Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que são plasmídeos?

O que é Biologia?

Ao compreender o que são plasmídeos é mais fácil entender o funcionamento de uma bactéria e sua capacidade de adaptação.
PUBLICIDADE

Os plasmídeos podem ser definidos como pequenas moléculas de DNA circular que são encontradas em bactérias e também em leveduras. Neste texto enfocaremos os plasmídeos presentes em bactérias.

Leia também: Bactérias
 

Características dos plasmídeos bacterianos

Como dito, os plasmídeos são moléculas de DNA circular extracromossomial. Eles possuem a capacidade de se replicar de maneira independente e apresentam, geralmente, poucos genes. Vale salientar que em uma célula podem ser encontradas várias cópias de plasmídeos e que eles são frequentemente transferidos de uma célula para outra.
 

Função dos plasmídeos bacterianos

Geralmente os plasmídeos possuem informação genética que não é extremamente essencial para a sobrevivência da bactéria, mas estão relacionados, normalmente, com alguma função adaptativa para situações especiais. Como exemplo, podemos citar aqueles plasmídeos que garantem resistência a antibióticos e aqueles que aumentam a probabilidade de uma célula bacterina causar alguma doença.

O plasmídeo é um DNA circular extracromossomial
O plasmídeo é um DNA circular extracromossomial


Classificação dos plasmídeos

Os plasmídeos podem ser classificados de diferentes formas, sendo possível identificar, por exemplo, dois grupos básicos:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Conjugativos: Esses plasmídeos garantem o início da conjugação, um processo em que há a troca de material genético entre bactérias.

  • Não conjugativos: Esses plasmídeos não permitem o início da conjugação.

O processo de conjugação garante a transferência de genes de uma bactéria doadora para uma receptora
O processo de conjugação garante a transferência de genes de uma bactéria doadora para uma receptora

Os plasmídeos podem ainda ser classificados de acordo com a função que exercem na célula em cinco grupos:

  • Plasmídeos de fertilidade (F): Promovem o início da conjugação;

  • Plasmídeos de resistência (R): Garantem a resistência a antibióticos e outras substâncias que podem causar dano à bactéria;

  • Plasmídeos de virulência: Tornam as bactérias capazes de provocar doenças;

  • Plasmídeos Col: Garantem a produção de colicinas, que podem ser letais para outras bactérias;

  • Plasmídeos de degradação: Garantem à célula a capacidade de produzir enzimas degradativas.


Por Ma. Vanessa dos Santos

As bactérias apresentam moléculas circulares de DNA denominadas plasmídeos
As bactérias apresentam moléculas circulares de DNA denominadas plasmídeos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha Dos. "O que são plasmídeos?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-sao-plasmideos.htm. Acesso em 20 de novembro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola