Topo
pesquisar

Fossilização

Geografia

O processo de fossilização é resultante da ação de elementos físicos, químicos e biológicos sobre restos orgânicos em decomposição.
Os fósseis são verdadeiras heranças da vida em tempos geologicamente distantes
Os fósseis são verdadeiras heranças da vida em tempos geologicamente distantes
PUBLICIDADE

A fossilização é um processo que dura milhares de anos e que acarreta na formação de artefatos fósseis através da ação de agentes químicos, físicos e biológicos, evitando a total decomposição de restos orgânicos de seres vivos. Um fóssil é todo e qualquer vestígio deixado por algum resto de animal que viveu no passado, seja um dente, um osso ou até a folha de uma árvore ou a marca de uma pegada.

Esse processo é considerado como raro, pois é necessária uma combinação de fatores muito improváveis para que ele ocorra. No entanto, existem inúmeras espécies de animais hoje extintos que foram encontrados sob a forma de fósseis.

Como acontece a fossilização?

A fossilização está diretamente ligada à sedimentação do solo, por isso só é possível encontrar fósseis em rochas sedimentares. Funciona assim: quando uma espécie morre, o seu corpo passa por um processo de decomposição causado pela ação de fungos e bactérias. Após esse estágio, o corpo pode ser transportado e soterrado por uma camada de sedimento, que se assenta pela ação da água ou dos ventos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Essa camada de sedimento solidifica-se e origina um processo denominado por diagênese, que consiste na compactação e cimentação dos sedimentos até que esses se transformem em rochas sedimentares. Ao formar as rochas com os restos de organismos dentro delas, o processo de fossilização está consolidado.

Quais são os fatores e condições necessários para a formação de um fóssil?

a) a cobertura do organismo pela camada de sedimentos deve ser rápida, antes que os micro-organismos decomponham totalmente o corpo;

b) os sedimentos que formam a camada superior dos fósseis devem ser finos e, portanto, menos suscetíveis aos processos erosivos;

c) a temperatura do solo deve ser baixa e com pouco oxigênio para dificultar a permanência de micro-organismos decompositores.

Estudar os mistérios em torno dos fósseis é de extrema importância para compreender o passado biológico da Terra, bem como os processos que ocasionaram a extinção de espécies e a evolução e surgimento de tantas outras.


Por Rodolfo Alves Pena
Graduado em Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PENA, Rodolfo F. Alves. "Fossilização"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/geografia/fossilizacao.htm>. Acesso em 20 de abril de 2019.

Assista às nossas videoaulas
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola