Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Memorial às Vítimas do Holocausto é inaugurado no Rio de Janeiro. Saiba o que foi o genocídio e sua história

Saiba o que foi o Holocausto e conheça o Memorial às Vítimas do Holocausto, inaugurado nesta quinta-feira (19) no Rio de Janeiro

Em 19/01/2023 17h35 , atualizado em 19/01/2023 17h40
Monumento do Memorial às Vítimas do Holocausto
Monumento do Memorial às Vítimas do Holocausto, Rio de Janeiro. [1] Crédito da Imagem: Fernando Frazão / Agência Brasil

PUBLICIDADE

O Memorial às Vítimas do Holocausto foi aberto ao público nesta quinta-feira (19) na cidade do Rio de Janeiro.

Os visitantes têm acesso a um diverso acervo de áudios, imagens, sons a partir de experiências imersivas. Relatos das vítimas do genocídio nazista e memórias sobre suas vidas são evidenciados na exposição. 

O Holocausto vitimou milhões de pessoas, entre elas judeus, ciganos, negros, pessoas com deficiência e a comunidade LGBTQIA+.

O espaço fica localizado no Parque Yitzhak Rabin, no Mirante do Pasmado, no Botafogo. 

Saiba mais: o que foi o Nazismo, suas ideias, contexto e consequências

O que foi o Holocausto?

O Holocausto foi um genocídio cometido por nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Esse processo de violência resultou na morte de, aproximadamente, seis milhões de pessoas.

As vítimas pertenciam a grupos como judeus, ciganos, homossexuais e pessoas com deficiência. Essas pessoas foram vitimadas a partir de uma construção de ódio de uma nação contra grupos específicos.

Conheça mais sobre o Holocausto no vídeo abaixo: 

O Memorial às Vítimas do Holocausto

A idealização da construção do Memorial às Vítimas do Holocausto no Rio de Janeiro ocorreu há mais de 30 anos. O responsável foi o ex-vereador e ex-deputado estadual Gerson Bergher.

A iniciativa é responsabilidade da Associação Cultural Memorial do Holocausto. O Consulado da Alemanha é parceiro do projeto. 

A área externa do memorial foi inaugurada no ano de 2020. Nela contém um monumento com quase 20 metros de altura. A estrutura se divide em dez partes, o que representa os dez mandamentos. Em sua base está escrito "Não matarás". 

A visita no espaço interno é dividida em três módulos, de acordo com o período de tempo. 

1º módulo: os visitantes poderão conhecer a vida das famílias antes do nazismo. Ferramentas de inteligência artificial são utilizadas na exposição e permitem o resgate em cores de imagens da época. 

2º módulo: na medida em que os visitantes se aproximam do espaço do segundo módulo, as imagens são tomadas de tons de cinza, sem cores. A luta das pessoas pela sobrevivência é uma temática evidente.

3º módulo: por último, a exposição evidencia a reconstrução da vida após as violências do holocausto. 

Saiba mais: quem foi Adolf Hitler, o líder do nazismo na Alemanha

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Funcionamento do Memorial às Vítimas do Holocausto

As visitas ao Memorial às Vítimas do Holocausto podem ser feitas de quinta-feira a domingo, entre 10h e 18h.

O acesso ao espaço é gratuito. É necessário reservar o ingresso na plataforma Sympla para garantir a entrada. 

É possível a realização de excurssões escolares ao memorial por meio do programa educativo existente no memorial. 

A exposição é permanente. 

 

Crédito da imagem

[1] Fernando Frazão | Agência Brasil 

 

Por Lucas Afonso
Jornalista

PUBLICIDADE