Topo
pesquisar

Fossas Tectônicas

Geografia

s fossas tectônicas são formas de relevo que evidenciam o caráter dinâmico da superfície terrestre.
PUBLICIDADE

As fossas tectônicas são formas de relevo constituídas pelo afastamento entre duas placas tectônicas, o que provoca a formação de uma zona de relevo de baixa altitude, isto é, uma depressão relativa, chamada nesse caso de graben. As regiões que se posicionam ao redor desse graben são chamadas de horst e apresentam elevações em relação ao terreno ao seu redor, conforme podemos observar no esquema a seguir:


Esquema explicativo da formação das fossas tectônicas

É importante que não se confunda as fossas tectônicas com as fossas oceânicas. Essas últimas posicionam-se, como o próprio nome sugere, nas áreas dos oceanos e costumam ser mais profundas e instáveis, localizando-se nas zonas de fronteira entre duas placas tectônicas. Um exemplo é a Fossa das Marianas, possivelmente o ponto mais profundo do relevo da Terra.

A formação das fossas tectônicas está relacionada com a ocorrência das falhas geológicas e com o afastamento de suas placas tectônicas. Um exemplo é o Vale do Rift, na África, que possui uma larga extensão e que se originou há milhões de anos em função do afastamento das placas africana e arábica. Esse vale constitui uma ampla depressão relativa e é posicionado sobre uma série de falhas geológicas.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Também existem casos de fossas tectônicas no Brasil. Podemos citar, por exemplo, a fossa do Vale do Paraíba e a do Recôncavo Baiano, sobre as quais se formaram bacias sedimentares, haja vista que essas zonas de depressão são propícias para o acúmulo de sedimentos. No caso do Recôncavo, o processo favoreceu a formação de petróleo, bastante explorado economicamente.

É importante considerar que nas fossas tectônicas, sobretudo naquelas chamadas de “riftes”, há uma abundância em rochas graníticas, entre outros tipos de rochas ígneas plutônicas. Isso ocorre porque o afastamento das placas, com a formação dos vales, eventualmente resulta na ascensão do magma interno, fazendo com que ele solidifique-se em processos não vulcânicos.


Vale do Paraíba, ao fundo, visto do alto do Pico de Itapeva (SP) *

A formação das fossas tectônicas é uma evidência do quanto o relevo terrestre é dinâmico, além de mostrar que as ações do tectonismo interferem sobremaneira na superfície terrestre e, consequentemente, na formação e desenvolvimento das sociedades.

__________________

* Créditos da imagem: Rodrigo Soldon / Wikimedia Commons

Por Rodolfo Alves Pena
Mestre em Geografia

Vale do Rift, na África. Exemplo de relevo formado por uma fossa tectônica
Vale do Rift, na África. Exemplo de relevo formado por uma fossa tectônica

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PENA, Rodolfo F. Alves. "Fossas Tectônicas"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/fossas-tectonicas.htm. Acesso em 22 de setembro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola