Roma Antiga e seus problemas urbanos

História Geral

No século II a.C., com a expansão territorial e o desenvolvimento do comércio, a cidade de Roma passou por grandes transformações, que ocasionaram diversos problemas urbanos.
PUBLICIDADE

A partir do século II a.C., através das conquistas territoriais, Roma se tornou uma cidade rica, com grande circulação de produtos e pessoas de diferentes regiões. A expansão territorial e o contato com outras regiões propiciaram uma expansão nas atividades comerciais e um aumento populacional, que afetaram diretamente no crescimento das cidades e ocasionaram diversos problemas urbanos.

O aumento populacional na cidade de Roma fez com que o trânsito de pessoas nas ruas estreitas fosse praticamente impossível. Ligado ao crescimento demográfico estava o desenvolvimento de uma sólida e forte atividade comercial. Assim, o comércio era intenso entre os diferentes profissionais, como barbeiros, ferreiros e demais profissionais.

A rua era o local de trabalho desses diferentes profissionais. Diversos vendedores ambulantes faziam das vias públicas o balcão de exposição de suas mercadorias. Nesses locais, disputavam espaço com carruagens e as liteiras (cadeiras utilizadas para transportar os ricos) utilizadas pela elite romana.

Membro da elite romana sendo carregado por escravos em uma liteira
Membro da elite romana sendo carregado por escravos em uma liteira

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Outros que disputavam também os espaços públicos eram os saltimbancos (atores que se apresentavam nas ruas) e os adestradores de animais.

Em relação às habitações, enquanto uma pequena e restrita parcela da população (elite romana) habitava os domus (confortáveis residências), a grande parte da população vivia em prédios que chegavam a até seis andares, com pequenos e apertados apartamentos que não ofereciam nenhum tipo de conforto para seus habitantes (geralmente, nesses apartamentos não existia nem cozinha nem banheiro).

Dessa maneira, em razão da falta de banheiros em grande parte das habitações na cidade de Roma, os moradores jogavam todo tipo de dejeto pelas janelas nas ruas. Esse fato ocasionou em Roma brigas entre a população, mau cheiro nas vias públicas e graves problemas de saúde nos citadinos (habitantes de cidades).

Portanto, desde a Antiguidade até à contemporaneidade, os problemas urbanos estão presentes entre as diferentes civilizações.

Leandro Carvalho
Mestre em História

Maquete que representa a cidade de Roma na Antiguidade
Maquete que representa a cidade de Roma na Antiguidade

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

CARVALHO, Leandro. "Roma Antiga e seus problemas urbanos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/historiag/roma-antiga-seus-problemas-urbanos.htm. Acesso em 26 de janeiro de 2021.

Artigos Relacionados
Saiba mais sobre os fatores que desencadearam a formação de favelas.
Saiba mais sobre o grande incêndio de Roma, que ocorreu em 19 de julho de 64 d.C., e entenda a relação do imperador Nero com esse acontecimento.
O que você sabe a respeito de uma das cidades mais importantes do mundo, a cidade de Jerusalém? Conheça um pouco da trajetória histórica da cidade que é sagrada para muçulmanos, judeus e cristãos. Veja informações desde a fundação da cidade até a atualidade.
Entenda o que é conurbação e suas consequências para as cidades envolvidas. Conheça também algumas áreas conurbadas no Brasil.