Por Nova Educa
A Nova Educa é uma consultoria educacional que trará dicas para que os jovens possam, desde cedo, aprender a inovar e a empreender, descobrindo inúmeras possibilidades para a construção de um futuro promissor.

5 metodologias para startups

Clube do empreendedorismo

PUBLICIDADE

 No processo de qualquer empreendedor, no momento de desenvolvimento da empresa, é fundamental que ela passe por algumas etapas, visando garantir sua viabilidade, escalabilidade e alcance do mercado. O pensamento de empreendedorismo é baseado nos conhecimentos, metas e conceitos de empresas tradicionais, mas é fundamental buscar metodologias para ajudar no desenvolvimento das suas ideias.

Método é o processo para se atingir um determinado fim ou para se chegar ao conhecimento. Metodologia é o campo em que se estudam os melhores métodos praticados em determinada área para a produção do conhecimento. Assim sendo, estudar e entender sobre o assunto vão colaborar para que a sua empresa possa crescer e se desenvolver mais rápido. Em outros artigos, iremos nos aprofundar mais nas metodologias e no tema, mas segue uma visão rápida.

O estudo das metodologias é uma excelente forma de conhecer novas estratégias para impulsionar a sua empresa.
O estudo das metodologias é uma excelente forma de conhecer novas estratégias para impulsionar a sua empresa.

5 metodologias para startups

1. Business Model Canvas

O Business Model Canvas é a ferramenta mais usada no planejamento de negócios inovadores por startups e empresas estabelecidas. De maneira simples, ele ajuda a criar uma representação visual do seu modelo de negócios e sobre como entregar valor ao cliente. Ao aplicar esse modelo, você responderá a perguntas fundamentais sobre o seu negócio.

  • O que vou fazer?

  • Qual é a minha proposta de valor?

  • Para quem vou fazer?

  • Quem é meu público-alvo e como me relaciono com ele?

  • Como vou fazer?

  • Quais são meus principais recursos, atividades e parceiros?

  • Quanto vou gastar?

  • Quais serão as receitas e a estrutura de custo para viabilizar o negócio?

É assim que você formará uma ideia clara sobre o funcionamento do seu empreendimento.

Leia também: 5 características fundamentais para jovens empreendedores

2. Lean Startup

A palavra lean pode ser traduzida como “enxuta”, então temos, em uma tradução livre, Startup Enxuta. Esse conceito envolve um trabalho de identificação e eliminação de desperdícios nos processos e conceitos, unindo ideias de marketing, tecnologia e gestão. Essa metodologia apresenta ao empreendedor alguns novos conceitos, como o MVP, a ideia de pivot e métodos mais ágeis de interação com clientes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

3. Customer Development

É um processo que busca encontrar o alinhamento entre produto e mercado. A principal característica dessa abordagem é considerar que as hipóteses não são válidas até serem testadas e comprovadas, ou seja, é muito importante conversar com o usuário ou cliente (customer). A proposta quer que tudo seja feito em paralelo e em um período mais curto, assim os ajustes podem ser feitos o quanto antes para evitar fracasso ou falhas. O processo é realizado em quatro ciclos:

  • Customer Discovery;

  • Customer Validation;

  • Customer Creation;

  • Company Building.

4. Design Thinking

Temos nesta metodologia um conjunto de métodos, ferramentas e técnicas que estão organizados dentro de um processo baseado na empatia para orientar a pensar e criar soluções com base nas necessidades, desejos, problemas e anseios do cliente. Isso deve ser feito por meio de uma série de pesquisas, geração de ideias, protótipos e testes. Além do mais, a metodologia adota princípios que tornam o trabalho mais dinâmico e participativo, pois apresenta alguns conceitos importantes.

  • Pensamento integrativo: quanto mais multidisciplinares as equipes, maior a possibilidade de criar algo novo.

  • Teste de possibilidades: as ideias devem ser colocadas em prática primeiramente em protótipos de baixa fidelidade a fim de serem testadas e descobrirmos se dará certo.

  • Criatividade para resolver problemas: a prática combina o pensamento divergente e o convergente e ajuda na busca de soluções mais criativas.

  • Método visual: a premissa de sempre deixar as ideias visíveis a todos. Incentivo a colocar ideias em prática e aprender com os erros: eventualmente algumas coisas sairão diferente do previsto e é preciso aprender com isso!

Veja também: 5 ações para começar sua empresa

5. Growth Hacking

Aqui não é exatamente uma metodologia de criação, mas de desenvolvimento da empresa. É uma forma de adotar estratégias visando ao crescimento significativo e acelerado do negócio, além de envolver a realização de experimentos. As equipes elaboram hipóteses, verificam sua validade, fazem testes e, assim, descobrem brechas ou oportunidades que façam o negócio crescer de forma mais inteligente.

Growth hacking é conceituado como o marketing orientado a experimentos por Sean Ellis, profissional que cunhou a expressão e utilizou essa estratégia para acelerar startups que se tornaram gigantes, como Dropbox e Eventbrite.


Por Nova Educa 

SOBRE O AUTOR

A Nova Educa é uma consultoria educacional com foco em desenvolver projetos nas escolas envolvendo a Tecnologia Apple, com implementação de iPads e treinamento de professores. Além disso, também realiza o podcast Nova Educa Debate, om entrevistas a respeito do mercado educacional e a BNCC sobre conteúdos de empreendedorismo e inovação. Teremos diversos consultores colaborando com esta coluna, que será liderada pelo diretor de inovação, Carlos Coelho, entusiasta da educação com experiências em multinacional, na Singularity University (Califórnia), como professor e gestor escolar; e teremos a Priscila Coelho, diretora de operações, especialista em treinamentos de tecnologia educacional, criatividade e inovação.