Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Apoptose

A apoptose é um tipo de morte programada extremamente importante para organismos multicelulares, pois permite a eliminação de células infectadas ou com problemas.

A apoptose, processo de morte programada de células, possui algumas etapas
A apoptose, processo de morte programada de células, possui algumas etapas
Crédito da Imagem: shutterstock
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Apoptose é um termo criado por John Foxton Ross Kerr para denominar um tipo específico de morte celular. Essa morte não é desencadeada por traumas: trata-se de uma morte programada. Ela tem por objetivo garantir a manutenção de tecidos e órgãos, evitando que células com problemas ou desnecessárias comprometam o funcionamento adequado do organismo. Além disso, a apoptose também ocorre quando o organismo é invadido por patógenos ou o DNA é lesionado.

Na apoptose, a célula morre em razão de um conjunto de mudanças coordenadas, portanto, é um processo ativo. Nessa situação, diversas alterações na célula possibilitam uma série de eventos moleculares e bioquímicos regulados geneticamente. Esse processo ocorre da seguinte maneira:

  • retração da célula por causa da perda de aderência com outras células e com a substância extracelular;
  • cromatina condensa-se e fica próxima à membrana nuclear, a qual não é lesionada;
  • membrana celular forma prolongamentos conhecidos como “blebs”;
  • núcleo desintegra-se em fragmentos, os quais estão envoltos pela membrana nuclear;
  • aumenta-se o número de prolongamentos da membrana;
  • prolongamentos rompem-se, formando porções celulares envolvidas por membranas, estruturas chamadas de corpos apoptóticos;
  • corpos apoptóticos são fagocitados.

Tópicos deste artigo


→ Em que situações a apoptose ocorre nos seres humanos?

A apoptose acontece em vários momentos da vida humana. Veja a seguir alguns exemplos:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
  • Remodelamento de órgãos e tecidos durante o desenvolvimento. Exemplo: Morfogênese normal das mãos e dos pés. Falhas na apoptose nesse processo resultam em dedos com membranas semelhantes às encontradas em aves.
  • Resposta imune.
  • Involução da glândula mamária após o período de aleitamento.
  • Mal de Alzheimer é desencadeano por apoptose excessiva, que se inicia provavelmente por causa da quantidade de neurônios alterados.
  • Câncer pode ser resultado de uma falha na apoptose.
     

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Escritor do artigo
Escrito por: Vanessa Sardinha dos Santos Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Goiás (2008) e mestrado em Biodiversidade Vegetal pela Universidade Federal de Goiás (2013). Atua como professora de Ciências e Biologia da Educação Básica desde 2008.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Apoptose"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/apoptose.htm. Acesso em 17 de junho de 2024.

De estudante para estudante


Lista de exercícios


Exercício 1

Sobre a apoptose, marque a alternativa incorreta.

a) Muitas células, ao chegar ao fim de seu período de funcionalidade, entram em apoptose.

b) A apoptose é uma morte celular programada.

c) A apoptose protege células vizinhas de danos.

d) O sinal que desencadeia a apoptose é proveniente de outras células.

e) A apoptose ocorre, por exemplo, no remodelamento de tecidos e órgãos durante o desenvolvimento.

Exercício 2

Sabemos que a apoptose é a morte celular programada e que ela acontece em virtude de uma série de eventos moleculares e bioquímicos. Observe as etapas descritas a seguir e marque aquela que não representa uma etapa da apoptose.

a) Aumento da aderência da célula em apoptose com outras células.

b) Formação de prolongamentos chamados de blebs.

c) Desintegração do núcleo.

d) Rompimento dos prolongamentos e formação de corpos apoptóticos.

e) Fagocitose dos corpos apoptóticos.