Topo
pesquisar

Verbo intervir: uma derivação do verbo vir

Gramática

O verbo intervir, assim como muitos outros, apresenta particularidades, e uma delas é ser derivado do verbo vir.
PUBLICIDADE

Interviu... Interveio... Dúvidas assim, sobretudo quando o assunto faz referência ao vasto universo dos verbos, são manifestações recorrentes. Recorrentes em virtude de os verbos se constituírem de algumas particularidades, como o próprio subtítulo pontua no que se refere à derivação. Compreensível até. Contudo, o que se torna inaceitável, principalmente em se tratando da modalidade escrita da linguagem, é permitir que tais questionamentos persistam – o que pode eventualmente provocar equívocos, “desvios”, “escorregões” linguísticos.

Assim, cuidando para que isso não ocorra, primeiramente devemos nos conscientizar de que “intervir” é = ao prefixo inter- + o verbo vir. Nesse sentido, atentemos a alguns pressupostos acerca das semelhanças estabelecidas por meio, obviamente, de algumas formas conjugadas no presente do indicativo:

Eu venho = eu intervenho
Ele vem = ele intervém
Nós vimos = nós intervimos
Eles vêm – eles intervêm

Pretérito perfeito

Eu vim = eu intervim
Ele veio = ele interveio
Nós viemos =nos interviemos
Eles vieram = eles intervieram

Modo subjuntivo

Presente

Que eu venha – que eu intervenha
Que ele venha – que ele intervenha
Que nós venhamos – que nos intervenhamos
Que eles venham – que eles intervenham

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Pretérito imperfeito

Se eu viesse – se eu interviesse
Se ele viesse – se ele interviesse
Se nós viéssemos – se nós interviéssemos
Se eles viessem – se eles interviessem

Futuro

Quando eu vier - quando eu intervirei
Quando ele vier – quando ele intervier
Quando nós viermos – quando nós interviermos
Quando eles vierem – quando eles intervierem

Somados esses aspectos, vale mencionar acerca do particípio, o qual se confunde com outra forma nominal – o gerúndio. Dessa forma, como estabelecer as diferenças entre uma modalidade e outra? Outro fato que somente o contexto em que se dá a situação comunicativa é que vai dizer, com bem podemos apontar por meio dos exemplos mencionados abaixo:

Ela tinha vindo para assistir ao espetáculo – forma verbal expressa no particípio. 

Ela vinha vindo quando o carro estragou – forma verbal expressa no gerúndio.

Por Vânia Duarte
Graduada em Letras

O verbo intervir se constitui do prefixo “inter-“ + o verbo vir, o que retrata a derivação.
O verbo intervir se constitui do prefixo “inter-“ + o verbo vir, o que retrata a derivação.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. "Verbo intervir: uma derivação do verbo vir"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/verbo-intervir-uma-derivacao-verbo-vir.htm. Acesso em 07 de dezembro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola