Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Encceja 2017 vai usar questões de exames anteriores por falta de verba

Provas mesclarão conteúdos inéditos com perguntas usadas anteriormente.

Em 21/09/2017 16h46 , atualizado em 28/09/2017 16h46
Crédito da Imagem: inep

PUBLICIDADE

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2017 terá questões de edições passadas por causa dos altos custos para a elaboração de um novo banco de itens. Para este ano, a verba é de R$ 91.911.110,57 para a realização de todas as modalidades. 

Entenda o Encceja

Saiba o que estudar para passar no Encceja

Só Encceja Nacional, principal modalidade do exame, será aplicado para mais de 1,5 milhões de pessoas que pretendem obter a certificação do ensino fundamental ou médio. Há ainda a realização das provas para Privados de Liberdade no Brasil e no exterior, além dos estudantes brasileiros que estão morando em outros países. 

Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), as quatro aplicações do Encceja (por conta das diferentes modalidades), totalizam oito tipo de provas, sendo que cada uma traz 120 questões, sendo necessária a existência de 960 perguntas para que o exame seja aplicado sem comprometer a sua integridade. O órgão afirma que os temas permanecem atuais e explica que é feito um cruzamento de dados para que não haja repetição no conteúdo.

Por conta da alta de demanda e dos valores que são gastos para a realização do Encceja, o Inep opta por mesclar questões inéditas com perguntas aplicadas em edições passadas. Por esse motivo, as provas não são disponibilizadas aos estudantes como é feito no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Com isso, os participantes não têm ideia do que vão encontrar no Encceja 2017 e não podem estudar com base nos anos anteriores. 

Para o Inep, a ausência das provas para que os estudantes conheçam seu formato e possam estudar para o Encceja 2017 não compromete o desempenho do participante, já que foi disponibilizado um material gratuito e online para estudos

Volta do Encceja

A certificação do ensino médio pelo Encceja foi interrompida entre 2009 e 2016, já que a obtenção do certificado passou a ser feita por meio das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), após a sua reformulação por áreas, divisão em dois dias e ampliação do número de questões e textos utilizados. 

Após o Enem 2016, o Inep constatou que o exame servia muito mais para o ingresso no ensino superior do que para a avaliação do ensino médio, que era a função inicial das provas. Com isso, o instituto optou por retornar à certificação para o Encceja. 

Com esse período de Encceja sem provas do ensino médio, houve uma grande diminuição no banco de dados das questões utilizadas para o exame. Portanto, para o Inep, são poucas as perguntas que serão reutilizadas na edição de 2017. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Custos

Um exame para mais de 1,5 milhões de participantes gera altos gastos. O orçamento disponível deve cobrir a elaboração de conteúdo, impressão das provas, logística de aplicação e outros fatores. Confira abaixo o custo individual (por participante) de cada teste do Encceja:

 

Encceja 2017

O Encceja 2017 será realizado no dia 19 de novembro, após o adiamento feito pelo Inep por conta de atraso na licitação do exame. As provas serão realizadas nos dois turnos, sempre se baseando no horário de Brasília. Confira o cronograma:
 

Manhã

Abertura dos Portões: 8h
Fechamento dos Portões: 8h45
Início das Provas: 9h
Término das Provas: 13h

Tarde

Abertura dos Portões: 14h30
Fechamento dos Portões: 15h15
Início das Provas: 15h30
Término das Provas: 20h30

 

O Encceja para o ensino fundamental terá uma prova de 30 questões sobre Ciências Naturais, História e Geografia no período da manhã, e outras 30 perguntas à tarde de Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física, Matemática. 

As provas do Encceja do ensino médio contarão com 30 perguntas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias, aplicadas pela manhã, além de 30 sobre Linguagens e Códigos e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias no período da tarde.

A redação será aplicada à tarde para todos os níveis (fundamental e médio). Esta parte do Encceja vale de 0 a 10 e a média necessária para a certificação é de 5 pontos. 

Nas provas objetivas, cada área tem pontuação máxima de 200 pontos. Para conseguir a aprovação, o participante precisa conseguir a média de 100 pontos em cada uma. 

Se a pontuação for alcançada em uma ou mais disciplinas, mas alguma área ficar com nota abaixo do necessário, o participante pode solicitar a declaração de proficiência, documento que possibilitará ao estudante fazer apenas as provas em que a média não foi alcançada, no próximo Encceja, para que obtenha o certificado. 

Os pedidos de certificados e declarações de proficiência são feitos nas Secretarias de Educação e instituições conveniadas ao Inep para a emissão do documento do Encceja. 

Mais informações no artigo sobre o Encceja e no site do exame

PUBLICIDADE