Whatsapp

O solo da Amazônia é pobre em nutrientes

Geografia do Brasil

Contrariando a exuberância da floresta, o solo da Amazônia é considerado pobre em nutrientes.
PUBLICIDADE

A Amazônia é uma enorme floresta equatorial localizada na América do Sul e ocupa uma área de 7 milhões de km2. A região que abriga a Amazônia é caracterizada pela temperatura elevada, grande umidade atmosférica e enorme quantidade de rios; fatos que garantem que essa seja a maior floresta equatorial do mundo.

Apesar da exuberância apresentada pela floresta, os solos nos quais está fixada não possuem grande riqueza em nutrientes. Porém, nas margens dos rios podemos encontrar solos mais férteis, conhecidos como várzea. Nelas são acumuladas grandes quantidades de nutrientes trazidos pelas águas em períodos de cheias, especialmente vindos de áreas próximas à Cordilheira dos Andes. Ainda são encontrados solos férteis em restritas áreas da região da Amazônia, com destaque para os Estados de Rondônia e Acre.

Os solos amazônicos possuem uma restrita camada de matéria-orgânica que se encontra na superfície, conhecida como húmus. Essa fina camada fértil é oriunda da própria floresta, nela os organismos (insetos, fungos, algas e bactérias) vivos reciclam os nutrientes dispostos no ambiente. Além disso, outros fatores contribuem para o processo, como a temperatura, que permanece alta o ano todo; a enorme umidade relativa do ar presente na região e a restrita variação do clima. Tudo isso garante a sustentação da floresta.

Podemos afirmar que a serrapilheira sustenta a exuberância da floresta Amazônica, é uma fina camada de solo superficial formada a partir da decomposição de folhas, galhos, frutos, além de animais mortos, que formam uma rica matéria-orgânica. Isso acontece em um longo e complexo processo biológico, que então explica como, apesar de possuir um solo pobre, a floresta permanece sempre verde e exuberante.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia

Em contraponto à beleza da Floresta Amazônica, seu solo não possui grande riqueza em nutrientes.
Em contraponto à beleza da Floresta Amazônica, seu solo não possui grande riqueza em nutrientes.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FREITAS, Eduardo de. "O solo da Amazônia é pobre em nutrientes "; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/o-solo-amazonia-pobre-nutrientes.htm. Acesso em 09 de março de 2021.

Artigos Relacionados
Entenda o que é o solo, seus principais aspectos, os seus diferentes horizontes e algumas formas de classificá-lo.
Os principais tipos de solo do Brasil e suas características.
Entenda por que a degradação do solo pode causar prejuízos irreparáveis.
Entenda como funciona a pedogênese e fique por dentro do processo de formação e transformação dos solos!