close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Formação de blocos econômicos

A formação de blocos econômicos estreita as relações econômicas, financeiras e comerciais entre os países membros.

Blocos econômicos existentes no mundo
Blocos econômicos existentes no mundo
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Com o fenômeno da globalização, o mercado internacional tornou-se bastante competitivo, diante disso, somente os mais fortes prevalecem. O que acontece é uma disputa por mercados em âmbito global. 

Muitos países, com o intuito de se fortalecer economicamente, unem-se para alcançar mercados e verticalizar a sua participação e influência comercial no mundo. A criação de blocos econômicos estreitou as relações econômicas, financeiras e comerciais entre os países que compõem um determinado bloco econômico.

Atualmente existem muitos blocos econômicos, formados há décadas.

O MERCOSUL (Mercado Comum do Sul) foi fundado em 1991, constituído por Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina, países da América do Sul que buscam a integração e o fortalecimento econômicos dos países-membros.

A União Europeia (UE) foi instituída no final dos anos 50, embora tenha sido oficializada somente em 1992, os países que fazem parte são: Alemanha, França, Reino Unido, Irlanda, Holanda, Bélgica, Dinamarca, Itália, Espanha, Portugal, Luxemburgo, Grécia, Áustria, Finlândia e Suécia, nesses países corre uma moeda única, o euro, com exceção da Dinamarca (coroa dinamarquesa), Suécia (coroa sueca) e Reino Unido (libra esterlina). 

Exemplos como a UE e o MERCOSUL ocorrem a partir de acordos comerciais estabelecidos entre os países membros, nesse caso implantam medidas que eliminam total ou parcialmente as barreiras alfandegárias, como eliminação de tributos, além da circulação de mercadorias, capitais, serviços, pessoas e outros pontos que o bloco julgar necessário.

O que se espera com a formação de blocos econômicos é a intensificação econômica e a flexibilização comercial entre os integrantes.

Existem outros órgãos comerciais, como por exemplo, a OMC (Organização Mundial do Comércio), que integram todos os países que participam do comércio internacional, essas instituições têm como objetivo fiscalizar e mediar as relações comerciais para que não haja partes favorecidas.

Os principais blocos econômicos do mundo são União Europeia (UE), MERCOSUL (Mercado Comum do Sul), Apec (Cooperação Econômica da Ásia e do Pacifico) e o NAFTA (Tratado Norte-Americano de Livre Comércio).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FRANCISCO, Wagner de Cerqueira e. "Formação de blocos econômicos "; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/formacao-blocos-economicos.htm. Acesso em 25 de maio de 2022.

De estudante para estudante


os estados unidos e o canada são grandes consumidores de carvão e petroleo como esse fato se relaciona com alto nivel de desenvolvimento industrial e tecnologico desses paises?

Por Jessica Neves
Responder
Ver respostas

A Moldávia ainda é um país socialista?

Por Clara Rodrigues de Campos
Responder
Ver respostas

Lista de exercícios


Exercício 1

Discorra sobre a gênese e a importância da formação dos blocos econômicos.

Exercício 2

Os blocos econômicos possuem distintos níveis de integração econômica e acordos comerciais. Alguns se preocupam em fazer acordos somente comerciais, outros de cunho político-econômico. Sendo assim, cite os níveis de integração dos blocos econômicos e explique-os.

Estude agora


Função Linear

Nesta aula veremos a relação que existe entre a função linear e a função afim. Além disso, resolveremos um...

Pré-Enem | Metafísica e teoria do conhecimento

O Pré-Enem é o intensivo preparatório do Brasil Escola para o Enem. Nele nós separamos os principais temas que...