Topo
pesquisar

Nomenclatura dos alcenos

Química

A nomenclatura dos alcenos segue a mesma regra de nomenclatura de um hidrocarboneto. A particularidade é que o infixo será sempre o -en, em razão da ligação dupla da estrutura.
PUBLICIDADE

A nomenclatura dos alcenos, assim como a nomenclatura da grande maioria dos hidrocarbonetos (com exceção dos aromáticos), segue a mesma regra proposta pela União Internacional da Química Pura e Aplicada (IUPAC). Veja:

prefixo + infixo + o

O prefixo está relacionado com a quantidade de carbonos presentes na cadeia do composto. Para cada quantidade, há um prefixo diferente.

 

 

  • Met = 1 carbono
  • Et = 2 carbonos
  • Prop = 3 carbonos
  • But = 4 carbonos
  • Pent = 5 carbonos
  • Hex = 6 carbonos
  • Hept = 7 carbonos
  • Oct = 8 carbonos
  • Non = 9 carbonos
  • Dec = 10 carbonos

O diferencial da nomenclatura dos alcenos com relação aos outros hidrocarbonetos está no infixo. Por apresentarem apenas uma ligação dupla, o infixo utilizado é sempre o -en.

Leia também: Nomenclatura de hidrocarbonetos cíclicos e ramificados

Exemplos de nomenclatura de alcenos de cadeia normal

  • Com dois carbonos

Analisando a estrutura desse alceno, temos a presença de apenas dois carbonos (prefixo et), logo, seu nome é eteno.

  • Com três carbonos

Analisando a estrutura desse alceno temos a presença de apenas três carbonos (prefixo prop), logo, seu nome é propeno.

  • Com quatro carbonos

Qualquer alceno que apresentar quatro (prefixo but) ou mais átomos de carbono pode ter a ligação dupla em posições diferentes, como observamos nas estruturas acima. Por essa razão, ao nomear a estrutura, devemos indicar no nome o número do carbono em que a dupla começa.

Para isso, devemos numerar a cadeia a partir da extremidade mais próxima da ligação dupla. Em uma estrutura, a ligação dupla inicia-se no carbono 1; na outra, a dupla inicia-se no carbono 2.

As posições dos carbonos em que as duplas iniciam-se devem ser escritas entre o infixo (en) e o sufixo (o), separadas por hífen. Os nomes das duas estruturas são but-1-eno e but-2-eno.

  • Com seis carbonos

O alceno apresenta seis átomos de carbono (prefixo hex) e deve ter a cadeia numerada para a indicação da posição da ligação dupla no nome.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O nome desse alceno é hex-3-eno.

Exemplos de nomenclatura de alcenos de cadeia ramificada

  • Alceno com uma ramificação

Como a cadeia é ramificada, o primeiro passo para fazer a nomenclatura é determinar a cadeia principal, a qual apresenta obrigatoriamente os carbonos da ligação dupla e a maior sequência de carbonos de uma extremidade à outra. Nesse caso, a cadeia apresenta cinco carbonos (prefixo pent).

Logo em seguida, devemos numerar a cadeia principal para determinar a posição da ligação dupla (nesse caso, carbono 1) e da ramificação (que, nesse exemplo, é o metil [CH3] e está na posição 3). Assim, o nome desse alceno ramificado é 3-metil-pent-1-eno.

  • Alceno com duas ramificações

Fórmula estrutural de um alceno com duas ramificações.
Fórmula estrutural de um alceno com duas ramificações.

Como a cadeia é ramificada, o primeiro passo é determinar a cadeia principal. Nesse caso, a cadeia principal apresenta oito carbonos (prefixo oct).

Numeração da cadeia com duas ramificações.
Numeração da cadeia com duas ramificações.

Logo em seguida, devemos numerar a cadeia principal para determinar a posição da ligação dupla (nesse caso, carbono 2) e das ramificações (metil, na posição 3, e fenil, na posição 5). O nome desse alceno ramificado é 5-fenil-3-metil-oct-2-eno.

  • Alceno com três ramificações

Como a cadeia é ramificada, o primeiro passo é determinar a cadeia principal, que apresenta oito carbonos (prefixo oct).

Numeração da cadeia com 3 ramificações
Numeração da cadeia com 3 ramificações.

Logo em seguida, devemos numerar a cadeia principal para determinar a posição da ligação dupla (nesse caso, carbono 3) e das ramificações (metil, na posição 2; etil, na posição 4; e isopropil, na posição 3). O nome desse alceno ramificado é 4-etil-3-isopropil-2-metil-oct-3-eno.


Por Me. Diogo Lopes Dias

O eteno é o nome do menor alceno existente.
O eteno é o nome do menor alceno existente.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DIAS, Diogo Lopes. "Nomenclatura dos alcenos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/nomenclatura-dos-alcenos.htm. Acesso em 21 de setembro de 2019.

Lista de Exercícios
Questão 1

Dê os respectivos nomes dos alcenos representados pelas fórmulas estruturais a seguir:


Exercício sobre nomenclatura de alcenos

a) pent-4-eno, hex-5-eno, hept-6-eno, hept-4-eno.

b) pent-2-eno, hex-1-eno, hept-1-eno, hept-3-eno.

c) pent-2-eno, hex-5-eno, hept-1-eno, hept-4-eno.

d) pent-2-ano, hex-1-ano, hept-1-ano, hept-3-ano.

e) penteno, hexeno, hepteno, octeno.

Questão 2

Determine a nomenclatura oficial do alqueno que apresenta 10 átomos de hidrogênio:

a) eteno.

b) propeno

c) buteno.

d) penteno.

e) hexeno.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola