Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Duplicação semiconservativa

A síntese semiconservativa
A síntese semiconservativa
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Tendo como pressuposto que a molécula de DNA carrega consigo as informações hereditárias, podemos imaginar que durante o processo de divisão celular, em algum momento essa importante e intrigante molécula se multiplica permitindo a propagação do código genético que permeia a existência da vida.

Assim, a duplicação semiconservativa representa o fenômeno resultante da reprodução da molécula de DNA, em que uma das moléculas recém-formadas conserva uma das cadeias, um dos filamentos de polinucleotídios, precedente da molécula mãe, produzindo uma nova cadeia complementar a que lhe serviu de molde.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Para ocasião desse processo são rompidas as pontes de hidrogênio entre as bases nitrogenadas complementares, separando os dois filamentos de DNA como se fosse um zíper, a partir da ação mediada pela enzima DNA-polimerase.

Através desse mecanismo semiconservativo, foi e é possível a transmissão das características elementares do genoma de todas as espécies durante a evolução da biodiversidade, cada qual em seu tempo, passando por transformações selecionadas de geração em geração.

Por Krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

RIBEIRO, Krukemberghe Divino Kirk da Fonseca. "Duplicação semiconservativa"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/duplicacao-semiconservativa.htm. Acesso em 03 de julho de 2022.

De estudante para estudante


Qual a função da célula?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

Qual o animal mais perigoso do mundo?

Por Brasil Escola
Responder
Ver respostas

Lista de exercícios


Exercício 1

A duplicação do DNA é essencial para que as células-filhas tenham a quantidade adequada de material genético após a divisão celular. Na duplicação do DNA, uma das fitas de DNA serve como molde e, ao final, a nova fita será formada por uma fita parental e uma recém-sintetizada. Por esse motivo, dizemos que a duplicação é:

a) conservativa.

b) desigual.

c) dependente.

d) complementar.

e) semiconservativa.

Exercício 2

Na duplicação de DNA, uma nova fita é formada a partir de uma fita usada como molde. Para que a síntese de uma nova fita ocorra, é necessário que as duas fitas do DNA parental separem-se. Isso é feito pela enzima:

a) DNA polimerase.

b) DNA primase.

c) DNA topoisomerase.

d) DNA helicase.

e) DNA isomerase.

PUBLICIDADE

Estude agora


Como fazer a inscrição no Enem 2021

Vai fazer o Enem 2021 neste ano e quer tirar todas as suas dúvidas sobre a forma de se inscrever no exame mais...

Êxodo rural

Assista à nossa aula e descubra o que é o êxodo rural. Conheça as causas e consequências desse fenômeno mundial....