Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é plastídio?

O que é Biologia?

Ao compreender o que é plastídio, torna-se mais fácil entender a relação dessa organela com o processo de fotossíntese e atração de polinizadores.
PUBLICIDADE

Os plastídios, também chamados de plastos, são organelas típicas da célula vegetal. Apesar de formarem diferentes grupos, em geral, os plastídios têm a presença de uma dupla membrana, um sistema interno de membranas, além de material genético e ribossomos próprios. Entre suas funções, podemos citar a realização da fotossíntese, armazenamento de substâncias e síntese de aminoácidos e ácidos graxos.

→ Estrutura dos plastídios

Os plastídios são organelas que apresentam formas e tamanhos variados. Como dito anteriormente, são envoltos por duas membranas, que são lipoproteicas, e em seu interior encontra-se o estroma, local onde são encontradas membranas que formam os tilacoides, estruturas em forma de sacos achatados. É também no estroma que se encontram o material genético (DNA e RNA) e os ribossomos, além de enzimas necessárias para a realização de alguns processos.

Em alguns plastídios, existem pigmentos ou algumas substâncias acumuladas. A presença ou ausência de pigmentos e de substâncias permite classificar essa organela em diferentes grupos.

→ Classificação dos plastídios

Podemos classificar os plastídios em três grandes grupos, utilizando como critério a presença de pigmentos.

⇒ Cloroplastos: Os cloroplastos são os plastídios mais conhecidos. Eles apresentam grande quantidade de clorofila na membrana dos tilacoides (pigmento verde), atuam na fotossíntese e são encontrados principalmente nas folhas. No parênquima foliar, por exemplo, as células podem apresentar de 20 a 60 cloroplastos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

⇒ O cloroplasto das angiospermas apresenta formato discoide, dupla membrana envolvendo-o e tilacoides organizados em pilhas. As pilhas de tilacoides recebem denominação de grano ou grana, e seu conjunto é denominado, respectivamente, de granos ou granum. Os tilacoides que formam as pilhas são chamados de tilacoides dos grânulos, e aqueles que interligam as pilhas são chamados de tilacoides do estroma.

⇒ Cromoplastos: Os cromoplastos são plastídios que se destacam pela presença de pigmentos carotenoides, responsáveis por cores do amarelo ao vermelho. Essa organela não apresenta relação com a fotossíntese e está mais relacionada com a atração de polinizadores e dispersores. Ela pode originar-se de cloroplastos, quando ocorre a redução de clorofila e tilacoides.

⇒ Leucoplastos: São plastídios em que há ausência de pigmentos. Nessas organelas, observamos o acúmulo de algumas substâncias como amido e proteínas. Os plastídios que acumulam amido são chamados de amiloplastos, e aqueles que armazenam proteína são chamados de proteinoplastos.

→ Os proplastídios

Os proplastídios são organelas pequenas que não apresentam cor e possuem tilacoides pouco desenvolvidos. Eles são os precursores de todos os plastídios, portanto, são responsáveis pela formação de cloroplastos, cromoplastos e leucoplastos.

 

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

O cloroplasto é um tipo de plastídio relacionado com a realização da fotossíntese
O cloroplasto é um tipo de plastídio relacionado com a realização da fotossíntese

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

LESME, Adriano. "O que é plastídio? "; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-plastidio.htm. Acesso em 19 de setembro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola