Topo
pesquisar

Organismos autotróficos e heterotróficos

Biologia

Os organismos autotróficos e heterotróficos diferenciam-se pela sua forma de nutrição.
PUBLICIDADE

Os organismos apresentam diversas características importantes que auxiliam a sua classificação. Uma dessas características é a forma como cada ser vivo consegue obter as biomoléculas necessárias para o funcionamento do seu corpo. De acordo com esse critério, os seres vivos podem ser considerados autotróficos (do grego autós = “de si mesmo” e trophos = “alimentador”) ou heterotróficos (do grego heteros = “outro” e trophos = “alimentador”).

Os organismos autotróficos, ou autótrofos, podem ser definidos como seres que são capazes de sintetizar seu próprio alimento, ou seja, são capazes de utilizar material inorgânico para sintetizar material orgânico. Entre os organismos que possuem nutrição autotrófica, podemos citar os vegetais, algas, cianobactérias e algumas espécies de bactérias e protistas.

A produção de matéria orgânica acontece por meio de dois processos, a fotossíntese e a quimiossíntese, sendo o primeiro o mais conhecido. Na fotossíntese, os organismos autotróficos utilizam energia luminosa para produzir energia química e fixar o carbono em compostos orgânicos. Já na quimiossíntese, a energia é conseguida graças à oxidação de substâncias químicas.

Os organismos heterotróficos, ou heterótrofos, por sua vez, não são capazes de produzir seu próprio alimento, dependendo do consumo de material orgânico previamente formado. Entre os exemplos de organismos heterotróficos, podemos citar os animais, fungos e algumas espécies de bactérias e protistas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


As plantas são organismos autotróficos, ou seja, capazes de produzir seu alimento.

Analisando a cadeia alimentar, é possível perceber que os organismos autotróficos sempre são encontrados na base; por isso, são chamados de produtores. Os organismos heterotróficos, por sua vez, constituem os outros níveis tróficos, ou seja, podem ser consumidores ou decompositores.

Os consumidores são classificados de acordo com o nível em que se encontram. Os organismos heterotróficos que se alimentam de autotróficos são chamados de consumidores primários. Já aqueles que se alimentam dos primários são chamados de secundários e assim por diante.

Por fim, temos os decompositores, que se nutrem de restos de seres vivos, liberando no meio sais minerais e outros nutrientes. Esse processo é realizado por fungos e bactérias e é extremamente importante para o processo de ciclagem de nutrientes.


Por Ma. Vanessa dos Santos

 O leão é um organismo heterotrófico, ou seja, não produz seu próprio alimento
O leão é um organismo heterotrófico, ou seja, não produz seu próprio alimento

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Organismos autotróficos e heterotróficos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/organismos-autotroficos-heterotroficos.htm. Acesso em 11 de dezembro de 2019.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

Os organismos autotróficos são capazes de sintetizar seu próprio alimento. Normalmente, ao citar exemplos, lembramo-nos apenas de seres fotossintetizantes, entretanto, outro mecanismo é utilizado por seres vivos para obtenção de matéria orgânica. Observe as alternativas a seguir e marque o outro processo realizado pelos organismos autotróficos para produção do alimento.

a) Respiração celular.

b) Ciclo de Krebs.

c) Quimiossíntese.

d) Autofagia.

e) Fonossíntese.

Questão 2

Os organismos autotróficos são capazes de utilizar material inorgânico para a produção de material orgânico, não necessitando, portanto, de consumir matéria orgânica. Entre os organismos abaixo, indique o único grupo que não possui representantes que podem ser classificados como autotróficos.

a) Vegetais.

b) Algas.

c) Cianobactérias.

d) Bactérias.

e) Fungos.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola