Topo
pesquisar

Isoelétrons

Química

PUBLICIDADE

Íon se define como um átomo que perdeu ou ganhou elétrons e pode se apresentar como ânion ou cátion:

Ânion: átomo que recebe elétrons e fica carregado negativamente. Exemplos: S-2, N-3, F-1, O-2.

Cátion: átomo que perde elétrons e adquire carga positiva. Exemplos: Ni+2, Na+, Mg+2, Pb+4.

Isoelétrons ou Isoeletrônicos são átomos e íons que apresentam a mesma quantidade de elétrons. Para fazer a comparação precisamos saber o número de elétrons e para isso utilizamos fórmula:

P = Z = e

P = número de prótons
Z = número atômico
e = número de elétrons

Exemplificando – repare o número atômico (Z) e os íons de cada átomo a seguir:

11Na+

Z = 11
P = 11
e =10

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Pela fórmula P = Z = e seria e = 11, mas como se trata do átomo Sódio (Na) que perdeu um elétron e se transformou em ânion, o mesmo adquire 10 elétrons.

8O-2

Z = 8
P = 8
e = 10

O Oxigênio (O) recebeu dois elétrons, se transformando num cátion, e por isso passa a se apresentar com 10 elétrons.

10Ne

Z = 10
P = 10
e = 10

Neste caso, o átomo Neônio (Ne) se encontra em seu estado natural, ou seja, não ganhou nem perdeu elétrons.

Como você pode acompanhar nos três exemplos apresentados, 11Na+, 8O-2 , 10Ne são isoelétrons por possuírem a mesma quantidade de elétrons.

Por Líria Alves
Graduada em Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Isoelétrons"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/isoeletrons.htm. Acesso em 17 de junho de 2019.

Assista às nossas videoaulas
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola