Topo
pesquisar
Texto-A+A

O que é dominância e recessividade?

O que é Biologia?

Compreender o que é dominância e recessividade ajuda-nos a entender melhor como algumas características expressam-se em um organismo.
PUBLICIDADE

Sabemos que os alelos são genes que ocupam o mesmo lugar (locus) em cromossomos homólogos. Eles podem ser definidos também como a forma alternativa de um gene, uma vez que determinam a mesma característica, entretanto, não da mesma forma. Esses alelos podem ser tanto dominantes quanto recessivos e assumir relações de dominância ou recessividade nas células somáticas, nas quais os alelos apresentam-se aos pares.

Alelo dominante

Os alelos dominantes são aqueles que conseguem determinar um fenótipo mesmo quando aparecem em dose simples. Isso significa que, quando analisamos um par de alelos para uma característica, se apenas um deles é um alelo dominante, tal característica é expressa.

Imagine, por exemplo, um alelo B que determina a cor preta na pelagem de ratos, e b que determina a pelagem branca. B é um alelo dominante e, portanto, indivíduos BB e Bb apresentarão pelagem preta.

Alelo recessivo

Os alelos recessivos, diferentemente dos dominantes, necessitam estar aos pares para a característica expressar-se. Isso significa que em indivíduos heterozigotos o alelo recessivo não determinará o fenótipo.

Imagine o mesmo exemplo anterior em que um alelo B determina a cor preta na pelagem de ratos, e b determina a pelagem branca. Indivíduos brancos serão apenas aqueles que apresentarem genótipo bb.

Um exemplo de relação de dominância e recessividade

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Em seus estudos, Mendel trabalhou com características de ervilhas, como a cor das sementes. Ele observou que, cruzando plantas puras para sementes verdes com plantas puras para a semente amarela, obtinha-se uma geração com plantas 100% amarelas. Cruzando indivíduos dessa geração, conseguiam-se 75% das plantas amarelas e 25% das plantas com sementes verdes. Ele considerou, então, que a cor amarela era dominante e a verde, recessiva.

Nessa situação, temos um cruzamento entre VV (Amarela) x vv (Verde). Nesse caso, todos os descendentes serão Vv (Amarela). Cruzando indivíduos Vv x Vv, o resultado do cruzamento será: VV, Vv, Vv, vv, ou seja, 75% das sementes serão amarelas e 25%, verdes. Observe que, nesse exemplo, verificamos que o alelo V para sementes amarelas é dominante, pois indivíduos VV e Vv são amarelos. Já o alelo v é recessivo, pois apenas plantas vv são verdes.

ATENÇÃO: Nem todos os alelos apresentam relação de dominância e recessividade. Um exemplo é o sistema ABO, em que se observam alelos IA, IB e i, dos quais os alelos IA e IB apresentam uma relação de codominância. Nesse caso, indivíduos IA IB apresentam sangue AB, pois os dois alelos expressam-se. Existe ainda a dominância incompleta em que o indivíduo em heterozigose apresenta um fenótipo intermediário diferente dos homozigotos.

 

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Os alelos são genes que ocupam o mesmo locus em cromossomos homólogos e podem ser dominantes ou recessivos
Os alelos são genes que ocupam o mesmo locus em cromossomos homólogos e podem ser dominantes ou recessivos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha Dos. "O que é dominância e recessividade?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/o-que-e/biologia/o-que-e-dominancia-recessividade.htm. Acesso em 17 de novembro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola