Topo
pesquisar

5 maneiras de estudar com o(a) namorado(a)

Dicas de Estudos

O estresse de estudantes na preparação para o vestibular e Enem pode ser melhorado quando conciliado o estudo com o namoro.
Estudantes podem conciliar o namoro com os estudos de forma harmoniosa, basta ter comprometimento¹
Estudantes podem conciliar o namoro com os estudos de forma harmoniosa, basta ter comprometimento¹
PUBLICIDADE

A adolescência por si só já traz inúmeras mudanças, dúvidas e conflitos. Muitas vezes esses fatores são agravados por causa da preparação para o vestibular e Enem. O adolescente e também estudante precisa lidar com várias alterações em sua rotina e nem sempre está preparado para isso.

É nessa hora que muitos namoros acabam sendo encerrados, mesmo que contra a vontade, já que os jovens às vezes colocam nos relacionamentos a responsabilidade por atrapalhar tal período conturbado. Muitos colégios e cursinhos, inclusive, proíbem demonstrações de afeto dentro de suas dependências e pregam que o relacionamento afetará a preparação e dedicação do estudante.

O mesmo acontece com alguns pais, que, além dos receios dos próprios adolescentes, também ficam preocupados com esses prematuros relacionamentos estarem acontecendo em uma fase tão importante e de tantas cobranças na vida do estudante.

Veja também: Como conciliar estudos com baladas

Com esse turbilhão de novidades e sentimentos, em que a rotina de estudos torna-se mais puxada e atividades de lazer e descanso são dosadas, alguns vestibulandos acabam entrando em uma situação emocional até de estresse. Mas mantenha a calma, pois mesmo parecendo complicado, é possível conciliar o namoro com os estudos, fazendo com que todo o processo de pressão torne-se até mais leve. Separamos 5 maneiras de curtir o amor e se dedicar aos estudos de forma conjunta. Confira!

1. Ler o mesmo livro

Alguns vestibulares cobram a leitura de obras literárias. Os casais podem fazer a leitura e depois debater sobre elas, realizando resumos, tirando dúvidas que tenham surgido por um ou outro em determinado capítulo e, assim, complementar o conhecimento. As leituras tendem a se tornar mais leves, já que o casal compartilhará o mesmo conhecimento.

2. Tomar a lição sobre o assunto estudado

A mesma estratégia realizada na leitura das obras literárias também pode ser aplicada no conteúdo estudado sobre as demais disciplinas. Após o aprofundamento de determinado tema, o casal poderá tomar um do outro a lição sobre o assunto estudado naquele momento por meio de perguntas-chave. Poderá ser feito um rodízio de disciplinas ou de temas para que cada um estude um assunto e o outro tome a lição do outro e explique para aquele que ainda fará a leitura do tema.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

3. Resolver exercícios

Resolver exercícios, principalmente de disciplinas que envolvem cálculos, é uma ótima ferramenta para estudar a dois. Nas matérias que envolvem números, o aprendizado é mais bem fixado quando são feitos exercícios.

Montem lista, cronometrem o tempo em que executam os exercícios, troquem soluções sobre as dificuldades, voltem nas fórmulas caso seja uma dúvida de ambos. Além de muito proveitoso, tem tudo para ser muito divertido, já que duas cabeças pensam melhor que uma.

4. Incentivo mútuo

Sabemos que a preparação para as provas de vestibulares e para o Enem é um processo exaustivo, desgastante, em que o estudante se cobra muito. É importante que o casal se apoie e incentive um ao outro, caso os dois sejam vestibulandos. Se apenas um membro do casal estiver nessa fase, cabe ao outro ser compreensivo e incentivador.

5. Compartilhem conhecimento

Outra forma de aliar os estudos com o(a) companheiro(a) é a oportunidade de compartilhar conhecimento. Nem sempre os dois dominam as mesmas matérias e disciplinas. Às vezes um é bom em Matemática, e o outro, em História, por exemplo. Dessa forma, cada um pode contribuir com o outro naquele assunto que tiver mais domínio, aumentando a rede de conhecimento de ambos.

Há tudo para dar certo entre os estudantes que namoram e que se preparam para o vestibular, mas deve haver muita disciplina, responsabilidade e consciência de que essa fase em que ambos estão passando é uma época muito importante.

Ter maturidade e compreensão com o(a) companheiro(a) é ainda a melhor forma de conseguir conciliar as duas coisas. Sejam felizes e bons estudos!

Por Érica Caetano
Equipe Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

CAETANO, Érica. "5 maneiras de estudar com o(a) namorado(a) "; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/dicas-de-estudo/5-maneiras-estudar-com-o-namorado.htm>. Acesso em 21 de agosto de 2018.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA