Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Composição Química das Proteínas

Química

A proteínas são polímeros naturais que têm como unidades básicas os aminoácidos, que são substâncias orgânicas constituídas por um grupo amino e um grupo carboxílico.
Estrutura química de uma molécula de enzima tripsina humana, que é uma enzima que contribui para a digestão das proteínas no sistema digestivo
Estrutura química de uma molécula de enzima tripsina humana, que é uma enzima que contribui para a digestão das proteínas no sistema digestivo
PUBLICIDADE

A nossa saúde e boa disposição dependem em grande parte da nossa alimentação. Cada tipo de alimento é constituído por um ou mais nutrientes, que são substâncias químicas que permitem o bom funcionamento de nosso organismo.

Entre os principais nutrientes que nosso corpo necessita estão as proteínas, cujo nome vem do grego proteíos, que significa “primeiro”, o que mostra a importância primária que esse composto tem para a vida.

As proteínas estão presentes em todas as células vivas e são polímeros naturais formados pela reação de polimerização por condensação entre α-aminoácidos (α-aa - em que o grupo amina está no segundo carbono contando a partir do grupo carboxila) unidos por ligações peptídicas. Isso significa que ocorre a ligação entre um grupo amino (RNH2) de uma molécula do grupo amina com o grupo carboxila (R1CO2H) de outra molécula do grupo dos ácidos carboxílicos. O resultado é a formação de um grupo amida (RNHCOR1) e a liberação de uma molécula de água (H2O):

Formação da ligação peptídica

Esses α-aa se unem formando as proteínas com mais de 100 ligações peptídicas. Abaixo temos um exemplo de dois α-aa genéricos:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Formação e estrutura genérica de um peptídeo ou proteína

Existem 20 aminoácidos que são encontrados nas proteínas, abaixo temos alguns deles:

Exemplos de aminoácidos encontrados nas proteínas

Entretanto, apenas nove aminoácidos presentes nas proteínas são considerados essenciais para nós, porque o nosso organismo não os sintetiza e é preciso então adquiri-los por meio da alimentação.

Toda proteína apresenta uma estrutura primária que é a sequência de aminoácidos que estão unidos na cadeia principal. Mas existem também estruturas secundárias, terciárias e quaternárias das proteínas, que são as interações que ocorrem em porções ou partes de uma mesma proteína ou também entre várias cadeias de proteínas. Algumas dessas interações são ligações de hidrogênio e de dissulfeto.

Para saber quais são os alimentos que são fontes de proteínas e por que essas substâncias são tão importantes para a manutenção da vida, leia o texto Função das proteínas e suas fontes na alimentação.


Por Jennifer Fogaça
Graduda em Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FOGAçA, Jennifer Rocha Vargas. "Composição Química das Proteínas"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/composicao-quimica-das-proteinas.htm. Acesso em 25 de setembro de 2021.

Artigos Relacionados
Quando fritamos um ovo, estamos provocando uma desnaturação da proteína albumina. Veja outros casos de desnaturação proteica e como ela ocorre lendo este texto.
Elementos necessários para a vida, organismos vivos, matéria que constitui a Terra, elementos encontrados na natureza, elementos naturais, Fósforo, Sódio, Cálcio, elementos-traço, Flúor, Cobre, Manganês.
Vamos estudar as enzimas? Veja o que são essas biomoléculas, como elas atuam, sua classificação e fatores que influenciam a sua atividade.
Veja quais são as estruturas das proteínas (primárias, secundárias, terciárias e quaternárias).
Clique e conheça as funções exercidas pelas proteínas em nosso organismo e quais são as principais fontes de proteínas na nossa alimentação.
Os polímeros de condensação apresentam larga aplicação em nossa sociedade. Veja o que são esses polímeros, suas principais propriedades, exemplos e suas aplicações.