close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Compartilhar e Partilhar

Em se tratando da sinonímia, os verbos compartilhar e partilhar são idênticos, em apenas um sentido, porém, quanto à regência, são diferentes.

Quanto à regência, os verbos compartilhar e partilhar são diferentes, como sinônimos assim se apresentam em apenas um caso
Quanto à regência, os verbos compartilhar e partilhar são diferentes, como sinônimos assim se apresentam em apenas um caso
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Será que os verbos compartilhar e partilhar podem ser considerados como sinônimos um do outro? E mais: no que diz respeito à transitividade, podemos atribuir a mesma regência a tais verbos?

Para responder a ambas as questões o artigo em pauta tem o propósito de deixar você, caro (a) usuário (a), um pouco mais informado (a) acerca de mais um fato que norteia os estudos linguísticos. Para tanto, comecemos respondendo à primeira delas:

Ambos os verbos, ora denotando o sentido de “fazer a partilha de” podem sim ser considerados como sinônimos.  Eis o exemplo que segue:

Eu e você vamos compartilhar nossas dúvidas.

Eu e você vamos partilhar nossas dúvidas.

Agora, e em se tratando da regência? Observe:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ele compartilha o fato de ser valorizado por todos.

Dessa forma, constatamos que se trata de um verbo transitivo direto, cujo complemento é representado pelo objeto direto: o fato de ser valorizado por todos.

Há de se constatar que tal verbo (compartilhar) somente pode ser transitivo direto.

Vejamos estes outros exemplos com o verbo partilhar:

Ele partilhou a solidariedade necessária. (sentido de dividir, distribuir)

Tal qual o verbo “compartilhar”,  “partilhar” pode se classificar como verbo transitivo direto, cujo complemento é representado por “a solidariedade necessária”.

Ela e ele compartilharam das mesmas experiências durante a viagem. (aqui o sentido se volta para o fato de participar de, experimentar as mesmas opiniões).

Nesse caso, o verbo compartilhar se classifica como transitivo indireto.


Por Vânia Duarte
Graduada em Letras

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. "Compartilhar e Partilhar"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/compartilhar-partilhar.htm. Acesso em 16 de maio de 2022.

Tire suas dúvidas


Estude agora


E se atacassem uma usina nuclear?

Com os recentes conflitos bélicos na região da Ucrânia, esta dúvida tem surgido nos noticiários. Mas qual seria a...

Francis Hutcheson

Teólogo protestante e filósofo irlandês, Francis Hutcheson foi uma das referências do filósofo e economista...