Topo
pesquisar

Partículas expletivas ou de realce

Gramática

As partículas expletivas, ou de realce, são aquelas que não possuem nenhuma função gramatical no interior das orações.
As partículas expletivas não possuem função gramatical na oração
As partículas expletivas não possuem função gramatical na oração
PUBLICIDADE

Observe as frases a seguir:

Nós é que nos divertimos de verdade.

Não sabemos quando que ela chegará.

O que que está acontecendo?

“Vou-me embora para Pasárgada.”

Podemos retirar todas as expressões em destaque nas frases acima sem que haja prejuízo gramatical? Se você respondeu que sim, está correto. Veja:

Nós nos divertimos de verdade.

Não sabemos quando ela chegará.

O que está acontecendo?

Vou embora para Pasárgada.

Perceba que a utilização daquelas expressões, que apareceram nas frases no início do texto, serve para enfatizar uma ideia. Esse tipo de expressão é chamada, em Língua Portuguesa, de partícula expletiva ou partícula de realce, expressão expletiva ou expressão de realce. Vamos analisar alguns casos do uso desse fenômeno sintático.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Exemplos:

Desde cedo que aguardava por notícias.

Enquanto que as torcidas brigavam, não havia polícia no estádio.

Havia muito que não tirava férias.

  • Se: será partícula expletiva quando puder ser retirado da oração sem que haja prejuízo gramatical e quando for acompanhado de verbo intransitivo com sujeito claro ou oculto.

Exemplos:

Foi-se embora de vez.

Passavam-se os meses e o sucesso aumentava.

  • Me: partícula expletiva

Exemplo:

Pediu-me minha atenção

Eu me morro de ciúmes de você.


Por Mariana Rigonatto
Graduada em Letras

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

RIGONATTO, Mariana. "Partículas expletivas ou de realce"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/particulas-expletivas-ou-realce.htm. Acesso em 19 de junho de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola