará essa indicação. Veja uma tabela com os elementos que formam alótropos e aqueles que são mais estáveis:

OBS.: A forma alotrópica mais estável do elemento indica a substância encontrada em maior quantidade na natureza.

O cálculo da entalpia da reação é chamado, de forma geral, de variação da entalpia e sempre é representado pela sigla H. Como se trata de uma variação, o cálculo da entalpia da reação envolve a subtração entre a entalpia dos produtos pela entalpia dos reagentes:

H = HP - HR

A realização do cálculo da variação da entalpia permite identificarmos se a reação é endotérmica ou exotérmica. Se o resultado for negativo, a reação será exotérmica; já se o resultado for positivo, a reação será endotérmica.

H = - (Exotérmico)
H = + (Endotérmico)

Ao realizar o cálculo da variação da entalpia de uma reação, é muito importante que estejamos muito atentos ao balanceamento, já que os valores das entalpias fornecidos pelo exercício sempre são expressados em mol. Assim, se o participante da reação apresentar mais de um mol, devemos multiplicar o valor da sua entalpia pela sua quantidade expressa no balanceamento. Veja um exemplo:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

2 ZnS + 3 O2 → 2 ZnO + 2 SO2

Observamos que os coeficientes que fazem o balanceamento da equação são 2, 3, 2 e 2. Assim, os valores das entalpias de cada um dos participantes serão:

  • HZnS = - 49,23 . 2 = - 98,46 Kcal/mol

  • HO2 = 0 . 3 = 0 Kcal/mol

  • HZnO = - 83,24 . 2 = - 166,48 Kcal/mol

  • HSO2 = - 70,994 . 2 = - 141,988 Kcal/mol

A partir desses dados, podemos realizar o cálculo da variação da entalpia da reação. Vale relembrar que os valores dos produtos devem ser somados entre si, assim como os dos reagentes:

H = HP - HR

∆H = [(-166,48) + (-141,998)] - [(-98,46) + 0]
∆H = (- 308,468) – (-98,46)
∆H = -308,468 + 98,46
∆H = - 210,008 Kcal/mol

OBS.: Como o resultado foi negativo, essa reação é exotérmica.

Agora acompanhe a resolução de um exercício de vestibular sobre o cálculo da entalpia de uma reação:

(UFMS) O valor do H para a equação balanceada abaixo é de: Dados: HAg2S = - 32,6 KJ/mol, HH2O = - 285,8 KJ/mol, HH2S = - 20,6 KJ/mol,

2 Ag2S + 2 H2O → 4 Ag + 2 H2S + O2

a) 485,6 KJ
b) 495,6 KJ
c) 585,6 KJ
d) 595,6 KJ
e) 600 KJ

Os dados fornecidos pelo exercícios são:

OBS.: Como temos o O2 na equação, que é o alótropo mais estável do oxigênio, sua entalpia vale 0 KJ. Como o Ag é uma substância simples, sua entalpia vale 0 KJ.

HAg2S = - 32,6 KJ/mol
HH2O = - 285,8 KJ/mol
HH2S = - 20,6 KJ/mol

Levando em consideração o balanceamento, devemos multiplicar o coeficiente pela entalpia de cada um dos participantes:

HAg2S = - 32,6 . 2 = - 65,2 KJ
HH2O = - 285,8 . 2 = - 571,6 KJ
HH2S = - 20,6. 2 = - 41,2 KJ
HO2 = 0. 1 = 0 KJ
HAg = 0. 4 = 0 KJ

Por fim, basta utilizar os dados na fórmula da variação da entalpia:

∆H = HP - HR
∆H = [(0) + (-41,2) + 0] - [(-65,2) + (-571,6)]
∆H = (- 41,2) – (-636,8)
∆H = -41,2 + 636,8
∆H = 595,6 Kcal/mol

Como o resultado da variação foi positivo, a reação é endotérmica.


Por Me. Diogo Lopes Dias

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "Cálculo da entalpia de uma reação"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/calculo-entalpia-uma-reacao.htm. Acesso em 02 de agosto de 2021.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

(IF-GO) O trifluormetano, CHF3, é produzido pela fluoração do gás metano, de acordo com a equação abaixo não balanceada.

1CH4(g) + 1F2(g) → 1CHF3(g) + 1HF(g)

Dados:

A entalpia-padrão da reação de fluoração do gás metano, em kJ.mol–1, é igual a:

a) + 1.633

b) + 2.175

c) – 1.633

d) – 2.175

e) – 2.325

Questão 2

(UEA-AM) Octano, C8H18, um dos componentes da gasolina, pode ser obtido sinteticamente a partir dos gases butano, C4H10, e but-1-eno, C4H8, por meio de um processo catalítico conhecido como alquilação. Essa síntese pode ser representada pela equação:

C4H10(g) + C4H8(g) → C8H18(l)

Sabendo que as entalpias-padrão de formação do butano, do but-1-eno e do octano são, respectiva e aproximadamente, em kJ/mol, iguais a –2 880, zero e –5 470, é correto afirmar que a síntese de 1 mol de octano por essa reação:

a) absorve 2 590 kJ.

b) absorve 5 470 kJ.

c) libera 2 590 kJ.

d) libera 5 470 kJ.

e) libera 8 350 kJ.

Mais Questões
Artigos Relacionados
O que é alotropia, substâncias simples, gás oxigênio, ozônio, formas alotrópicas, elemento químico oxigênio, raios ultravioleta do sol, diamante, grafite, atomicidade, fósforo branco.
Conheça mais sobre a entalpia. Aprenda qual é a sua definição e história. Veja seus diferentes tipos. Resolva exercícios sobre esse tema.
Clique e aprenda a diferenciar um processo endotérmico de um processo exotérmico por meio de exemplos práticos do cotidiano.
Termoquímica, Entalpia, calor liberado, reação exotérmica, reação de combustão, ambiente externo, reação endotérmica, reação química, troca de energia, reagentes, emissão de luz, absorção de luz, calor, eletricidade, componentes, estado físico, produtos.